Jadson na China: decisão já foi tomada

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Jadson: decisão já foi tomada

Coluna do Marco Bello

Opinião de Marco Bello

207 mil visualizações 579 comentários Comunicar erro

Jadson: decisão já foi tomada

Jadson já avisou que vai aceitar a oferta chinesa

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

O meia Jadson já avisou amigos e parentes que aceitará a proposta chinesa do Tianjin Quanjian para atuar na segunda divisão do futebol local em 2016 e 2017.

A oferta tentadora de mais de um milhão de reais mensais seduziu o atleta.

Jadson ainda vai ganhar boa parte dos cinco milhões de euros que serão pagos pelos seus direitos econômicos. Apenas 30% pertencem ao Corinthians, enquanto o jogador e seus empresários dividirão cerca de 15 milhões de reais na negociação.

Quem conversou com o jogador nesta semana ouviu que este será 'o último grande contrato' da carreira do atleta de 32 anos que já atuou por Atlético PR, Shakhtar Donetsk e São Paulo antes de defender o Corinthians.

A esposa de Jadson está inclusive preparando a mudança da família para o país asiático.

E uma pessoa envolvida na negociação disse que apenas uma situação poderia ter segurado Jadson no Brasil: a Seleção. Caso o meia tivesse sido convocado pelo menos uma vez por Dunga nos últimos jogos, abriria mão do dinheiro chinês para defender o Brasil.

Como não foi convocado mesmo vivendo o melhor momento de sua carreira, o meia pensa que não perderá muito esportivamente indo para o fraco futebol do oriente. A avaliação é que ele já construiu uma carreira vencedora nos clubes pelos quais passou.

O Corinthians ainda não admite ter recebido a proposta, mas ela já está desde a última quinta-feira nas mãos do presidente do Timão.

Não há muito o que fazer, já que os chineses pagarão o valor da multa contratual.

A decisão só cabe ao jogador, e ela já foi tomada.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?