Corinthians é dominado pelo Fluminense e toma goleada no Maracanã

35 mil visualizações 1.016 comentários

Corinthians visitou o Fluminense neste sábado

Corinthians visitou o Fluminense neste sábado

Wagner Meier/Getty Images

Fluminense 4 X 0 Corinthians

Brasileirão 2022
02 de julho de 2022, 16:30
Fluminense 4 x 0 Corinthians
Maracanã, Rio de Janeiro, RJ.

O Corinthians foi dominado pelo Fluminense na tarde deste sábado, no estádio do Maracanã, e somou a sua terceira derrota no Campeonato Brasileiro. Com 11 desfalques entre lesionados e suspensos, além de outros seis titulares poupados no banco de reservas, o Timão perdeu por 4 a 0 para os cariocas.

O embate começou com a única chance de gol do Timão nos 90 minutos, quando Júnior Moraes exigiu boa defesa de Fábio. Depois disso, o domínio dos cariocas foi total, retendo a posse de bola e envolvendo os corinthianos com muita facilidade.

Manoel e Cano abriram 2 a 0 no primeiro tempo, diferença que Vítor Pereira considerou reversível o bastante para mandar a campo Mantuan, Fábio Santos, Giuliano e Róger Guedes antes dos 15 minutos. Muito superior, porém, os donos da casa fecharam a goleada com Cano, de novo, e Fred.

Anota aí, Fiel! - O próximo compromisso do Corinthians é nesta terça-feira, às 21h30, contra o Boca Juniors, pelo jogo de volta das oitavas da Libertadores. Pelo Brasileirão, o Timão volta a campo no próximo domingo, contra o Flamengo, às 16h (de Brasília), na Neo Química Arena.

Escalação

Com os desfalques e os poupados para o jogo de terça-feira, contra o Boca Juniors, pela Libertadores, Vítor Pereira escalou o Timão com Cássio; Bruno Méndez, Robson Bambu, Robert Renan e Bruno Melo; Cantillo, Xavier, Lucas Piton e Guilherme Biro; Giovane e Júnior Moraes.

Escalação do Corinthians para o duelo contra o Fluminense

Meu Timão

No banco de reservas, o técnico Vítor Pereira conta com: Matheus Donelli, Róger Guedes, Giuiano, Léo Mana, Matheus Araújo, Fábio Santos, Adson, Gustavo Mantuan, Raul Gustavo, Breno Bidon, Felipe e Wesley.

O jogo

Primeiro tempo

O jogo começou com o Corinthians postado praticamente em um 5-3-2, com Lucas Piton ajudando a marcação pela esquerda e funcionando como válvula de escape da equipe. Giovane atuava próximo a Junior Moraes e Biro fechava o lado direito na linha de frente, sem tanta obrigação defensiva.

E o primeiro lance de perigo foi justamente do Timão. Giovane recebeu nas costas da marcação após roubada de bola de Júnior Moraes. O atacante cruzou rasteiro para Guilherme Biro, mas Manoel desarmou o meia. A bola sobrou com Moraes, de frente para o gol, e o centroavante exigiu boa defesa de Fábio.

Essa escapada, no entanto, não se repetiu durante os primeiros 45 minutos. Com uma linha de marcação muito recuada, o Corinthians mostrou muitas dificuldades em retomar a bola, sempre correndo atrás das trocas de passe do time adversário.

Os donos da casa chegaram pelo lado esquerdo, com Arias. O meia correu nas costas de Bruno Méndez e cruzou para Cano, travado na hora da batida. A bola ficou viva, mas Cássio saiu do gol para fazer a defesa.

A resistência alvinegra durou só até os 15 minutos de bola rolando. Arias bateu escanteio pelo lado direito e achou Manoel livre na marca do pênalti. O ex-zagueiro do Corinthians cabeceou forte no canto, a bola bateu na trave e entrou, sem chances de defesa para Cássio. 1 a 0 para o Fluminense.

Os visitantes tentaram sair de trás depois do gol tomado, mas o Timão teve muita dificuldade em reter a posse de bola no campo ofensivo. A única finalização até o intervalo foi um chute travado de Guilherme Biro, facilmente defendido por Fábio.

Já na reta final do jogo, o domínio do Fluminense ficou mais evidente. Depois de um lateral invertido pela arbitragem, Bruno Melo fez falta em Matheus Martins. Arias cobrou na segunda trave e Cano, em condição legal por causa do pé esquerdo de Robson Bambu, cabeceou livre para fazer 2 a 0.

Os anfitriões ainda chegaram outra vez após uma bola chutada por Cássio e desviada por Xavier. Arias recebeu livre e achou Matheus Martins nas costas da zaga. O meia fez o terceiro, mas estava em posição de impedimento.

Segundo tempo

Vítor Pereira não aceitou a derrota no intervalo e preferiu mandar a campo o pouco de titulares que tinha à disposição. Para começar o segundo tempo, entraram em campo Gustavo Mantuan e Fábio Santos, substituindo Bruno Méndez e Lucas Piton, respectivamente.

Como o time seguiu sem produzir muito ofensivamente e o Fluminense recuou as suas linhas, VP resolveu aumentar o número de titulares dentro de campo. Giuliano e Róger Guedes entraram nas vagas de Cantillo e Júnior Moraes. Por um breve momento, o Timão conseguiu reter a bola e tentar atacar.

O time chegou em uma boa inversão de Róger Guedes para Bruno Melo, mas o lateral não conseguiu alcançar. Um minuto depois, Biro bateu escanteio na primeira trave e o mesmo Bruno cabeceou, mas acabou mandando para fora.

Ficar mais com a bola deu ao Corinthians a confiança para avançar as suas linhas e tentar roubar a bola no campo de ataque. A falta de entrosamento para isso, no entanto, acabou custando caro aos alvinegros.

Depois de troca de passes próximo à lateral da área do Fluminense, Xavier não acompanhou Martinelli e ficou no meio do caminho. O volante achou Caio Paulista, que se livrou da marcação de Bambu, tudo isso ainda na intermediária ofensiva do Corinthians. Com tantos jogadores no ataque, o contragolpe foi fatal.

Caio Paulista acionou Matheus Martins, que logo abriu para Samuel Xavier. O lateral ultrapassou Bruno Melo com facilidade, foi à linha de fundo e tocou para trás. Cano, bem posicionado e sem marcação, bateu cruzado e anotou o 3 a 0 para os donos da casa.

O gol animou ainda mais o time da casa e tirou qualquer chance de reação dos corinthianos. O domínio foi tamanho que Fernando Diniz mandou a campo os experientes Willian Bigode, Felipe Melo e Fred, quase para homenageá-los.

O momento do Fluminense era tão bom, no entanto, que os acréscimos ainda reservaram um último gol, justamente de Fred. O centroavante, no penúltimo jogo da carreira, recebeu de Martinelli e bateu forte. A bola ainda desviou em Xavier e foi morrer no fundo das redes. 4 a 0 para o Fluminense.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro e Corinthians x Fluminense.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia:

x