Apesar de reviravoltas, presidente garante permanência de Pablo no Corinthians

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Apesar de reviravoltas, presidente garante permanência de Pablo no Corinthians

Coluna do Marco Bello

Opinião de Marco Bello

6.5 mil visualizações 83 comentários Comunicar erro

Apesar de reviravoltas, presidente garante permanência de Pablo no Corinthians

Pablo se recupera de lesão e deve voltar ao time nas próximas semanas

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, garantiu a pessoa próximas que Pablo será jogador do clube em definitivo.

As bravatas do empresário Fernando César, que representa o atleta, não caíram bem na diretoria do Timão e fizeram com que os rumos da negociação, que já era dada como certa, tivessem algumas mudanças.

O empresário, como explicado aqui neste espaço, não concordou com a forma de pagamento de sua comissão. E utilizava como carta na manga o exíguo tempo e a pressão do Bordeaux, da França, para que o negócio acontecesse o mais rápido possível.

A diretoria do Corinthians mostrou inteligência e estendeu este prazo do empréstimo do zagueiro até a metade do ano que vem. Fazendo assim, tirou a faca da mão do empresário e ganhou tempo para negociar.

As condições continuam exatamente as mesmas. Três pagamentos de 400 mil euros para o Bordeaux, pela compra do atleta, com o primeiro pagamento em abril de 2018.

Luvas em 54 vezes, pelo tempo do contrato, até o final de 2021. E comissão do empresário também parcelada.

Com muitos problemas financeiros e recusando propostas por diversos jogadores (o que poderia aliviar o caixa), a diretoria mostra perspicácia para não cair em ciladas de empresários e ainda garantir a permanência em definitivo de um dos principais atletas do atual elenco.

Veja mais em: Pablo e Roberto de Andrade.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?