O empurrãozinho de Paulinho para Gil voltar ao Corinthians

Lucas Faraldo

Escrevendo sobre o Corinthians desde 2014

ver detalhes

O empurrãozinho de Paulinho para Gil voltar ao Corinthians

Coluna do Lucas Faraldo Knopf

Opinião de Lucas Faraldo

50 mil visualizações 156 comentários Comunicar erro

O empurrãozinho de Paulinho para Gil voltar ao Corinthians

Renato Augusto, Gil, Paulinho e Ralf: saudade, torcedor do Corinthians?

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O futebol é um negócio muito doido. Ele deixa a gente bravo, como por exemplo no recente caso da contratação do filho de um conselheiro, de 27 anos de idade, para a equipe sub-23 do Corinthians. Mas verdade seja dita: o tal do futebol também encanta. O que dizer, afinal de contas, da ironia por trás de um empurrãozinho de Paulinho para o retorno de Gil ao Timão?

Foi isso que aconteceu mais cedo nesta terça-feira lá do outro lado do mundo. O Shandong Luneng de Gil e o Guangzhou Evergrande de Paulinho duelavam por uma vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões Asiática – a Libertadores de chineses, japoneses, coreanos & cia. Um duelo de gigantes ídolos recentes do Corinthians.

O Evergrande, havia vencido o jogo de ida por 2 a 1 e aumentou a vantagem no placar agregado ao abrir o marcador nesta terça com gol de... Paulinho! O Shandong não entregaria tão fácil a paçoca: virou a partida e, já na prorrogação, marcou seu terceiro gol no jogo (com direito a assistência de Gil). Foi aí que, mais uma vez, brilhou a estrela do ex-camisa 8 do Corinthians: golaço de falta que deixaria tudo igual novamente. Nas penalidades, os ex-corinthianos converteram suas cobranças. E o time de Gil acabou eliminado.

A eliminação do time de Gil tem peso na volta do zagueiro ao Corinthians pelo seguinte motivo: a Liga dos Campeões da Ásia era o principal torneio pelo qual o Shandong ainda brigava efetivamente por título. Na Superliga Chinesa, a equipe ocupa apenas a quarta posição e já se encontra muito distante do pelotão de frente. Como tem agora poucas ambições para o segundo semestre, o clube deve dificultar ainda menos a saída daquele que se tornou nos últimos anos um dos principais jogadores do elenco.

Já havia, é bem verdade, um acordo verbal entre Gil e os manda chuvas do Shandong pela liberação do zagueiro nesta janela de transferências do meio do ano. Diante da importância de um mata-mata de Liga dos Campeões, porém, o clube tentaria primeiro já contratar uma peça de reposição para aí sim cumprir sua palavra e rescindir o contrato do zagueiro.

Sem mais tanta urgência em repor a saída iminente de Gil, o clube deve liberar o brasileiro nos próximos dias independentemente de já contratar ou não um novo defensor. Mesmo tendo contrato vigente com os chineses até janeiro que vem, o zagueiro já fazia planos (agora ainda mais próximos de se concretizarem pós-empurrãozinho de Paulinho) de desembarcar em São Paulo no início de julho para assinar seu vínculo com o Corinthians.

Causos como o de Franzinho, que tanto tem irritado os torcedores, certa e infelizmente seguirão acontecendo. Que ao menos outras bonitas ironias do destino como essa de Paulinho & Gil surjam para presentar quem gosta de Corinthians, futebol e boas histórias.

Veja mais em: Ídolos do Corinthians e Mercado da bola.

Coluna do Lucas Faraldo Knopf

Por Lucas Faraldo Knopf

Jornalista pela ECA-USP e ex-Esporte Interativo, Jovem Pan e Lance!. Hoje trabalha no Meu Timão. Autor do livro 'Impedimento - Machismo, racismo, homofobia e elitização como opressões no futebol'.

O que você achou do post do Lucas Faraldo?