Lucas

19 anos

Lucas Rodrigues

Torcedor do site número: 375.360, cadastrado desde 08/07/2013

Aqui é Corinthians

male

Estatísticas no Meu Timão

Última atividade no site em 31/03/2017 às 15h53

Ranking de comentários

Faltam 49 comentários para o Lucas entrar no Ranking

Ver Ranking

1 Comentário

100% de aprovação

8 Posts

75% de aprovação

5 Tópicos

6.188 Visualizações

Atividades do Lucas no Meu Timão

Última interação no site em 25/07/2015 às 20h40

  • Lucas

    Lucas postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Fiel Torcedor, um bate-papo em relação aos benefícios"

    há 3 anos

    Opa, pessoal. Tranquilos? Bem, eu não vou criar polêmica em relação aos lucros da OMNI e as coisas de sempre, mas sim relatar algo muito interessante que vi no Avanti. Para os que não sabem, o Avanti é o programa de sócio-torcedor do Palmeiras e, ao que parece, eles tem um programa muito legal: o do seu sócio poder visitar a Allianz Arena. Eu tenho um amigo, palmeirense, que visitou o Allianz, pôde tirar fotografias, entrar no gramado, ir até a sala de imprensa, vestiários e etc. Eu não sei se o Corinthians tem isso no seu programa de sócio torcedor, mas se não o tiver, seria excelente adicionar. No mundo, nada se cria, tudo se copia. E só se copiam as coisas boas.

    E eu gostaria também que conseguíssemos debater outros benefícios. Temos voz, somos a Fiel. Podemos debater diversos benefícios que poderiam alavancar as vendas, afinal, pensar positivo é bom e todos gostamos de dar aquele pitaco, além que esse pitaco pode ser ouvido, adicionado no futuro e tudo o mais, quem sabe?

    Pontos a ressaltar antes do rage: sou corinthiano, antes que duvidem pela certa 'formalidade'. Apenas acho que, para um debate sadio, as informações devem ser apresentadas. E sim, falo Allianz Arena, porque gosto que respeitem o nome do estádio do meu clube, seja como Arena Corinthians, seja com o nome que a empresa que comprar os Naming Rights quiser dar. E não se pode exigir, caso não o faça também.

    detalhes do post
  • Lucas

    Lucas postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "O que eu sonho que aconteça antes que seja tarde demais"

    há 4 anos

    Primeiro de tudo, espero que quem esteja lendo fique ciente que eu não sou um grande planejador nem nada do tipo, além de ter apenas 15 anos (sou de 99 :D) que sonha em ver o Corinthians que eu mostrarei abaixo. Segundo, espero que deixem suas pretensões para os próximos anos, o que esperam do time e essas coisas. Terceiro, esse post vai ser grande, então não é necessário ler ele de uma vez só. E quarto, não vou opinar sobre presidência ou técnico, afinal, qualquer um pode mudar quando der vontade.

    Elenco: temos que ter em conta que, em 2018 (o fim do triênio), a média de idade do time atual vai ficar entre 26,5 e 28 anos, creio eu. É um elenco velho, então precisaríamos já acostumar alguns garotos da base a partir de 2015, para ganharem experiência, habilidades e se acostumarem com nosso manto, além de servirem para suprir ausências de todas as posições quando necessário. Mas abaixo vai entrar uma fúria infinita da torcida, onde eu demonstrarei uma escalação que eu particularmente gostaria de ver a partir de 2016:

    Matheus Vidotto ou Cássio (GOL)
    - (LAT) (Nunca fui um apreciador do jogo com laterais, me julguem)
    Gil, A. Martins e +1 da base (ZAG) (Não acompanhei a Copinha de 2014 e não lembro o nome do zagueiro que eu particularmente gostei de ver jogar)
    B. Henrique, Petros, Zé Paulo, Oscar Romero, R. Augusto (este podendo ser substituído por alguém mais jovem ou regular) ou Lodeiro (idem do R.A.) (MEI)
    Angel Romero, Malcon ou G. Tocantins (ATA)

    Ok, pra quem não entendeu, jogaria num 3-5-2, com dois volantes de mais marcação e três 'articuladores'. Isso acabaria com um problema antigo do Corinthians que é falta de lateral com qualidade (Uendel, Ferrugem, Fagner e CIA. Não são bons laterais, na minha opinião) e a falta de criação de jogadas, porque o Corinthians adora tocar de lado e isso é feio para o espetáculo (o que eu vou explicar mais tarde, mas guarde a palavra patrocínio), pros pagantes (idem ao do espetáculo) e para o próprio time, que vai se prejudicar nas competições por faltar objetividade.

    O estilo de jogo do 3-5-2, pra muitos, pode ser chamado de retranca, mas não se esqueçam que o estilo pode variar e isso é bom para o time. Como o time no meio, em teoria, teria três jogadores que armam bem jogadas, quatro que se apresentam bem, dois com qualidades defensivas boas, o que pouparia nossos atacantes de retornar pra marcar, além de poder deixar até mesmo um quarteto ofensivo, com nossos dois atacantes e dois armadores municiando eles. Mas na teoria tudo é lindo e na prática pode dar errado, por isso peço para os que acompanham com muito mais regularidade que eu deixarem uma escalação, com o esquema e jogadores que desejarem, mas de preferência com jogadores que dê para um clube brasileiro contratar. E sem 'ah, mimimi, Corinthians time europeu no Brasil, mimimi', porque não, meu caro colega, o Corinthians precisa organizar suas finanças, então prefiro um time barato, de qualidade e que dê resultados do que um time de estrelas e parecer o Botafogo-RJ, que tá afundado até o último fio de cabelo, em dívidas. Ah, também sugiram alguns jogadores para a reserva, levando em conta convocações e os escambaus alados que a CBF apronta no futebol brasileiro.

    Finanças: o time do povo precisa pagar uma pancada de coisa, porque né, povão que é povão quando entra um dinheirinho gasta mais do que deve (não me entendam mal, mas aposto que vocês devem conhecer uma pessoa que já teve uma dívida por não ter planejado as finanças). E não, não vou incluir viagens internacionais e nem venda de jogadores (apenas três casos específicos).

    Na melhor das situações, meus caros, nosso time terá os quatrocentos milhões de Dilmas/Aécios (depende em quem ganhar as eleições) dos tão esperados Naming Rights, um patrocínio master de trinta e cinco milhões/ano em média, além da dívida da nossa casa estar com, pelo menos, 60% do total quitado. Mas finanças envolve algo muito maior, que muitos lembram, mas em partes: jogadores. O Corinthians precisa enxugar e muito sua folha salarial, que deve girar em torno de uns dez milhões de reais, ou por aí. Pra falar a realidade, precisamos dessa folha reduzida entre pelo menos 25% e 30%, ou seja, girando entre sete e sete e quinhentos milhões. Por que? São, por ano, supondo que os dez milhões são anuais, uma economia girando na casa de três milhões, que podem ser usados para colocar fundos no nosso caixa e, caso precisemos, contratar jogadores ou pagar dívidas. Enfim, mas nem tudo acima pode ocorrer, afinal, os Naming Rights sumiram, patrocínio master, até onde eu sei, a Caixa não tem tanta pretensão em renovar e nossa folha salarial ainda vai continuar girando alto pra caramba até o fim de 2016, isso se não acontecer um milagre e Fábio Santos, Danilo e Pato não serem vendidos. 'Ah, mas os N.R. E o patrocínio vão ser anunciados pelo Andrés no fim do ano e mimimi', pode ser que sim, pode ser que não. Além do mais, patrocinador ODEIA ter sua marca associada à torcida violenta ou a algo sem objetivo, por não atrair clientes (mesmo sendo a Fiel Torcida, aquela que nunca abandona o time, temos que levar em consideração que apenas uma parcela pequena vai querer se tornar cliente de tudo o que vê na camisa do time). Não sei se todos concordam com essa linha de raciocínio de que devemos poupar enquanto ainda temos para no futuro termos pra onde recorrer. Caso alguém não concorde, gostaria de uma opinião sobre o porquê não concordam e como o time deveria inovar nas finanças. :D

    Competições: Temos que considerar que o time, caso fosse renovado, não teria condições de disputar com os planteis já montados atualmente de igual para igual, como o do Cruzeiro, Atlético-MG, Santos (se a molecada de lá não for vendida a preço de diamante, como quase sempre) e Internacional. Mas isso seria momentâneo. Em 2016, caso todas as nossas peças fossem mantidas, teríamos três dos quatro times citados acima com jogadores mais velhos que os nossos e alguns até mesmo aposentados (alô, Dida, estou falando contigo, meu jovem), o que obrigaria a uma reformulação dos elencos. E nisso, tiraríamos vantagem por já ter feito a renovação e já estar com o elenco entrosado.

    Sim, em 2015, ao meu ver, não brigaríamos por nenhum título, ou seja, o técnico ia ser ameaçado de morte, o presidente ia ser chamado de inútil e empalariam todos os jogadores e tacariam fogo depois, já que a torcida é um motor para o time nas arquibancadas, mas fora, alguns pensam como animais. Mas, a partir de 2016, estaríamos brigando para sermos campeões de tudo, onde coloco as principais chances de conquista (ou ao menos o que eu espero que o time conquiste):
    Paulista 2016 e 2017
    Copa do Brasil 2016
    Brasileiro 2017
    Libertadores 2017 e 2018
    Mundial 2018

    Para todos que leram, muito obrigado pela paciência, espero que não tenham me xingado ou xingado a minha família pelas besteiras que eu escrevi e, acima de tudo, gostaria que todos colocassem suas opiniões como torcedores SENSATOS (sem colocar o Corinthians campeão do mundo em 2015, porque com o elenco atual, duvido que ganhemos a Libertadores, isso se formos até ela) de como esperariam um período de X anos e como o time deveria se planejar para tal. Que os anjos guardem a família de cada torcedor do bem do nosso time e
    VAMOS, TIMÃO;
    VAMOS, SPORT CLUB CORINTHIANS PAULISTA;
    MINHA VIDA, MINHA PAIXÃO!

    Obs.: Caso não entendam alguma parte que possa parecer confusa, deixem nos comentários ou me enviem uma mensagem que eu tentarei explicar. :D

    detalhes do post
  • Lucas

    Lucas postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Quer saber? PARABÉNS, CORINTHIANS! Buscou a vitória o tempo todo!"

    há 4 anos

    Corinthians jogou muito bem, mas tá faltando proteção pra defesa. O Anderson Martins não tem ritmo de jogo ainda e pelo que parece, ele fica muito avançado (assisti apenas o segundo tempo, mas só ficava o Gil atrás do meio de campo, mesmo com a bola na intermediária do Grêmio), deixando a defesa desguardada. E um adendo: 10x13 é covardia, na moral. Fábio Santos fez uma péssima partida, juiz roubando e a torcida do Grêmio empurrando o time.

    detalhes do post
  • Lucas

    Lucas postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Campbell (Costa Rica)"

    há 4 anos

    Estou assistindo o jogo do Uruguai e esse Campbell me chamou a atenção. Eu particularmente nunca tinha ouvido falar dele, mas o que ele tá jogando contra o Uruguai não é brincadeira. Ele é habilidoso e tem uma boa qualidade técnica, além de saber fazer a função de pivô. Será que ele é difícil de se contratar?

    Ah, ele coloca boa parte dos atacantes que atuam no Brasil no bolso e é vezes superior aos atacantes que o Corinthians tem.

    detalhes do post
  • Lucas

    Lucas comentou na notícia: "Andrés deve viajar novamente para fechar os Naming Rights da Arena Corinthians"

    há 4 anos

    Caixa tem prioridade se for de uma empresa concorrente em sua área de atuação (no caso, um banco). Mas como já disseram: pagando 400 mi, pode chamar até de Kalungão.

    detalhes do comentário
  • Lucas

    Lucas postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Guerrero"

    há 4 anos

    Acalme-se, meu caro amigo. Guerrero tá inteirinho, mas é sobre ele e o ataque corinthiano que vamos bater um papo. Deu pra perceber que no domingo o Guerrero comeu a bola, chamou jogo e só não fez gol não por desméritos dele, mas sim pela defesa espetacular do Victor (Guerrero teve sua parcelinha de culpa, mas é mérito do goleiro).

    Enfim, vamos pra pergunta do bate-papo: vocês acham que o Guerrero já deve começar jogando (titular) e colocar um jogador no banco (qualquer um) OOOOU o Guerrero deve começar no banco para que consigamos explorar a velocidade nos zagueiros adversários, cansá-los e depois deixar o Guerrero fazer a festa (isso vai depender da atuação dos meias de armação)?

    detalhes do post
  • Lucas

    Lucas postou em Mercado da bola, no tópico "Alan Kardec e a treta com o Palmares"

    há 4 anos

    Eu estava de boas olhando o globoesporte.com quando eu vi que o Kardec tá tendo problemas pra se resolver com o Palmeiras. Vocês não acham que, após a falha na tentativa com o Sóbis, não vale a pena tentar investir no cara que tá jogando muito no Palmeiras e seria uma contratação pontual para o nosso ataque?

    Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/palmeiras/noticia/2014/04/palmeirenses-pedem-permanencia-de-kardec-gilson-kleina-exige-acerto.html

    detalhes do post
`