Paciência e Coragem

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Paciência e Coragem

Coluna do Marco Bello

Opinião de Marco Bello

5.0 mil visualizações 60 comentários Comunicar erro

Paciência e Coragem

Corinthians precisa vencer por dois gols de diferença

Foto: Daniel Augusto Jr - Agência Corinthians

As duas palavras deste título resumem para mim a chave para o Corinthians conseguir a classificação à próxima fase da Libertadores.

Paciência porque vai jogar contra um time mais experiente, com jogadores acostumados a partidas assim.

Paciência dentro de campo com as provocações dos adversários, com a catimba e o anti-jogo.

E paciência nas arquibancadas, porque o jogo terá 90 minutos, e o gol pode sair no final, que valerá a mesma coisa.

Mas além da virtude da paciência, o Corinthians precisará de coragem. De ousadia.

E isso passa muito pelo treinador. Aquela famosa frase do futebol: ´o medo de perder tira a vontade de ganhar´ é muito válida para partidas como a de hoje, de mata-mata.

Vide o que fez Renato Gaúcho com seu Grêmio ontem à noite.

Em um dado momento do jogo, com a equipe gaúcha precisando de um gol para levar a decisão para os pênaltis, Renato deixou a equipe da seguinte forma: os zagueiros Geromel e Kannemann, o lateral Cortez, o volante Maicon e seis atacantes. Sim, seis atacantes: Everton, Luan, Alisson (que fez o gol), André, Jael e Pepê.

Será que Osmar Loss faria isso? Ou tiraria um atacante para colocar outro, um meia para colocar outro, como tem feito até aqui.

É um jogo diferente. Não é pontos corridos, não é campeonato brasileiro, é Libertadores!

Tem que jogar futebol, tem que vencer na bola, tem que ser melhor que o adversário, claro. E isso o Corinthians tem todas as condições de fazer. O Corinthians é melhor que o Colo-Colo.

Mas tem que ter paciência. E tem que ter coragem.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?