M.
M.

M. Rizzi

Torcedor do site número: 512.598, cadastrado desde 21/12/2015

Aqui é Corinthians

male

Estatísticas no Meu Timão

Última atividade no site em 25/04/2019 às 12h25

Ranking de comentários

12.261º lugar

Ver Ranking

55 Comentários

96% de aprovação

0 Posts

Atividades do M. no Meu Timão

Última interação no site em 28/02/2019 às 15h38

  • M.

    M. comentou na notícia: "Pênaltis do Corinthians fazem RedeTV! bater audiência da Globo"

    há 4 meses

    É preciso entender um pouco de audiência, a audiência média da Globo no horário do jogo do Palmeiras despencou de 26 para 17, a audiência inercial, a audiência mínima no horário para QUALQUER programa, é de 15 pontos, se colocassem um desenho do Pica-Pai daria 15 pontos, ou seja, podemos dizer que o canal é responsável pelos 15 pontos e o Palmeiras por 2 pontos, a AUDIÊNCIA FOI BAIXÍSSIMA. Já na Rede TV a audiência inercial é bem mais baixa, disparou a audiência (média de 10 e picos de 17), se os jogos fossem trocados de canal nem haveria discussão, seria um massacre do Timão... Sem contar audiência de outros meios como DAZN, etc. Veja que estas comparações são insensatas sem considerar outros meios de audiência e o próprio canal, melhor tentar comparar no mesmo canal, dia da semana e horário, até o clima influencia e o nível do jogo(final, etc)... Não é por acaso que no PPV que é o grande responsável pela disparidade das cotas com relação a outros times, Flamengo e Corinthians ganham muito mais. Corinthians gera muita audiência, quando não é o primeiro, é o segundo em audiência.

    detalhes do comentário
  • M.

    M. comentou na notícia: "Pênaltis do Corinthians fazem RedeTV! bater audiência da Globo"

    há 4 meses

    Os anti discutem o que não entendem, a audiência média da Globo no horário do jogo do Palmeiras despencou de 26 para 17, a audiência inercial, a audiência mínima no horário para QUALQUER programa, é de 15 pontos, ou seja, podemos dizer que o canal é responsável pelos 15 pontos e o Palmeiras por 2 pontos, a audiência foi baixíssima. Já na rede TV a audiência inercial é bem mais baixa, disparou a audiência (média de 10 e picos de 17), se os jogos fossem trocados de canal nem haveria discussão, seria um massacre... Sem contar audiência de outros meios como DAZN, etc. Veja que estas comparações são insensatas sem considerar outros meios de audiência e o próprio canal, melhor tentar comparar no mesmo canal, dia da semana e horário, até o clima influencia e o nível do jogo(final, etc)... Não é por acaso que no PPV que é o grande responsável pela disparidade das cotas com relação a outros times, Flamengo e Corinthians ganham muito mais.

    detalhes do comentário
  • M.

    M. comentou na notícia: "Corinthians registra déficit de R$ 35 milhões em 2017; veja números do balanço financeiro"

    há 1 ano

    Lembre-se que o PSJ é todo do Corinthians, a Arena foi construída em terreno público cedido temporariamente (ainda que sejam vários anos e possivelmente prorrogável) ao Corinthians, além disso o PSJ serve de garantia para vários empréstimos... Não é possível vender. Não seria melhor cortar ou diminuir gastos com o clube social e esportes amadores? !

    detalhes do comentário
  • M.

    M. comentou na notícia: "Corinthians tenta valorizar Fiel Torcedor, aumenta valor dos ingressos e público na Arena diminui"

    há 1 ano

    Povo são todos, mas a maioria não é rica, não pode pagar, não é questão do ingresso ser caro ou barato, não vale o que se paga, não pelo Corinthians, mas levando em conta os custos e comparação com outros estádios. Estão tentando compensar as perdas que estão tendo em outras fontes de receitas, como cota de TV e outros, não é por acaso que as contas do ano passado estão no vermelho, em déficit.

    detalhes do comentário
  • M.

    M. comentou na notícia: "Corinthians tenta valorizar Fiel Torcedor, aumenta valor dos ingressos e público na Arena diminui"

    há 1 ano

    Solucionar como? ! Foi feito um contrato nocivo ao clube, mal feito, contrato suspeito, feito na gestão de Gobbi e assinado por Andrade antes de iniciar sua gestão, privilegiando a OMNI, diferentemente de outros contratos similares, ora, provavelmente as cláusulas por quebra de contrato devem ser muito bem feitas, colocando multas milionárias e outros que prejudicaram o Corinthians se quisesse romper o contrato, esta situação ruim para o Corinthians deve ser estendida até o fim da validade do contrato, 2019, segundo Camila Mattoso que viu o contrato. As suspeitas recaem sobre os que assinaram, orientaram ou estiveram ligados a este contrato, suspeitas de incompetência, má fé e outras. Pior seria se renovarem este contrato nestas mesmas bases.

    detalhes do comentário
  • M.

    M. comentou na notícia: "Corinthians tenta valorizar Fiel Torcedor, aumenta valor dos ingressos e público na Arena diminui"

    há 1 ano

    Corinthians é o time do povo, povo são todos, pobres e ricos, etc

    detalhes do comentário
  • M.

    M. comentou na notícia: "Corinthians e Odebrecht usam laudo para contestar decisão que cobra devolução de R$ 400 milhões"

    há 1 ano

    Ela não é especialista, a decisão dela e seus argumentos, os valores apresentados, etc, teriam de ser embasados por um perito técnico legal.

    Proibir ou não permitir nova avaliação é muito suspeito!
    Isso poderia resolveu o caso!

    Cobrar adiantado os valores das garantias dadas, é mais absurdo ainda!

    Não creio que ela queira "aparecer" deste modo, sem embasamento técnico, sendo mal vista e criticada por colegas e outros. Este caso parece muito suspeito!

    detalhes do comentário
  • M.

    M. comentou na notícia: "Corinthians e Odebrecht usam laudo para contestar decisão que cobra devolução de R$ 400 milhões"

    há 1 ano

    Depende, podem valorizar ou desvalorizar, há épocas de crise como agora e épocas melhores, imóvel atualmente não é um bom investimento em geral, mas pode mudar e depende de localização, etc, mesmo em crise e em época de desvalorização, um grande terreno na Paulista, Faria Lima, etc, são disputados por grandes empresas até na justiça, o valor é bem alto e pode se vender muito acima do preço do m2 do lugar...

    Outro ponto absurdo é pedir o dinheiro adiantado, É CONTRA A LEI, como disse o colega Jorge: "enriquecimento sem causa em favor do Estado o que não é tolerado por lei. " Basta dar mais garantias se for preciso, terreno é aceito como garantia em inúmeras ações na justiça.

    O que não se pode fazer é proibir nova avaliação do terreno, o que a juíza acha e a realidade podem ser diferentes, um perito técnico deve afirmar ou confirmar quanto vale, ele é o especialista!

    Está difícil de entender a lógica, as atitudes desta juíza, se me entendem...

    detalhes do comentário
  • M.

    M. comentou na notícia: "Corinthians e Odebrecht usam laudo para contestar decisão que cobra devolução de R$ 400 milhões"

    há 1 ano

    Sim, exato, Paulo. Só estava respondendo a pergunta do colega.

    O Corinthians está certo, se a dívida aumentou e precisa de aumentar a penhora, a garantia, tem de avaliar novamente o terreno do parque São Jorge, pois com a nova avaliação talvez não precise aumentar a penhora, não aceitar uma nova perícia é absurdo! Tirar conclusões precipitadas como dizer que o terreno desvalorizou e a dúvida cresceu, ainda que seja verdade, pois estamos em crise e houve desvalorização dos imóveis, é absurdo, é necessária uma perícia técnica para afirmar isto.

    Outro absurdo é tentar cobrar adiantado... Bastaria dar mais garantias, como disse o colega Jorge: "enriquecimento sem causa em favor do Estado o que não é tolerado por lei. "

    detalhes do comentário
  • M.

    M. comentou na notícia: "Corinthians e Odebrecht usam laudo para contestar decisão que cobra devolução de R$ 400 milhões"

    há 1 ano

    Dificilmente acontecerá, mas deixe eu explicar algo antes.

    O terreno era originalmente da COHAB, depois foi feita uma troca com a prefeitura por outro terreno. A concessão nada mais é do que um direito de uso por um determinado período. O direito de uso terreno da Arena Corinthians foi cedido ao clube por um período de 90 anos, em 1988. Em 2001, o MP já havia entrado com uma Ação Civil Pública para anular a concessão? Ela acabou em acordo: o Corinthians se obrigou a aplicar R$ 12 milhões em contrapartidas sociais na região para manter o acordo. Pela lei, o terreno deverá ser devolvido em 2078, com tudo o que tiver sido construído, contudo, o mais provável é que renovem a concessão por mais anos, senão será uma batalha judicial, política, etc, muito grande, também existe a possibilidade do Corinthians comprar está área futuramente da prefeitura, etc.

    Os terrenos na marginal da SEP e SPFC também são concessões, o prazo do SPFC parece que está acabando e estava tentando renovar, mas a prefeitura queria de volta, em alguns casos podem pedir até antes do fim da concessão, pois pretendia construir no lugar, não sei em que pé esta a situação agora. Mas a cada mudança de prefeito, a situação muda e existe a pressão política, etc

    detalhes do comentário
`