Corinthians é condenado pela Justiça em terceira ação movida pela FAAP; veja os detalhes

7.6 mil visualizações 92 comentários

O Corinthians foi acionado pela Federação das Associações de Atletas Profissionais pela terceira vez na Justiça que, novamente, condenou o clube.

O Corinthians foi acionado pela Federação das Associações de Atletas Profissionais pela terceira vez na Justiça que, novamente, condenou o clube.

Rodrigo Vessoni/ Meu Timão

O Corinthians foi acionado pela Federação das Associações de Atletas Profissionais pela terceira vez na Justiça que, novamente, condenou o clube. A ação da vez é referente a uma dívida de R$ 457.176,76 por não repasses à FAAP no período de 17 de março de 2020 a 10 de janeiro de 2021.

O Meu Timão teve acesso a mais esse processo movido pela entidade. De acordo com o juiz Luciano Gonçalves Paes Leme, da 3ª Vara Cível de São Paulo, a FAAP deveria ter recebido o percentual de 0,5% do salário de cada um dos jogadores corinthianos, totalizando os R$ 457.176,76.

Esse pagamento era previsto por lei no período. Exemplo: se um atleta recebia R$ 100 mil mensal, o clube deveria repassar 500 reais à FAAP mensalmente. Desde o dia 11 de janeiro de 2021, uma nova lei (14.117/2020) aprovada no Congresso revogou a lei anterior que motivava ações desse tipo.

"A situação de inadimplência sequer foi questionada pelo réu, que não impugnou, ademais, a exatidão dos cálculos elaborados pela autora. Nessa trilha, impõe acolher, em sua plenitude, a pretensão condenatória. Pelo exposto, julgo procedente o pedido para o fim de condenar o réu a pagar à autora R$ 457.176,76, acrescidos de correção monetária pela tabela prática do TJSP... e de juros de mora de 1% ao mês, da citação. Condeno o réu, ainda, no pagamento das custas, das despesas processuais e dos honorários dos advogados da autora, arbitrados em 10% da condenação em dinheiro, em atenção à complexidade ordinária da lide, à natureza e à dimensão econômica da causa, aos atos praticados e ao grau de zelo demonstrado", escreveu o Magistrado.

O Corinthians pode recorrer dessa primeira decisão do juiz Luciano Gonçalves Paes Leme, da 3ª Vara Cível de São Paulo.

As outras duas ações

R$ 1.717.922,82

Em agosto deste ano, o juiz Evandro Carlos de Oliveira, da 7ª Vara de Fazenda Pública, autorizou a penhora dos créditos do Corinthians na FPF, CBF, Globo e Globosat no valor de R$ 1.717.922,82. A entidade entrou com ação alegando que, entre abril de 2016 e março de 2020, o clube deixou de repassar o percentual de 0,5% do salário de cada um dos seus jogadores. Ao ajuizar a ação, a Federação das Associações de Atletas Profissionais pediu o ressarcimento de cerca de R$ 1,2 milhão, que se tornou maior devido a juros, correções e honorários advocatícios. O rito processual segue na Justiça. Mais detalhes aqui.

R$ 174 mil

Em setembro deste ano, o juiz Rubens Pedreiro Lopes, da 4ª Vara Cível, condenou o Corinthians a pagar R$ 174 mil à Federação das Associações de Atletas Profissionais. A informação foi divulgada pelo GE na época. O valor é referente ao percentual de 0,8% das vendas do zagueiro Pedro Henrique e do atacante Gustagol. Na época, a Lei Pelé determinava que a FAAP, como entidade de assistência social a atletas, tinha direito a receber 0,8% do valor total da transferências de atletas, fossem elas nacionais ou internacionais. Como dito acima, desde o dia 11 de janeiro de 2021, uma nova lei (14.117/2020) aprovada no Congresso revogou a lei anterior que obrigava os clubes a fazerem repasses desse tipo. Mais detalhes aqui.

Veja mais em: Processos do Corinthians e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Luan Lino fechou com o Corinthians

    Novo atacante do Sub-20 chega ao Corinthians após disputa com o RB Bragantino e negociação sem custo

    ver detalhes
  • Fábio Santos foi o autor do gol da vitória do Corinthians contra o Athletico-PR

    Resenha com Fábio Santos e bom momento de Du Queiroz marcam bastidores da vitória do Corinthians

    ver detalhes
  • Duelo contra o Grêmio marca último jogo do Corinthians na Neo Química Arena em 2021

    'Vingança' por 2007 e vaga direta na Liberta 2022: os fatores que acirram Corinthians x Grêmio

    ver detalhes
  • Renato Gaúcho está sem clube, mas maioria da torcida do Corinthians não gostaria do treinador no Timão

    Maioria da torcida do Corinthians não aceitaria Renato Gaúcho como técnico para 2022; veja enquete

    ver detalhes
  • Róger Guedes e Jô dividem a artilharia do Corinthians no Brasileirão

    Corinthians tem dois jogos para reverter possibilidade de ter o terceiro pior ataque desde 2003

    ver detalhes
  • Compacto do Meu Timão | Corinthians 1 x 0 Athletico-PR | Campeonato Brasileiro 2021

    VÍDEO: Compacto do Meu Timão | Corinthians 1 x 0 Athletico-PR | Campeonato Brasileiro 2021

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x