Wellington
Wellington

35 anos , de Macaé

Wellington Bueno

Torcedor do site número: 603.377, cadastrado desde 01/10/2017

Aqui é Corinthians

male

Acessos no Meu Timão

Último acesso em 20/11/2019

Atividade no Meu Timão

Ranking do Fórum

9.776º lugar

Ver Ranking

Ranking de comentários

Faltam 50 comentários para o Wellington entrar no ranking

Ver Ranking

0 Comentários

78 Posts

71% de aprovação

17 Tópicos

19.770 Visualizações

3.954 Views por tópico

Última atividade no site em 20/11/2019 às 11h30

Atividades do Wellington no Meu Timão

Última interação no site em 30/10/2019 às 16h29

  • Wellington

    Wellington postou em Análise dos jogos, no tópico "Não adianta"

    há 3 semanas

    Cara, to falando de caracteristicas e encaixe no sistema de jogo. Otero é um jogador interessante, mas se você não acha, beleza ué.

    detalhes do post
  • Wellington

    Wellington postou em Análise dos jogos, no tópico "Não adianta"

    há 3 semanas

    Tem que evoluir né? Concordo que ele é novo e pode fazer, mas não tá pronto ainda.

    detalhes do post
  • Wellington

    Wellington postou em Análise dos jogos, no tópico "Não adianta"

    há 3 semanas

    Ele não é um grande jogador, mas o que você acha do Nikão? Leo Citadini? Eles também não tem nome, talvez em avaliações anteriores não seriam nem levados em consideração, mas em função do estilo de jogo, acho que ele pode encaixar.

    detalhes do post
  • Wellington

    Wellington postou em Análise dos jogos, no tópico "Não adianta"

    há 3 semanas

    Fala galera

    O tópico é um pouco longo, mas...

    Veja muita gente querendo mudanças no estilo de jogo, e portanto pedem a cabeça do Carille. Não que ache isso errado, pois no meu entendimento ele perdeu o vestiário devido a seus sincericidios seguidos.

    Porem não adianta em nada trazer o Tiago Nunes por exemplo e continuar com o mesmo elenco que temos hoje. Um dos problemas citados pelo Carille ainda no começo do campeonato é de que o time não busca o gol, o que é verdade, tanto por culpa dele quanto por culpa dos jogadores. As caracteristicas do time atual não combinam com o estilo de jogo de nenhum citado a substituir o Carille, seja ele Tiago Nunes, Renato gaúcho ou algum estrangeiro.

    Senão vejamos uma comparação simplista dos principais pontos do time do Athletico Paranaense comandado pelo Tiago Nunes. Isso não quer dizer que o elenco do Athletico é melhor do que o do Corinthians (por mais que eu ache que não existe tanta diferença assim), e muito menos que estou dizendo que um jogador é melhor que o outro. Atentem-se somente as diferentes caracteristicas de cada jogador e como isso ajuda, reforça o estilo de jogo do time.

    O Athletico é um time de toques rápidos diretos e verticais, evolução em bloco e finalização de dentro da área. O time todo é moldado para isso, desde o goleiro. As principais diferenças entre nosso time e o deles são as caracteristicas desses jogadores:

    Santos: Faz parte do jogo de construção do time desde o início. É bom goleiro, porem sabe jogar com os pés. Evita sempre quebrar a bola. Como não trocaria o Cássio, penso que aqui deveriamos ter um adaptação de início das jogadas.

    Leo Pereira: Tem capacidade técnica para passes precisos e lançamentos de 30 - 40 metros. Nenhum zagueiro do nosso time tem condição de fazer o que ele faz com a bola no pé. Temos excelentes marcadores e lideres, como o Gil e o Mendez, porem não consegue fazer a bola chegar com qualidade sem a necessidade de um do meio vir buscar a bola na defesa. Podem ver como o jogo fica chato e preso na dupla de zaga porque eles só tocam de lado, sempre tentando buscar o Fagner desmarcado para subir o time ao ataque. No Athletico, o time roda e mesmo com a bola nos pes do Leo Pereira (e muitas vezes no pé do Thiago Heleno também, pasmem), eles têm qualidade para essa bola ultrapassar a primeira barreira de marcação do time adversário, que as vezes impede o toque curto e preciso desde a saída do goleiro.

    Wellington: Muita gente vai criticar, mas o fato é que o Wellington é uma peça central nesse time do Athletico. Ele organiza o time com movimentação e se apresenta em todos os espaços entre o gol do Athletico e a linha do meio. Ele oferece opções a todos com a bola e tem um passe muito melhor do que o Ralf ou o Gabriel. Ele garante que a bola chegue rápido aos pes do Bruno Guimarães e do Leo Citadini para então municiar o Rony e o Nikão.

    Bruno Guimarães: Talvez o principal jogador do time. Capacidade física e talento com a bola fazem dele um jogador que o Corinthians não tem desde que Paulinho e Elias saíram do time. Bruno da sequencia nas jogadas de maneira simples, passe certeiro e se infiltra na área para finalizar, como na final da Copa do Brasil. Nem Ramiro, nem Urso, nem Sornoza, nenhum jogador do Corinthians atual tem as caracteristicas do Bruno.

    Leo Citadini: O Tiago Nunes deu uma entrevista recentemente dizendo que o perfil de jogador que ele quer no time é o do Leo. Palavras do Tiago: 'Enquanto eu estiver dirigindo o Athletico, o perfil de jogador que eu quero é como o Léo. É um jogador que não para no campo. Ou ele está movimentando e correndo para dar linha de passe, para chegar na área, para ter presença e para vir construir ou ele está correndo para pressionar o adversário e induzir ao erro'. Que jogador do Corinthians teria essas caracteristicas? Pedrinho não tem a mesma intensidade, mesmo que jogue pelo meio. Ele é mais cerebral e menos físico. Vital tem o físico, mas carrega demais a bola, não da sequencia nas jogadas e aparece quase nunca na área para finalizar.

    Rony: O time do Athletico é desenhado para deixar o Rony no mano com o marcador. O Corinthians faz isso, mas deixa o Clayson no mano com o marcador adversário. E sabemos sempre qual é o final dessa história. O Rony tem mais capacidade física e apresenta mais recursos técnicos, além de penetrar e sempre buscar a área para finalizar. O Clayson quando finaliza geralmente é de fora da área e de forma deprimente.

    Marco Ruben: O Marco participa ativamente do esquema criado pelo Tiago, com movimentação, intensidade e oportunismo. Nenhum dos nossos 3 centroavantes tem como fazer essa função. Boseli é inteligente e tem habilidade para fluir jogo, porem não tem intensidade para pressionar e velocidade para sair. Vagner Love tem intensidade, porem não tem a dinamica necessária para dar fluidez ao time (sem contar os dominios de canela). Já o Gustagol, tem caracteristicas totalmente diferentes, é alto, tem certa velocidade, mas não tem técnica para dar sequencia as jogadas, matando diversos ataques.

    Com base nas analises acima, para o Tiago ou outro treinador dar certo aqui, precisaremos contratar nessas posições com essas caracteristicas. Minha sugestões dentro do possível para nossa situação atual seriam as seguintes:

    Zagueiro: Victor Cuesta (Inter) e/ou Lucas Verissimo (Santos)

    Meias: Allan (Fluminense) / Leo Sena (Goias) / Maicon (Grêmio) / Otero (Atlético Mineiro) / Alex Santana (Botafogo) / Leo Citadini (Athletico) / Flavio (Bahia) / Edenilson (Inter) / Luan (Grêmio) / Lucas Silva (Sem contrato)

    Ataque: Rony (Athletico) / Alisson (Grêmio) / Yoni Gonzalez (Flu) / Arthur (Bahia / Palmeiras) / Cirino (Athletico) / Michael (Goias) / Alex Teixeira (Jiangsu Suning)

    Bonus:

    Lateral Esquerdo: Jorge (Monaco) / Dodo (Cruzeiro)

    detalhes do post
  • Wellington

    Wellington postou em Análise dos jogos, no tópico "Não existe profundidade com pés trocados"

    há 4 meses

    A analise é boa, entendo que do lado direto, a função do Pedrinho de pé trocado funciona bem, pois o Fagner precisa de espaço para ir até a linha de fundo. Quando temos um lateral que avança muito e um ponta muito agudo, eles tendem a bater cabeça.

    Já na esquerda, o problema é o Clayson, que não coordena com o Avelar. O Avelar passa toda hora e não recebe do infeliz do Clayson, que corta pra dentro. Quando o Avelar recebe dele, é sempre um passe merda de lado, o que tira toda a velocidade da jogada. O Avelar nunca recebeu um passe em profundidade do Clayson. Isso faz com que o Avelar tente cruzar de qualquer posição, o que facilita pra zaga adversaria.

    Enfim, Clayson precisa de um cérebro novo, pois ele não consegue correr e pensar. Até tem habilidade, mas não sabe jogar para o time. Com isso, atrapalha o Sornoza e o Avelar.

    Abraços

    detalhes do post
  • Wellington

    Wellington postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "O corinthians precisa de um 10 urgente!"

    há 4 meses

    Não precisamos de um camisa 10. O time precisa de movimentação e velocidade. Nosso time parece um time de pebolim, todo mundo guardando posição e fazendo passe de 2 metros. O time não é dinamico e não quebra linhas, por isso o Carille diz que precisa tanto do Clayson, o que é um grande erro de avaliação.

    O Carille precisa soltar as amarras do time, correr riscos, deixar o time mais flexível e liberar o Pedrinho para fazer o que hoje fica a cargo do Clayson.

    detalhes do post
  • Wellington

    Wellington postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Jogo do Fluminense (Fernando Diniz)"

    há 4 meses

    O ideal seria ter Carille e Diniz. Um ajeita a defesa e o outro o ataque

    detalhes do post
  • Wellington

    Wellington postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Se teve um time que não mereceu essa classificação, foi o Flamengo!"

    há 6 meses

    Jogamos bem demais hoje. Carille foi monstro no planejamento do jogo, time executou o plano quase na perfeição. Jadson e Urso foram muito bem! Time me deu orgulho hoje!

    detalhes do post
  • Wellington

    Wellington postou em Off topic, no tópico "Você já teve Depressão?"

    há 6 meses

    Cara, você não deve enfrentar isso sozinho.

    Você precisa de ajuda em diversas esferas. Procure um psicologo e um psiquiatra para te ajudar a organizar sua mente novamente. Provavelmente o psiquiatra deve receitar algum remedio para equilibrar os hormonios.

    Além disso, precisa praticar esportes, cuidar do corpo. Corpo são, mente sã. Nem sempre na mesma ordem, mas ajuda muito!

    No topo de tudo isso, busque ajuda espiritual também. Jesus pode te trazer a paz e a alegria que te falta cara. A biblia diz que a alegria do Senhor é nossa força. Jesus é a paz que acalenta sua alma, que te da tranquilidade e devolve o sentido para todas as coisas.

    Estarei orando por ti!

    Abraços!

    detalhes do post
  • Wellington

    Wellington postou em Análise dos jogos, no tópico "Apesar de tudo evoluimos"

    há 1 ano

    Em termos defensivos voltamos a ter um padrao, e não aquela bagunca do Lost.

    Distância entre as linhas estava bem menor. Time ficou bem mais compacto, com Ralf centralizado.

    Producao ofensiva pessima, mas dai é em relacao aos problemas que temos nas laterais e no meio.

    Os laterais são parte importante da transicao ofensiva. Sem a triangulacao com o ponta e o meio, temos dificuldade para sair do campo de defesa.

    Infelizmente sem o Fagner não temos lateral direito. Qualquer opcao é improviso. E o Mantuan é o pior dos improvisos.

    Na esquerda Avelar não marca direito e não avanca. Podem perceber, não existe sincronismo entre Avelar e qualquer atacante pela esquerda. O que mais sofre com isso é provalvelmente o Vital quando entra, e provavelmente esse é o motivo do Vital não ser titular.

    Não existe ultrapassagem do Avelar para fazer um dois com o ponta. Nesse caso o ponta fica sozinho.

    Com problemas pelas laterais o time tende a jogar pelo meio e ai o Jadson fica sobrecarregado. As vezes ele tira um coelho da cartola, como o passe para o Roger contra o Ceara, mas na maioria das vezes fica encaixotado.

    Algo que poderia ajudar nesse processo seriam os meias, mais especificamente o Douglas, na funcao que o Maycon fazia, na maioria das vezes, bem.

    O Douglas não consegue dar a dinamica para o time, como o Maycon dava. O Douglas nem marca e também não infiltra. Além do passe não ser lá essas coisas. Talvez essa foi a pior troca do Corinthians. Maycon tinha dinamismo e bom passe. Isso servia para quebrar as linhas defensivas do adversário quando eles faziam o bloqueio das triangulacoes laterais. Hoje isso não existe mais.

    Acredito que o Jair já ve isso e deve fazer algumas alteracoes para melhorar essa transicao ofensiva, mantendo a seguranca lá atrás.

    Na minha humilde opiniao, essas são as alteracoes necessárias para melhorar a producao ofensiva:

    Fagner na direita (obvio, quando voltar de contusão)

    Avelar na esquerda (por falta de opcao melhor)

    Vital no lugar de Douglas (funcao parecida com a Renato Augusto em 2015)

    Clayson na esquerda (Pedrinho parece uma crianca de 5 anos jogando com adultos no churrasco de fibal de abo da empresa do pai)

    Romero na direita

    Dai o time ficaria assim:

    Cássio

    Fagner

    Leo Santos

    Henrique

    Avelar

    Ralf

    Romero

    Jadson

    Vital

    Clayson

    Roger ou Jonathas

    Se esse time tiver sequencia e treinamento com um técnico minimamente responsável como o Jair acho que podemos sonhar com um final de ano digno.

    Abracos

    detalhes do post
`