Jesus pode tirar Sornoza do time

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Jesus pode tirar Sornoza do time

Coluna do Marco Bello

Opinião de Marco Bello

13 mil visualizações 133 comentários Comunicar erro

Jesus pode tirar Sornoza do time

Matheus Jesus foi o destaque do jogo contra o Wanderers

Foto: Daniel Augusto Jr - Agência Corinthians

O jogo do Corinthians contra o Montevideo Wanderers trouxe mais do que a classificação para as quartas de final da Sulamericana.

A partida no Estádio Parque Central mostrou que Matheus Jesus pode e deve brigar por uma vaga no time titular do Corinthians.

O pensamento lógico seria Jesus entrar na vaga de Junior Urso, que está sendo bastante criticado e realmente caiu de rendimento desde a parada para a Copa América.

Mas uma resposta do técnico Fabio Carille, na coletiva após o jogo, me chamou a atenção para outra situação:

“ Nessa formação de jogar, a briga dele não é com o Urso, mais pela esquerda. Mas assim, eu não trago como briga. Quando você tem um grupo qualificado, os treinos são melhores e o time vai melhor. A ideia de ter todos iguais, passar a forma de jogar sempre para todos.”

Traduzindo a fala do treinador:

O Corinthians de Fabio Carille joga com apenas um volante de contenção, no caso Gabriel. Uma linha de dois jogadores à frente, Sornoza pela esquerda e Urso pela direita. Não há um “camisa 10”.

Isso, claro, quando Jadson não está em campo. Aí muda para um 4-2-3-1.

Então Junior Urso seria este volante-meia pela direita, enquanto Sornoza faz a função de volante-meia pela esquerda.

Como Matheus Jesus é canhoto, ele poderia brigar pela vaga de Sornoza, e não de Junior Urso.

O Corinthians poderia em tese jogar com Gabriel, Urso, Jesus, Pedrinho, Clayson e Love.

Isso tudo, claro, na cabeça do treinador.

Ele não vê nenhum outro jogador do elenco com as características de Jadson. Talvez Vital possa fazer isso no futuro, mas hoje seria difícil essa possibilidade. De novo, segundo Carille:

“Ali vai ser a qualidade técnica, vai ser o momento. Gostei da partida do Mateus Vital também, do Carlos, todos ali. A hora que precisar vão estar prontos para jogar e até mesmo em certo momento virarem titulares da equipe.”

Seguindo no pensamento de traduzir a fala do técnico, para Carille ainda não é o momento de Vital titular.

Ele deve seguir com esse esquema sem um “camisa 10” em campo, até (e se) Jadson melhorar fisicamente.

Até lá, na cabeça do Carille, Matheus Jesus pode ganhar a vaga de Sornoza na equipe.

Veja mais em: Sornoza, Matheus Jesus e Fábio Carille.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?