Venha fazer parte da KTO
x

Dívidas e receitas: veja detalhes do balanço de 2023 do Corinthians que será votado na segunda-feira

8.6 mil visualizações 142 comentários Reportar erro

Por Matheus Fiuza e Rodrigo Vessoni

O balanço financeiro do Corinthians de 2023 foi o último relacionado à gestão de Duilio Monteiro Alves

Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Após auditoria contratada pelo Corinthians, o balanço financeiro de 2023 do Timão está prestes a ser votado no Conselho Deliberativo. Na próxima segunda-feira, dia 24, o documento, que apresenta valores recordes de receitas e despesas, traz cenários diferentes ao torcedor.

O Meu Timão teve acesso ao balanço, que foi aprovado sem ressalvas pela RSM Global, empresa que analisou as demonstrações financeiras do clube. O documento é referente ao último ano da gestão de Duilio Monteiro Alves, que presidiu o Corinthians entre 2021 e 2023.

A principal notícia, como o Meu Timão já havia noticiado, é que a receita bruta foi recorde no Parque São Jorge: R$ 1,003 bilhão. O número inclui todos os ganhos com o futebol (R$872,4 milhões), carro-chefe do Corinthians, além do clube social e esportes amadores (R$ 64,2 milhões), e a Neo Química Arena (R$ 66,8 milhões). A divisão do futebol é feita da seguinte forma:

  • Direitos de transmissão de TV: R$ 307 milhões;
  • Patrocínios e publicidades R$: 117,07 milhões;
  • Arrecadação de jogos: R$ 90,7 milhões;
  • Premiações, Fiel Torcedor e loterias e outras: R$ 106,5 milhões;
  • Receitas com repasses de direitos federativos: R$ 251,03 milhões;

A receita bruta de 2023 é maior que a de 2022 (R$ 779,1 milhões), além de representar um aumento de 92,5% em relação ao último ano do mandato de Andrés Sanchez, em 2020. O resultado financeiro foi positivo, de R$ 1,2 milhão.

Por outro lado...

A dívida total do Corinthians, confirmada em R$ 885,9 milhões, apresentou leve redução em relação aos anos anteriores: R$ 910,5 milhões e R$ 912 milhões, em 2022 e 2021, respectivamente. Os encargos com salários, aproximadamente R$ 398,4 milhões, foram a maior despesa do Timão no ano. A dívida está descriminada da seguinte forma:

  • Futebol: R$ 671,5 milhões;
  • Clube social/esportes amadores: R$ 100,1 milhões;
  • Passivo a descoberto (empréstimos e outros encargos financeiros): R$ 114,2 milhões.

Porém, o número não inclui a Neo Química Arena, cujos valores se referem ao financiamento do estádio. A casa alvinegra, atualmente, equivale a R$ 703,1 milhões no balanço de despesas do Corinthians. Somado à dívida do clube, o número chega a R$ 1,588,9 bilhão, valores também apresentados anteriormente.

Vale destacar que o balanço financeiro do Corinthians, com relação à dívida bruta, coloca a dívida do clube em R$ 1,2 bilhão, além da Neo Química Arena. A atual cúpula alvinegra trata o número de quase R$ 2 bilhões como o valor a ser quitado pelo Corinthians no momento.

Veja mais em: Diretoria do Corinthians e Duílio Monteiro Alves.

Veja Mais:

  • Cássio segura uma placa com a camisa comemorativa aos seus 712 jogos pelo Corinthians

    Cássio se despede do Corinthians com camisa especial, emoção e promessa de busto no Parque São Jorge

    ver detalhes
  • Cássio e Fagner atuaram 498 vezes juntos pelo Corinthians

    Cássio e Fagner encerram parceria no Corinthians sendo dupla que mais atuou pelo clube; confira

    ver detalhes
  • Corinthians segue preparação para duelo válido pela Copa do Brasil com garotos da base

    Corinthians segue preparação para duelo válido pela Copa do Brasil com garotos da base

    ver detalhes
  • Cássio afirma que pendências financeiras foram resolvidas antes de saída do Corinthians

    Cássio afirma que pendências financeiras foram resolvidas antes de saída do Corinthians

    ver detalhes
  • Cássio e Paulinho foram companheiros em cinco temporadas

    Coletiva de Cássio tem presença de antigo companheiro e invasão de jovens do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians confirma cancelamento de partida válida pela LNF

    Corinthians confirma cancelamento de partida válida pela LNF; veja motivo

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: