Jonathan Cafu: um gol que pode custar R$ 2 milhões ao Corinthians

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Jonathan Cafu: um gol que pode custar R$ 2 milhões ao Corinthians

Coluna do Marco Bello

Análise de Marco Bello

61 mil visualizações 288 comentários Comunicar erro

Jonathan Cafu: um gol que pode custar R$ 2 milhões ao Corinthians

Cafú assinou contrato até dezembro de 2023

Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Antes de propriamente começar este texto, gostaria de salientar que ele não é contra o jogador de futebol. O atleta não é culpado por um contrato mal feito. Dirigentes e empresários conversam, chegam a um acordo, e muitas vezes o jogador só aparece na hora de assinar.

Dito isto, vamos aos números. Jonathan Cafu disse na entrevista de apresentação no Corinthians que abriu mão de metade de seu salário para atuar pelo clube.

Pois bem, o salário do jogador na Arábia se aproximava dos 100 mil euros, portanto deve ganhar 50 mil euros no Brasil. Não costumo abrir salário de jogadores de futebol, embora saiba muitas vezes de jogadores que ganham mais do que merecem, exatamente pelo motivo do primeiro parágrafo.

Mas como o próprio jogador falou sobre isso, vamos lá: 50 mil euros corresponde a mais ou menos R$300 mil. O jogador assinou contrato até dezembro de 2023. São 36 meses, mais três décimos terceiros, mais dois meses deste ano. No total, 12 milhões e 300 mil reais.

Sempre segundo o site especializado Transfermarket, pela Pela Ponte Preta o atacante entrou em campo 32 vezes e marcou seis gols. Média de 0,18 gols por jogo.

Pelo São Paulo, três jogos e apenas um gol marcado.

Foi então vendido ao futebol europeu, onde atuou pelo Ludogoretz da Bulgária e viveu sua melhor fase. Foram 75 jogos e 22 gols. Média de 0,29 gols por jogo.

Negociado com o Bourdeaux da França, entrou em campo 24 vezes e marcou dois gols.

Emprestado ao Estrela Vermelha da Sérvia, foram nove partidas e dois gols.

Por último, foi emprestado ao Al Hazem da Arábia Saudita. Mais 13 partidas e dois gols marcados.

No total, o jogador entrou em campo desde 2014 em 158 oportunidades e marcou 36 gols.

Em três anos de contrato, portanto, pegando a média total da carreira, teríamos 18 gols em um cenário bastante positivo. Dividindo o total que será pago ao atleta por este número de gols, seriam R$ 700 mil por gol marcado.

Pior cenário se considerarmos os últimos três anos da carreira do atleta. Foram apenas seis gols marcados. R$ 2 milhões e 50 mil por gol marcado.

Do fundo do coração, esperamos todos que Cafu, que se disse corinthiano desde a infância, dê a volta por cima e aos 29 anos de idade vire o artilheiro que todos esperam. Que cada real apostado no atleta valha a pena e que muitos títulos sejam conquistados por ele.

Que o futuro seja bem diferente do passado recente.

Veja mais em: Jonathan Cafu.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?

x