Tem que priorizar

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Tem que priorizar

Coluna do Marco Bello

Opinião de Marco Bello

4.9 mil visualizações 127 comentários Comunicar erro

Tem que priorizar

Osmar Loss poupou atletas no jogo do Campeonato Brasileiro

Foto: Daniel Augusto Jr - Agência Corinthians

É um discurso controverso, eu sei. Já pensei diferente. Pra mim, o Corinthians tinha que “entrar em todo campeonato pra ganhar”. Frase batida. E lógica.

Nenhum time vai entrar em um campeonato pra perder. Ainda mais o Corinthians.

Agora, vejamos a situação do time em 2018:

Perdeu jogadores importantes. Está remontando a equipe. Técnico novo, ainda inexperiente. Três competições simultâneas.

A mais difícil, sem dúvida, é o Campeonato Brasileiro. De tiro longo, é um campeonato que se ganha com regularidade. E elenco forte. O Corinthians não tem em 2018 nenhum dos dois.

Libertadores. Para ganhá-la, é preciso planejamento. Montar um time em um ano para ganhar no ano seguinte. O grupo precisa estar certinho, sem defeito. As peças precisariam estar completamente alinhadas. Assim se ganha a Libertadores. O Corinthians, em 2018, está longe disso.

Copa do Brasil, campeonato de tiro curtíssimo, onde o Corinthians já entrou na fase oitavas de final, passou pelo Vitória (time médio) e enfrenta agora a Chapecoense (time médio).

Nas semifinais (caso chegue) e nas finais (caso chegue) serão quatro clássicos. Quatro jogos. Mesmo com time inferior, com a camisa e a história do Corinthians, lógico que dá.

Pensemos agora no final de 2018, um ano em que o time foi mais uma vez destruído por troca na comissão técnica e desmanche de jogadores.

Na hipótese de ganhar a Copa do Brasil, serão dois títulos, o Estadual e o Nacional mais desejado do ano, pela premiação milionária.

Outro time ganhará o brasileiro, outro time (que pode ser de outro país) ganhará a Libertadores.

Terá sido um ano bom? Claro que sim.

Por isso, na atual situação (já pensei e defendi em outras oportunidades o oposto disso) tem que poupar jogadores mesmo no brasileiro.

Na Libertadores, não vai poupar, mas se tiver que escolher, fica aqui minha opinião:

Vai com tudo na Copa do Brasil.

Veja mais em: Copa do Brasil, Libertadores da América e Campeonato Brasileiro.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?