Zagueiro do Sub-20 do Corinthians revela Real Madrid como sonho e cita Gil como ídolo no clube

3.1 mil visualizações 29 comentários

Por Meu Timão

Robert teve seu contrato renovado com o Corinthians no último mês de dezembro

Robert teve seu contrato renovado com o Corinthians no último mês de dezembro

Marco Galvão/Agência Corinthians

O zagueiro Robert Renan, que participou da edição de 2022 da Copinha pelo Corinthians, foi mais um a ser entrevistado no quadro Filhos do Terrão, da Corinthians TV. Aos 18 anos, o jogador já tem contrato profissional com o clube e contou sobre sua trajetória, sonhos e ídolos.

"Comecei jogando com oito anos lá em Brasília. Alguém me viu e gostou e aí eu vim pro Corinthians. Aqui os moleques me chamam de Choco, por causa de chocolate. As tias lá da cozinha falavam 'Ó o Choco, ó o Choco' e aí pegou", iniciou.

"Sem explicação. Minha mãe chorou mais que tudo, meu pai ficou alegrão, várias pessoas mandando mensagem pra mim. Meu pai já sabia e minha mãe não sabia ainda que eu ia pro Corinthians, quando eu falei ela já começou a chorar, começou a mandar várias mensagens", relembrou o garoto.

Em dezembro, Robert teve seu contrato com o Corinthians estendido por três anos, se tornando válido até 31 de dezembro de 2024. O zagueiro, que contou se inspirar em dois atletas conhecidos do torcedor alvinegro, foi titular durante todo ano de 2021 com Diogo Siston e durante a disputa da Copa São Paulo.

"Marquinhos, por causa da postura dele em campo e do jeito que ele joga. O Gil também pela postura que ele tem, bota respeito nos adversários e no time", revelou.

Robert tem passagem pela Seleção Brasileira Sub-18, sendo convocado para um período de treinos em 2021 e também para a Revelations Cup, que foi disputada no México, em novembro. O garoto contou que a experiência foi sua maior felicidade no Corinthians.

"Minha primeira convocação pra Seleção. Nossa, minha cidade toda mandando mensagem. Quando saiu a convocação eu também não acreditava, porque a gente tava numa fase ruim no Sub-20, aí quando saiu a convocação, quando eu vi meu nome, já comecei a chorar. Nós estávamos em Chapecó, fomos jogar contra a Chapecoense, aí no quarto quando saiu a convocação os moleques já vieram me bater, foi a maior alegria, foi a maior felicidade que eu tenho no Corinthians. Eles me deram muita moral (na Seleção) e eu voltei bem confiante pro Corinthians. Nós jogamos também um campeonato no México, eu me destaquei também", disse.

Ao falar sobre si, Robert não se alongou. Definiu suas características como zagueiro e contou ser tranquilo fora de campo. Para o futuro, demonstrou ter sonhos com a camisa do Timão, mas também pensa em ir para a Europa, já que não se vê fazendo outra coisa além de jogar futebol.

"Eu tenho uma boa saída de jogo, um passe bom em diagonais, estilo João Victor, que a torcida fala, e também Raul, que eu me inspiro muito no Raul. A maioria deitado (sobre o tempo fora de campo), descansando, mexendo no celular, não gosto muito de sair. No Corinthians eu tenho sonho de subir pro profissional e ganhar títulos. No futebol eu quero jogar no Real Madrid, nesses times da Europa", finalizou.

Confira o vídeo completo divulgado pelo Corinthians

Veja mais em: Corinthians Sub-20 e Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians já mira o duelo contra o Always Ready, na quinta-feira

    Corinthians faz trabalhos táticos e conta com seis jogadores da base em reapresentação ao CT

    ver detalhes
  • Ramiro está emprestado ao Al Wasl, dos Emirados Árabes Unidos; clube de Dubai terá de pagar US$ 4 milhões para ficar com o meio-campista

    Corinthians deve ter a volta de seis emprestados em junho, mas apenas três têm chance de ficar no CT

    ver detalhes
  • Vítor Pereira ostenta um bom início de aproveitamento na Neo Química Arena

    Vítor Pereira tem segundo melhor início de um técnico do Corinthians na história da Arena

    ver detalhes
  • Corinthians enfrenta o América-MG pelo Brasileirão neste domingo, às 18h, na Neo Química Arena

    Corinthians inicia venda de ingressos para duelo contra o América-MG na Neo Química Arena

    ver detalhes
  • Boca Juniors vai pagar menos por casos de racismo do que Corinthians por infração a artigo que trata de propaganda no banco de reservas

    Conmebol multa Boca por racismo; valor é menor que pena ao Corinthians por propaganda no banco

    ver detalhes
  • Caio Mello não faz mais parte do quadro de funcionários do Corinthians

    Fisioterapeuta deixa o Corinthians após mais de 13 anos

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x