Andrés Sanchez colocou o dedo na ferida

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Andrés Sanchez colocou o dedo na ferida

Coluna do Marco Bello

Opinião de Marco Bello

67 mil visualizações 92 comentários Comunicar erro

Andrés Sanchez colocou o dedo na ferida

Andrés Sanchez concedeu entrevista antes do jogo em Porto Alegre

Foto: Rodrigo Gazzanel /Agência Corinthians

A entrevista do presidente Andrés Sanchez em Porto Alegre antes da partida do Corinthians contra o Grêmio viralizou nas redes sociais e em grupos de WhatsApp.

Mais pelo jeito – ríspido – com que o presidente do Timão tratou os repórteres do que pelo conteúdo em si.

Mas boa parte das respostas, se avaliadas friamente e sem o contexto polêmico do estilo já característico do mandatário corinthiano, estão corretas.

Andrés reparte a culpa pelo excesso de jogos, pelo calendário da CBF e pelos demais problemas logísticos do futebol brasileiro com todo o mundo futebolístico – clubes, CBF, imprensa e torcida.

É comum que sempre culpemos a outra parte. Nós nunca ou quase nunca estamos errados.

A própria imprensa adora culpar a CBF e os clubes pelos problemas do futebol brasileiro. Mas será que parte do problema não está na própria mídia? Claro que sim!

Somos resultadistas sim, como disse Andrés. É claro que aqui estou tomando o todo pela maioria. Como em tudo, há exceções.

Há uma nova forma de imprensa, e o lateral santista Victor Ferraz falou sobre isso também em uma entrevista nesta semana, que não tem muita responsabilidade com o que escreve.

Perfis de internet, páginas de Instagram, arrobas de Twitter hoje são tão formadores de opinião quanto um colunista de jornal. Estes influenciadores devem saber disso e cumprir certas regras do jornalismo.

Imparcialidade é a principal. Hoje isso é muito raro nestes espaços. Costumo dizer que o torcedor que quer apenas ler elogios ao clube que torce, pode ler o site oficial.

Quer fazer jornalismo sem ser jornalista? Ótimo, mas faça direito.

Há o problema dos direitos de transmissão, e isso é ainda mais grave. Hoje basicamente uma emissora tem os direitos de transmissão de todos os campeonatos nacionais: a Rede Globo.

Ela compra, ela paga, ela manda.

Por que as rádios, webrádios, sites, blogs, perfis, também não pagam? Eu sou completamente a favor que isso aconteça!

Quer estar no estádio, no treino, na zona mista, quer entrevistar jogador, vender patrocínio e lucrar com isso? Pague.

Mas o pagamento precisa ser proporcional ao alcance do veículo. E deverá haver contrapartidas a isso: entrevistas exclusivas, privilégios no dia-a-dia, conteúdo produzido pelo clube, horários maleáveis, etc.

Será que a Globo deixa?

E o que o torcedor tem a ver com isso? Simples. Sem o torcedor, não tem CBF, não tem clube e não tem futebol.

Precisa existir pressão para que se mudem as regras. Por exemplo, um clube deve ter o direito de vender um jogo como mandante para quem bem entender.

Para que você tenha uma ideia, o clube hoje é tão refém da televisão, que ele mesmo, clube, não pode filmar o próprio jogo e divulgar em tempo real.

Repito: o clube não tem o direito sobre o próprio jogo.

O torcedor pode comprar essa briga. A imprensa precisa comprar essa briga. Todos podemos e devemos nos responsabilizar pelo produto futebol. E não apenas culpar o outro.

Veja mais em: Andrés Sanchez.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Carlos

    Ranking: 167º

    Carlos 4007 comentários

    por @cal.gatto

    FALA MUUUUUITO... Mas fala VERDADES.. Hehehehe Vaaaaaaaaai Corinthians.

  • Foto do perfil de Marcos

    Ranking: 602º

    Marcos 1666 comentários

    por @garanha

    Andrés mandou muito bem! Através de ironias (a maioria dos brasileiros não entendem ironias), papo reto: quem paga leva!
    E concordo com o M. Bello: todos os órgãos de imprensa deveriam pagar, por pequena que fosse, uma taxa para acessar informações do clube, uma vez que eles cobram de seus patrocíninadores.

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de André

    Ranking: 4500º

    André 260 comentários

    115º. por @andre.galvao4

    Como um babaca como esse tal de Março Bello, é um otário que tá tentando derrubar o Carille, só o clube não vê que este setorista só planta mentiras, é baita de um merda você seu #[email protected]%

  • Foto do perfil de Paulo

    Ranking: 10345º

    Paulo 79 comentários

    114º. por @paulo.antunes2

    Vejo aqui do lado na tela do computador, na página do Meu Timão, no Fórum o seguinte: 'Temos um presidente neurótico, desmotivado e louco pra pular do barco.' Sim, acho que isso tem muita verdade, pelo menos as entrevistas deixam isso claro. Mas ele não precisa ser devidamente enquadrado, afinal enfiou o Clube, claro a mando do presidiário de Curitiba e do príncipe das empreiteiras o Odebrechet, em uma dívida impagável? Pular do barco, livre, leve e solto e sem dívidas é o manah!

  • Foto do perfil de Paulo

    Ranking: 10345º

    Paulo 79 comentários

    113º. por @paulo.antunes2

    Beleza, boas coisas comentadas sobre a entrevista do Andrès! Tudo certo quanto à TV Pagar, mas o que não entendo é não ter jogos do Timão mais nas quartas e domingos sendo transmitidos. Diz um amigo que é por causa do Pay per view. Que Corinthians e Flamengo estão mesmo fora dos jogos para alavancar a TV fechada e que com as cotas desse negócio os clubes estão remunerados e satisfeitos. Não sei se é tão simples assim, pois a NAÇÃO dos dois clubes não dispõe de recursos para comprar todos os jogos e assistir de camarote. Sabe explicar?

  • Foto do perfil de Junior

    Ranking: 6º

    Junior 31372 comentários

    112º. por @junior.peres4

    Andrés some do Timão

  • Foto do perfil de Wellington

    Wellington 24 comentários

    111º. por @wellington.eto

    Na minha opinião todos as rádios, canais de TV tinham que ter direito de transmissão dos campeonatos nacionais!

  • Foto do perfil de Valdir

    Ranking: 9274º

    Valdir 94 comentários

    110º. por @valdir.bimonte

    Eu não sei porquê perdem tempo em entrevistar esse arrogante e mentiroso o Corinthians está nessa merda graças a ele é o Lula aliás era para estar na mesma cela

  • Foto do perfil de Marcio

    Marcio 48 comentários

    109º. por @marcio.da.silva11

    Vamos lá!
    Acho válido o que nosso presidente falou, só que vou um pouco além, no nosso futebol quem manda na verdade são os empresários e a rede globo, mas isto só acontece porque tem a conivência dos clubes.
    Pois se os clubes freassem as interferências dos empresários e da rede globo(que os clubes chamam de mal necessário) acredito eu que nosso futebol de clubes estariam melhores, mas acredito também que isto seria melhor feito se os próprios jogadores não fossem tão mercenários.
    Eu na minha lúdica imaginação acredito que se os jogadores de ponta batessem o pé para ficar em nosso país, acho que as coisas seriam melhores para o lado do nosso futebol, pois creio eu que: os patrocínios seriam melhores, as vendas de produtos seriam melhores, as transmissões seriam melhores, enfim, acho que tudo seria diferente.
    Mas como mencionei acima, na minha lúdica imaginação...

  • Foto do perfil de roberto silvas

    Roberto 3 comentários

    108º. por @roberto.silvas

    Abre uma conta na caixa economica e nos juntamos para pagar o estádio!

  • Foto do perfil de Felipe

    Felipe 23 comentários

    107º. por @felipe.varella1

    Triste de ver torcedor cair nessas lorota que esse marginal diz, cadê o nosso dinheiro, temos 100 jogadores na folha salarial, cheio de maracutaia e ninguém vê, quem denuncia eles calam, compram até torcida organizada traduzindo futebol já era, não duvido nada ele usar o Corinthians para fins políticos.

  • Foto do perfil de Igor

    Ranking: 2294º

    Igor 554 comentários

    106º. por @igor.rykovski

    Só a famosa cortina de fumaça do Andrés.

    Especialidade da casa.

    Como a corrupção nesse país é muito mais premiada do que punida, clubes e CBF nunca serão geridos de maneira séria e idônea.

    Enquanto for essa feira do jeitinho brasileiro + custo Brasil, nunca teremos uma liga forte, nem o melhor futebol do mundo de novo.

    Essa é a verdade.