Deives marca três e Corinthians vence a AABB em duelo pela ida das quartas de final do Paulistão

2.0 mil visualizações 22 comentários

Corinthians encarou a AABB nesta quarta-feira

Corinthians encarou a AABB nesta quarta-feira

Pedro Paulo Diaz/ TenClicks/ Ag. Corinthians

AABB 2 X 3 Corinthians

Paulista de Futsal 2022
22 de junho de 2022, 17:00
AABB 2 x 3 Corinthians
Ginásio A - AABB, São Paulo, SP.

O Corinthians teve, nesta quarta-feira, seu primeiro desafio no mata-mata do Campeonato Paulista de Futsal. Pelo jogo de ida das quartas de final da competição, o Timão visitou a AABB e venceu por 3 a 2. Os três gols do Timão foram marcados por Deives.

Tanto o Corinthians como a AABB pareciam construir suas jogadas em função daquilo que o adversário demonstrava. O Timão viu o time da casa abrir o placar, mas conseguiu a virada com Deives, duas vezes. Na segunda etapa, Ângelo igualou novamente o placar.

O confronto, que se iniciou nesta quarta-feira, volta a se repetir na próxima semana para decidir a equipe classificada. No dia 30 de junho, o retorno do embate acontece no Ginásio Wlamir Marques, no Parque São Jorge, com o apoio presencial da torcida do Corinthians.

Anoita aí, Fiel! O futsal do Corinthians volta a jogar no próximo domingo. O adversário da vez é o Assoeva, pela Liga Nacional de Futsal, no Ginásio Parque do Chimarrão, em Venâncio Aires, no Rio Grande do Sul. A partida acontece às 14h.

O jogo

Escalação

Deividy Hadson mandou à quadra um quinteto que considera força máxima. A equipe iniciou o jogo com Lucas Oliveira, Allan, Tatinho, Levy e Deives. Durante o jogo, é claro, o treinador promoveu uma rotação na equipe.

Primeiro tempo

A proposta ofensiva do Corinthians para a partida se mostrou presente desde o primeiro segundo. Logo na saída de bola, mesmo de lado para o gol, Tatinho tentou pegar o goleiro Bagé de surpresa, mas chutou para fora.

O ala voltou a experimentar o goleiro adversário com chutes laterais, e o forçou a fazer bela defesa de mão trocada. Bagé foi o jogador da AABB que mais participou nos primeiros minutos da partida.

Deives, como em quase todas as partidas do Corinthians, chamou o protagonismo nas ações ofensivas da equipe. O camisa 10 cobrou lateral rápido para Levy e recebeu na sequência, na cara de Bagé, O pivô, porém, não bateu com força e parou na defesa do goleiro.

Apesar do domínio do jogo, o primeiro banho de água fria do Corinthians no jogo não tardou a chegar. Após ligação direta da defesa da AABB, Allan tentou rifar a bola para frente, mas foi bloqueado por Léo. O impacto da dividida foi tão grande que a bola pegou o goleiro Lucas Oliveira de surpresa e estufou a rede. Um a zero para os mandantes.

O gol, é claro, aumentou a confiança dos jogadores da AABB. Logo após abrir o placar, a equipe voltou a assustar a defesa do Timão em contra ataque. No lance, Alemão poderia completar para o gol vazio, mas não alcançou a bola.

O Corinthians não demorou para empatar o jogo. O jovem Kauê, que havia entrado há pouco, foi acionado no pivô e sustentou o contato até ser derrubado. A arbitragem confirmou a penalidade ao Timão, convertida por Deives, com categoria, no contrapé do goleiro Bagé.

Os gols distribuídos igualmente fizeram jus ao que foi visto na primeira metade da etapa inicial. Com o empate no placar, as duas equipes passaram a forçar jogadas de ataque. No caso dos mandantes, há de se ressaltar, as oportunidades foram ainda mais agudas que as do Corinthians.

As principais oportunidades do Corinthians chegavam através de uma característica muito forte de um de seus titulares. O ala Tatinho, aberto pela direita, buscava a finalização de média distância com frequência. A sete minutos do intervalo, inclusive, chegou a acertar a trave da AABB.

O último momento de perigo do Corinthians na partida chegou em uma jogada pouco explorada na etapa inicia. A quatro minutos do intervalo, Canabarro arriscou da ala esquerda e tirou tinta da trave do goleiro Thiago. Já pelo lado da AABB, a última chance clara veio com Ângelo, dois minutos depois, em chute cruzado pela ala esquerda.

Segundo tempo

O Corinthians voltou para o segundo tempo com o mesmo quinteto que iniciou o duelo. E logo de cara, em bela jogada, Deives foi acionado no pivô por Levy, girou sobre o marcador e arrematou de pé esquerdo. A bola entrou lentamente no canto da trave, sem chance para o goleiro da AABB.

Assim que ficou atrás no placar, a equipe da AABB começou a se soltar ainda mais no lado ofensivo. O goleiro Thiago, que antes pouco saía da própria área, passou a ocupar o campo de defesa do Corinthians, dando superioridade numérica à equipe visitante.

A ofensividade excessiva, claro, também surte efeitos no sistema defensivo. Com a exposição da AABB, no Corinthians passou a utilizar mais das ligações diretas no pivô Kauê, e quase marcou com o camisa 18 em bela cavadinha por cima do gol.

O evidente crescimento da AABB levantou justas preocupações pelo lado corinthiano. E o domínio logo resultou no gol de empate. Após pela jogada pelo lado esquerdo, uma bola cruzada encontrou Ângelo, sozinho, dentro da área, que completou de cabeça para a meta defendida por Lucas Oliveira.

Pelo lado do Timão, muita disciplina tática, mas pouca inspiração do lado técnico. A postura aguerrida do time da casa inibiu as investidas da equipe de Deividy Hadson, que sofria até mesmo para ultrapassar o meio de campo.

Conforme os minutos finais se aproximavam, naturalmente, o ímpeto da AABB diminuiu. Com isso, o Corinthians tentou colocar a bola no chão para trabalhá-la desde a defesa. Peça fundamental na partida foi o camisa 5 Lé, que sempre se oferecia como opção de passe para tirar o time de trás.

E o Corinthians quase matou o jogo no que seria a coroação da bela partida do pivô Deives. O camisa 10 do Timão se aproveitou de um rebote dentro da área e bateu mascado, por cima do gol.

A redenção do camisa 10 veio da melhor maneira possível, em uma infelicidade do goleiro Thiago, da AABB. Tatinho chutou cruzado, de fora da área, e parou no que parecia ser uma defesa do arqueiro. A bola, porém, passou lentamente por baixo das pernas de Thiago e chegou nos pés de Deives, que completou com o gol aberto. Foi o tento que carimbou a vitória do Corinthians por 3 a 2.

Veja mais em: Futsal do Corinthians.

Quem Atuou

Jogadores

Técnico

Comente a notícia:

x