A culpa...

Jorge Freitas

Colunista esportivo do portal 'No Ângulo', este internacionalista é mais um louco do bando e busca analisar o Timão com comprometimento com a realidade e as necessidades do maior clube do planeta.

ver detalhes

A culpa...

Coluna do Jorge Freitas

Opinião de Jorge Freitas

3.9 mil visualizações 83 comentários Comunicar erro

A culpa...

O erro é de quem estava em 2019 e colecionou fracassos

Foto: Danilo Fernandes/ Meu Timão

O Corinthians se classificou à fase prévia da Libertadores 2020 sem qualquer possível êxito.

Terminou o Brasileirão num medíocre oitavo lugar, o que o fez depender de ambos os gols de Gabriel, no fim do último jogo da Libertadores, para garantir uma vaga nessa fase da competição.

Sim, o time com uma das maiores folhas salariais do Brasil não conseguiu garantir uma vaga na fase de grupos mesmo necessitando apenas de um sexto lugar no campeonato nacional.

Ficou seis pontos atrás do rival São Paulo, que não vence um título de expressão há 12 anos, que tem diretoria bagunçada, trocas constantes de treinadores e não fez o mínimo por merecer essa última vaga.

Perdeu os dois jogos para o Fluminense, além de ter sido derrotado por Cruzeiro, Botafogo e CSA.

Além disso, foi eliminado nas semifinais pelo desconhecido Del Valle, desperdiçando mais uma chance de começar a temporada na fase de grupos.

Chances desperdiçadas, futebol medíocre, a vaga na pré-Libertadores veio completamente de graça, sem merecimento, palavra tanta usada pelo vitorioso Sr. Adenor.

Tal como veio, foi.

Não é culpa de Tiago Nunes, que treina o time há um mês, ainda conhece poucos os jogadores, mas mesmo assim já reconfigurou completamente o time.

Nem de Sidcley, que fez bom primeiro tempo, ou de Pedrinho, que nunca havia sido solução, imaturo como é.

O erro é de quem estava em 2019 e colecionou fracassos. De quem montou um time inofensivo. De quem contratou a baciada, sem critério nenhum.

Enfim, o Corinthians de 2020 fez o que pôde até aqui. O de 2019 fracassou.

Mas se você discorda e quer fazer uma mea-culpa, pode dizer que é o fiasco é graças à Conmebol, por permitir que até o oitavo colocado do campeonato nacional consiga uma vaga na maior competição da América.

Agora, se você é um otimista irrepreensível, sabe que só houve um time capaz de juntar os cacos e chegar ao topo do mundo em menos de dois anos.

Veja mais em: Libertadores da América, Elenco do Corinthians e Campeonato Brasileiro.

Coluna do Jorge Freitas

Por Jorge Freitas

Colunista esportivo do portal 'No Ângulo', este internacionalista é mais um louco do bando e busca analisar o Timão com comprometimento com a realidade e as necessidades do maior clube do planeta.

O que você achou do post do Jorge Freitas?