Venha fazer parte da KTO
x

Árbitro detalha arremesso de objetos durante confusão em comemoração de gol do Corinthians

840 visualizações 18 comentários Reportar erro

Durante a confusão, Vegetti, atacante do Vasco, levou cartão amarelo

Rodrigo Coca/Agência Corinthians

A vitória do Corinthians sobre o Vasco na última terça acabou sendo paralisada na reta final, pois torcedores cariocas arremessaram objetos em direção ao gramado do São Januário enquanto jogadores corinthianos celebravam o gol marcado. Chegou a ter um princípio de confusão, mas logo resolvida.

Após o apito final, Savio Pereira Sampaio, árbitro da partida, registrou na súmula o que aconteceu, citando, também, que Pablo Vegetti, atacante do Vasco, recebeu cartão amarelo por "protestar contra o seu adversário no banco de suplentes mostrando desrespeito ao jogo".

"Aos 49 minutos do segundo tempo, durante a comemoração do gol da equipe do Corinthians, foram arremessados na área técnica do respectivo banco de suplentes, copos contendo líquidos, uma garrafa plástica contendo água e uma lata de cerveja contendo líquido e lacrada, vindos da arquibancada destinada a torcida do Vasco atrás do banco de suplentes do Corinthians. Informo que os objetos arremessados não acertaram nenhum atleta e membros da comissão técnica", explicou o árbitro, que emendou explicando o aumento dos acréscimos depois da confusão:

"Até o fechamento desta súmula não foram identificados os autores dos arremessos. Informo ainda que a partida teve sete minutos de acréscimos no segundo tempo, sendo paralisada passados quatro minutos de acréscimos e permanecendo paralisados por cinco minutos devido aos fatos relatados acima. Após a resolução do ocorrido foram jogados os três minutos restantes do acréscimo".

Súmula da partida entre Corinthians e Vasco detalhando os objetos arremessados

Súmula da partida entre Corinthians e Vasco detalhando os objetos arremessados

Reprodução / CBF

Não é a primeira vez que partidas em São Januário ficam marcadas por confusões. O estádio chegou a ficar fechado por três meses devido a brigas provocadas pela torcida. Ainda assim, é pouco provável que aconteça alguma nova punição ao Vasco por causa desses arremessos, a não ser que seja denunciado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

O item III do Artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) prevê como punição para esses casos multa no valor entre R$ 100,00 e R$ 100.000,00. Se o tribunal avaliar que esses objetos são de "elevada gravidade", a equipe do Rio de Janeiro poderia perder mandos de campo de uma a dez partidas no Brasileirão.

O Corinthians, já chegou a temer punição por casos como esse, mas nada aconteceu. No jogo contra o Cuiabá, ainda no primeiro turno, a torcida alvinegra atirou uma tesoura no pescoço de Deyverson.

Veja mais em: Corinthians x Vasco da Gama e Arbitragem.

Veja Mais:

  • Yuri Alberto avança em recuperação e pode reforçar o Corinthians já no próximo jogo

    Corinthians pode ter atacante de volta contra a Ponte Preta na Neo Química Arena

    ver detalhes
  • A LFF quer que o Corinthians una-se a eles, deixando a Libra

    Investidores fazem proposta e Corinthians pode deixar a Libra; veja valores

    ver detalhes
  • Corinthians domina o Cianorte e garante vaga na segunda fase da Copa do Brasil

    Corinthians domina o Cianorte e garante vaga na segunda fase da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Cacá está próximo de ser anunciado como novo reforço do Corinthians

    Presidente do Corinthians confirma acordo 'praticamente certo' com zagueiro do Athletico-PR

    ver detalhes
  • António Oliveira foi bem avaliado pela Fiel após a vitória contra o Cianorte

    Treinador e artilheiro se destacam em classificação do Corinthians na Copa do Brasil; veja notas

    ver detalhes
  • Romero celebrando gol marcado contra o Cianorte

    Romero revela conversa curiosa com Garro sobre a torcida do Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: