Diógenes
Diógenes

18 anos , de São Paulo

Diógenes Costa

Torcedor do site número: 509.448, cadastrado desde 22/11/2015

Aqui é Corinthians

male

Estatísticas no Meu Timão

Última atividade no site em 04/01/2016 às 17h41

Ranking do Fórum

Faltam 10 posts para o Diógenes entrar no ranking do Fórum

Ver Ranking

Ranking de comentários

Faltam 50 comentários para o Diógenes entrar no ranking

Ver Ranking

0 Comentários

10 Posts

90% de aprovação

7 Tópicos

8.121 Visualizações

1.354 Views por tópico

Atividades do Diógenes no Meu Timão

Última interação no site em 22/12/2015 às 16h19

  • Diógenes

    Diógenes postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Samuel Eto’o no Corinthians?"

    há 4 anos

    No time dele na Turquia, além de jogador ele também é técnico, então ele nunca viria, ele só está aqui para um amistoso.

    detalhes do post
  • Diógenes

    Diógenes postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Possíveis contratações para a Libertadores"

    há 4 anos

    Carlos Sanchez seria um bom nome, só que eu não o coloquei na lista porque ele já assinou com o Monterrey do México.

    detalhes do post
  • Diógenes

    Diógenes postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Possíveis contratações para a Libertadores"

    há 4 anos

    Nesse tópico, irei dar alguma das minhas opiniões de contratações para o Corinthians na próxima temporada, que será a Libertadores.

    Luan: É um bom zagueiro e também é promissor - tem apenas 23 anos. - Foi o melhor zagueiro do Vasco desde o campeonato Carioca. Embora o Vasco tenha tido a pior defesa do campeonato, ele se destacou POSITIVAMENTE. Além disso, foi um dos destaques do Brasil nos jogos Pan-Americano deste ano, onde o Brasil ficou em 3º lugar. Ele está avaliado em 12.720.000 milhões, segundo o site 'Transfermarkt'. Além disso, o Corinthians ainda tem a chance perder o Felipe. Já nesses dias surgiram especulações que o Carlos Leite - empresário do Luan - iria marcar uma reunião com o presidente do Vasco para traze-lo ao Corinthians.

    Lucas Romero: Ótimo volante, o único destaque do Velez nesta temporada. Joga na mesma posição que o Ralf/Cristian e atualmente está avaliado em 12.720.000, e é um jogador muito promissor, tendo apenas 23 anos. Embora o valor do mercado seja elevado, ele pode sair por muito menos, já que o Velez Sarsfield ficou em 27º no campeonato Argentino, quase sendo rebaixado. Vale ressaltar novamente que ele é um jogador para um futuro mais próximo, já que o Ralf embora tenha renovado, já está com 31 anos e o Cristian, tem 32 e não tem o futuro definido. E embora não seja a posição dele, ele também joga pelo lado direito do campo - assim como o Jadson - e tem um excelente passe.

    Lucas Zelarayan: Foi uma dos destaques do Belgrano nesta temporada, quase conseguindo levar o time para a Libertadores. É um meia armador, com características de velocidade, além de ser bom de bola parada. É considerado a melhor jovem promessa do Belgrano, por isso, tem o valor de mercado estipulado em 16.960.000. No campeonato Argentino, jogou 27 partidas, marcando 5 gols e dando 2 assistências. Já no 'Torneo Inicial', marcou 4 gols e deu 3 assistências. É um jogador que esta sendo especulado em times brasileiros como o: Grêmio, Patético Mineiro além do Tigres (México). É um jogador que mais se aproxima das características do Jadson, e jogador no campeão brasileiro poderia atraí-lo. O Belgrano pede 15 milhões de reais, só que aceita negociar. Além de ser promissor, e ter 23 anos.

    Ricardo Álvarez: Era um jogador que tinha tudo para ser melhor, só que não teve tanto destaque na Europa. Tem 27 anos, e é um meia canhoto com característica de armar o jogo. É jogador da Internazionale (Itália), e estava emprestado ao Sunderland. Segundo o site 'Transfermakt', está avaliado em 42.400.000, e ainda segundo o mesmo site, está suspenso até 31/12/2015. Já não está mais no elenco do Sunderland, e na Internazionale não teria espaço no elenco, talvez pudesse vir por empréstimo. Assim como o Lucas Zelarayan, tem características parecidas com o Jadson.

    Juan Cazares: É um sonho antigo do Corinthians, que já tentou uma investida nesse jogador, que é Equatoriano, apontado como a maior promessa do Equador. Com apenas 23 anos, é um dos destaques do Banfield, que ficou na frente do River Plate no Campeonato Argentino. O jogador tem uma multa rescisória de 42 milhões, só que como o clube passa por dificuldades financeiras, poderia vendê-lo por um preço menor. O Patético Mineiro fez uma proposta de 6 milhões pelo atleta, que foi recusada pela diretoria do Banfield porque o Patético Mineiro negociou somente com o jogador, e não com o clube. Além de ser um meia armador, ele também pode jogar dos lados do campo.

    Marlone: Esse já está praticamente acertado com o Corinthians. Foi um dos destaques do Sport, que quase conseguiu ir para a Libertadores. No campeonato Brasileiro, marcou 3 gols e deu 8 assistências. Em minha opinião, ele não é um jogador com as mesmas características do Jadson, porém, o Tite pode dar um papel importante para ele no time, caso ele realmente seja contratado.

    Marco Rubén: Acho que atualmente é a melhor opção do mercado para atacante na América do Sul. Ele é o tipo centro-avante que não perde gol. Ele é jogador do Dínamo Kiev, e jogou nesta temporada emprestado ao Rosario Central. No campeonato Argentino, em 30 partidas, ele fez incríveis 21 gols, além de dar 3 assistências. O empasse - como em todas as opções - é o dinheiro que o Dinamo Kiev pede: 23 milhões. Segundo o Teleco no Twitter, ele foi oferecido ao Corinthians, e não é verdade que ele não queira vir, ele quer muito, só que o Corinthians teria que fazer um alto investimento para um jogador de 29 anos.

    Sebastian Giovinco: Essa é sugestão ' mais sem noção ' desta lista, já que o cara ainda tem mercado na Europa, só que também não é impossível. Ele foi considerado o ' MVP ' da MLS, marcando em 33 jogos, 22 gols e dando 13 assistências. Ele tem o 2º maior salário da MLS, então seria algo impensável tentar contratá-lo em definitivo, no máximo um empréstimo de 6 meses para a Libertadores. Nessa dias, saíram informações que o Cruzeiro podia tentar contratá-lo.

    Lucca: A contratação desse jogador em definitivo seria muito importante, já que em minha opinião, foi um dos maiores destaques da reta final do campeonato Brasileiro, ajudando muito contra o San7os, marcando aquele golaço contra o Patético Mineiro, marcando o gol da vitória contra o Coritiba, e jogando muito bem no 'baile' contra o SPFW. O contrato de empréstimo dele só vai até o final do campeonato Paulista de 2016.

    Enfim, na minha opinião, os jogadores desta lista que o Corinthians mais precisa é o Lucas Zelarayan por causa da saída eminente do Jadshow, e o Lucca, que já esta integrado ao elenco e jogando bem. E na opinião de vocês, faltou alguém na lista? E dessa lista, quais seriam as necessidades do Corinthians nesse momento?

    detalhes do post
  • Diógenes

    Diógenes postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Possível jogador que esteve na última Copa do Mundo que pode vir para o Corinthians:"

    há 4 anos

    ESCLARECIMENTO

    Não ficou muito claro no tópico, só que o presidente da Klar não disse que o jogador esteve presente na última Copa, ele disse que a seleção do jogador esteve entre as 4 primeiras na Copa de 2014.. Desculpe se eu não tinha esclarecido isso.

    detalhes do post
  • Diógenes

    Diógenes postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Possível jogador que esteve na última Copa do Mundo que pode vir para o Corinthians:"

    há 4 anos

    Bom, neste tópico é uma opinião, só que pelas declarações do presidente da Klar, podem ser um desses 2 jogadores:

    O primeiro é o Tevez, até por ser um desejo de grande parte da torcida o seu retorno. Também, o presidente da Klar disse que o jogador estava entre os 'TOP-30' no mundo, e que sua seleção ficou entre as 4 primeiras na Copa do Mundo de 2014. Segundo o Osvaldo Pascoal, o jogador ficou animado com a possibilidade de voltar, só que a mulher do jogador não queria vir para o Brasil, por achar melhor que os filhos estudem na Argentina. Durante a Copa de 2010, ele disse que gostaria sim de voltar ao Corinthians, pelo menos por um ano.



    Esse segundo é o Podolski, que é mais difícil que se concretize. Ele foi campeão na última Copa do Mundo. Embora seja quase impossível, o trunfo de sua contratação é que durante a Copa de 2014, o jogador se identificou muito com o Brasil, e até hoje, em algumas postagens em suas redes sociais escreve em português. Se essa contratação se realizar, o Ronaldo Fenômeno seria uma espécie de vidente, pois nesta foto acima, ele fez a legenda: ' 'Parceiro and brother @poldi official resenha! Uniforme preto e branco... '

    detalhes do post
  • Diógenes

    Diógenes postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Parabéns ao Edu Gaspar!"

    há 4 anos

    Hoje o Edu Gaspar recebeu o prêmio de Melhor Executivo de futebol de 2015. Promovida pela União Nacional das Entidades de Futebol do Brasil, a Unefut, o Corinthians liderou e venceu em todas as categorias da Série A do Campeonato Brasileiro. O Tite e o Renato Augusto também foram premiados.

    detalhes do post
  • Diógenes

    Diógenes postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Como daqui a alguns anos iremos lembrar deste 6x1?"

    há 4 anos

    Lembra dos 7x1 do Corinthians em cima do Santos? Desde aquelo jogo, sempre relembramos deste jogo com show do Tevez.

    Então, será que daqui a 10 anos, iremos lembrar deste 6x1 do Corinthians em cima do SPFW com show do Romero? Só o nos futuro dirá.

    detalhes do post
  • Diógenes

    Diógenes postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Torcedores do SPFW se auto-zoando:"

    há 4 anos

    detalhes do post
  • Diógenes

    Diógenes postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Entrevista de Roberto de Andrade ao Jorge Nicola:"

    há 4 anos

    BLOG_ Depois da eliminação para o Guaraní-PAR e a perda de Guerrero, Sheik, Fábio Santos e Petros, o que você imaginava que o Corinthians faria no Brasileirão?

    ROBERTO DE ANDRADE_ Logicamente, não poderia falar que iríamos ser campeões, mas apostava que brigaríamos na parte de cima. Teve gente que duvidou, tirou sarro da minha cara, inventou um desmanche… A lição que fica é: nunca subestime e o Corinthians.

    O Levir Culpi, técnico do Atlético-MG, afirmou que o Campeonato Brasileiro está manchado pelos erros de arbitragem. Como vê isso?
    Está manchado, sim, só que de preto e branco. O Corinthians ganharia o Brasileirão com ou sem juiz. Tem erro para lá e para cá, como uma conta corrente, em que uma hora você perde, na outra ganha. Quem reclama não teve competência.

    Ficou alguma mágoa com o Paolo Guerrero?
    Nenhuma. A única coisa que tenho a dizer é que nem ele nem o Sheik são maiores do que o Corinthians. Até porque jogador nenhum no mundo é maior do que esse clube.

    Qual foi seu maior acerto em nove meses como presidente?
    Foi não renovar com o Guerrero. Com ele, também seríamos campeões, mas hoje estaríamos quebrados. Não posso dizer que, se ele ficasse, perderíamos o título, mas o Corinthians quebraria porque teria de pagar R$ 45 milhões para ele em três anos de contrato.

    Temeu que a renovação criasse um ambiente ruim?
    Não deixei de renovar pensando nisso. É que não dava para pagar o que ele solicitava, até porque o Guerrero não é um jogador diferenciado. Ele é bom, como outros. Se eu renovo, meu discurso de pés no chão iria por água abaixo.

    O Corinthians está a quatro pontos de fazer a melhor campanha da história dos pontos corridos com 20 clubes. É algo que empolga o presidente?
    Não faço questão disso, nem vou trabalhar para isso. Se acontecer, melhor, mas o objetivo já foi alcançado.

    Sua primeira contratação como presidente foi feita antes mesmo da posse, porque você insistiu muito para que o Tite voltasse. Foi a melhor contratação que você fez?
    Foi sim. A melhor. E não digo isso apenas pelo técnico, mas pela pessoa, o cidadão. Sou até suspeito para falar dele e posso garantir que, no que depender de mim, ele fica no Corinthians até meu último dia como presidente, em dezembro de 2017.

    Tem torcedor pedindo contrato vitalício para o Tite.
    Não posso fazer isso porque não serei presidente para sempre, mas estamos diante de um técnico muito acima da média.

    Teme que o Dunga acabe demitido da seleção brasileira e o Tite seja o substituto?
    Nem um pouco. Até porque estou enxergando um bom trabalho do Dunga na seleção. Deixa o Dunga lá e o Tite aqui. Mas, falando sério, é difícil responder com a cabeça dos outros. Nunca falei sobre essa possibilidade com o Tite. Prefiro não pensar, porque o pensamento costuma atrair as coisas ruins.

    O que você gostaria de dizer para os jogadores do Corinthians depois do título?
    Gostaria de agradecer a todos, porque tivemos problemas com valores em atraso e eles demonstraram muita confiança em mim. Agora, pagamos absolutamente tudo. Só resta o prêmio deste Brasileirão, que será pago assim que o campeonato acabar. Eles também sairão de férias com o 13 salário e as férias quitados.

    Você falou com carinho sobre o fato de o Vagner Love ter feito o gol do título. Por quê?
    Você acaba ficando solidário ao cara depois de tudo o que ele passou. A bola não entrava e o xingavam de tudo quanto era nome. Ainda assim, ele nunca deixou de trabalhar, esforçou-se e é o vice-artilheiro do Brasileirão. Foi a maior volta por cima que eu vi no ano.

    Falando sobre futuro, o Andrés Sanchez garantiu que o Ralf não terá seu contrato renovado se não baixar a pedida de luvas. Vai deixá-lo sair?
    A gente está conversando e a negociação não terminou. Enquanto não esgotarmos as possibilidades, não dá para dizer isso. E aposto que vamos resolver a questão na semana que vem, com uma reunião. Eu acho que ele fica.

    O Corinthians já negocia a renovação do Renato Augusto há quase dois meses. Por que não renovou ainda?
    A gente preferiu deixar para resolver tudo depois do campeonato. A ideia é sentar, escrever os números e bater o martelo. Não vejo dificuldade em renovar, apesar de o fato de ele ter sido titular da seleção.

    O Jadson e o Vagner Love poderão assinar pré-contrato com outro clube a partir de fevereiro. Não se preocupa?
    Nunca me assustou. Conheço bem os dois e posso garantir que nenhum deles vai assinar pré-contrato com qualquer outro clube antes de escutar o que a gente tem para oferecer. E tem outra: não deixarei para o último dia para tratar da renovação. Quero tirar todos esses assuntos da frente neste ano.

    O Corinthians deve fechar 2015 com déficit de R$ 40 milhões. A administração financeira está muito difícil?
    O Corinthians continua com dificuldade, apesar de termos reduzido o custo mensal do clube, envolvendo jogadores, funcionários e tudo mais, em 25%. A coisa que mais fiz como presidente foi dizer “não”. Não dá para gastar além da conta.

    Mas por que o déficit?
    A gente já imaginava porque tem uma série de contas do passado a serem quitadas, não tivemos todos os patrocínios, a receita das bilheterias vai para o fundo do estádio… Quando eu assumi, várias cotas de TV e outras receitas de 2015 e 2016 já haviam sido antecipadas.

    E você está antecipando mais receitas?
    Não. Se alguém tem de passar fome, que seja eu. O ideal é não antecipar nada. Em cima disso, se eu tiver alguma regalia financeira, isso acontecerá no ano de 2017, quando o clube estará bem mais estável.

    O Tevez pode ser o grande reforço para 2016?
    Para o ano que vem, sem chance. Precisamos ver o que acontece na vida dele e na do Corinthians de olho em 2017. Aí, será outra conversa.

    Acredita que o Pato será vendido em janeiro?
    Hoje, não tem proposta nenhuma. O Kia (Joorabchian) e o Gilmar (Veloz) estão trabalhando bastante e eu estou confiante, sim. Não é porque ele não foi vendido na última janela que não será agora. Agora, se não acontecer, ele volta ao elenco em janeiro.

    Você procura quantos jogadores e para quais posições?
    Vou conversar com a comissão técnica, mas, na minha opinião, serão necessários uns três ou quatro reforços. Não temos problemas nas laterais, na zaga, para volante… Mas precisamos de gente do meio para frente.

    O goleiro Douglas e o meia Alan Mineiro, ambos do Bragantino, já estão contratados?
    Fechado, fechado, não está.

    Felipe e Gil são os jogadores que correm mais risco de sair?
    O Renato também pode ser um cara pretendido pelo mercado. Nenhum jogador no Corinthians é inegociável, mas a parte comercial cabe ao Corinthians. E, se vierem propostas, nós vamos pedir aquilo que achamos justo. Mas o torcedor pode ficar calmo, porque, se sair alguém, vamos repor.

    Qual empresa do segmento financeiro que está disposta a pagar R$ 300 milhões pelos naming rights da arena
    Temos conversa, negociação, mas nada fechado. Dependemos da empresa, então, não dá para falar em nomes. Tomara que feche, porque esse dinheiro não ajuda no dia a dia do clube, mas será muito importante na conta da arena.

    Por que a dificuldade para vender camarotes e cativas?
    O mercado está ruim. A situação do país não permite que se faça grandes investimentos e isso acaba interferindo. E tem outra: também não sei se estamos atrasados.

    Pode haver alguma incompatibilidade entre a empresa dos naming rights e a Caixa, que é patrocinadora do clube até fevereiro?
    Acho que não. Tanto que podemos discutir mais para frente a renovação do patrocínio. É que a Caixa costuma deixar para negociar mais próximo do fim do contrato. Nós estamos trabalhando, prospectando outras possibilidades também.

    O Corinthians fechou recentemente uma parceria com o Tigres, da Primeira Divisão carioca. Há custo e ela pode ser repetida em outros estados?
    Eu vejo com bons olhos a gente reeditar mais destas parcerias. Elas não envolvem dinheiro e, sim, visam colocar os jogadores para fazer vitrine e ajudar na captação de talentos.

    Quando ficarão prontas as obras do CT da base, ao lado do CT do time principal?
    Os campos já estão ficando prontos e...

    detalhes do post
`