Cavalo de Troia

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Cavalo de Troia

Coluna do Marco Bello

Opinião de Marco Bello

6.3 mil visualizações 55 comentários Comunicar erro

Cavalo de Troia

Cristian será emprestado ao Grêmio até o final do ano

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Homero, poeta grego autor das tragédias Ilíada e Odisseia, apresentou ao mundo a ideia do “Cavalo de Troia”, ao falar a respeito da guerra que aconteceu entre 1300 e 1200 aC. A Guerra de Troia envolveu paixões, traições, amizade, coragem, e outros elementos inesquecíveis que a tornaram única e lendária.

Mas, ficou mesmo marcada para a história pela forma como a cidade de Troia foi finalmente conquistada pelos gregos.

A cidade era considerada impenetrável, e tinha altos muros construídos na fronteira. Os gregos então construíram um enorme cavalo de madeira e colocaram na porta de Troia, simulando então uma retirada.

O que os troianos não sabiam era que dentro do cavalo havia dezenas de soldados gregos escondidos. Quando a porta se abriu e o cavalo foi colocado para dentro, os guerreiros gregos saíram de dentro dele e facilitaram a entrada do exército que então ocupou a cidade.

Quase 2.500 anos depois, a expressão “Cavalo de Troia” ainda é utilizada em diversas formas.

Estou falando tudo isso porque essa imagem do Cavalo de Troia me veio à cabeça quando soube da notícia do empréstimo do volante Cristian pelo Corinthians ao Grêmio até o final do ano.

Jogador encostado no elenco do Timão, o experiente atleta não entrou em campo sequer uma vez em 2017. Com um salário em torno de 450 mil reais, o volante de 34 anos tem contrato até dezembro agora com o clube de Parque São Jorge.

Mais quatro meses. Para quem já cumpriu mais de dois anos e meio de contrato, o que custaria esperar mais quatro meses?

Mas o Corinthians não teve nenhum receio de emprestar Cristian justo ao rival que está disputando o título do Campeonato Brasileiro deste ano. Vai economizar cerca de R$200 mil por mês. Ok. Mas não acredito ter sido este o principal motivo do empréstimo com tamanha boa vontade.

A verdade é que o Corinthians não acredita mais em Cristian.

Nas vezes em que esteve em campo, e em tantas outras vezes em que treinou com os companheiros, a comissão técnica percebeu que o jogador “passou do ponto”. Já não consegue mais atuar em alto nível, nem ser competitivo.

O Corinthians não abriria mão se não tivesse certeza disso. Principalmente para o principal rival do ano.

Foi um verdadeiro Cavalo de Troia.

Veja mais em: Cristian.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?