Imagina como seria se você tivesse Fábio Carille como seu chefe no trabalho

Mayara Munhoz

Editora do Meu Timão. Vive Corinthians 24 horas por dia.

ver detalhes

Imagina como seria se você tivesse Fábio Carille como seu chefe no trabalho

Coluna da Mayara Munhoz

Opinião de Mayara Munhoz

20 mil visualizações 228 comentários Comunicar erro

Imagina como seria se você tivesse Fábio Carille como seu chefe no trabalho

Carille vem dando declarações desnecessárias em suas coletivas

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Acredito que a maioria aqui, independente de gostar ou não do Carille, tem o seu próprio trabalho. Temos as nossas rotinas, escalas, salários e atribuições. Vivemos a nossa vida, além de torcer (e passar nervoso) com o Corinthians.

Imagina, então, se você tivesse um chefe como Fábio Carille. Um superior que ao ver o trabalho dar errado encontre culpados em todos os cantos, menos nele mesmo. Um superior que prefira jogar a responsabilidade nas costas dos mais jovens a tentar entender o erro como um todo.

Imagina, então, se você está se esforçando ao máximo para aproveitar as poucas oportunidades que tem de demonstrar o seu potencial e o seu chefe diz que o que falta são pessoas que não estão ali no seu trabalho. Pessoas que estão na concorrência.

Imagina, então, você inicia um projeto com seu chefe elogiando todos, destacando o potencial e até chamando de "o melhor com que já trabalhou". O desenrolar não dá certo e ele muda o discurso, passa a criticar a expôr dizendo que faltam peças e equilíbrio.

Eu comecei a escrever essa coluna assim que o jogo contra o São Paulo terminou. Deixei para encerrar nessa segunda-feira até para dar tempo de pensar se não estava sendo dura demais com Carille após mais uma coletiva vergonhosa.

Na manhã dessa segunda-feira, então, nosso repórter Rodrigo Vessoni publicou uma matéria mostrando que o ambiente no Corinthians não é dos melhores justamente por conta das declarações de Carille.

A apuração mostra o que já me parecia óbvio e o que tinha motivado essa coluna: não é confortável trabalhar em um ambiente comandado por alguém que não assume os próprios erros e prefere fazer declarações desse tipo.

Como que o treinador pode dizer que o elenco não tem jogadores que pisam na área e que, por isso, Boselli, que sempre foi artilheiro onde passou, não consegue jogar. Pior ainda, como pode citar outro nomes que estão em outros clubes. Imagina o cara que tá ali, que sabe que faz o trabalho, vendo seu chefe citar quem ele acha que faz melhor.

“Rodriguinho em 12 jogos no Cruzeiro fez oito gols, cara que incomoda, Roger Guedes, que não estava jogando na China, jogadores agressivos. Nossos jogadores são todos de armação, poucos pisam na área, estou achando que isso vai também da característica e perfil".

Eu nem vou entrar no mérito de ficar debatendo ponto a ponto de tudo que considero errado. Mas, vamos falar apenas do pisar na área, então. vamos falar de Pedrinho. O jovem vem sendo constantemente convocado para a Seleção Olímpica. Lá, com Jardine como técnico, ele joga centralizado - posição que sempre deixou claro que prefere jogar. Na Seleção, Pedrinho faz gol, dá assistências e ainda tem tempo de sobra para mostrar suas habilidades distribuindo dribles.

É claro que um treinador é quem sabe melhor sobre o seu time e sobre suas peças. Jornalistas e torcedores só podem fazer uma análise do que pensam e acreditam. Por isso, minha análise aqui não é sobre o que Carille faz com o elenco dentro de campo e como o Corinthians tem jogado mal.

O meu ponto é com o ambiente que o treinador está criando dentro do CT. Não sei se ele acha que porque o presidente do clube é o rei da ironização em entrevistas, ele pode sair fazendo o mesmo. Pode até ser. Mas o que sei é que tudo que é dito por Carille na frente das câmeras reflete dentro do grupo.

Quer exemplo melhor que Vital? O jogador vinha em alta, titular e fazendo ótimos jogos. Foi apontado como o culpado na Sul-Americana, em uma partida que, para mim, foi um dos poucos que se salvou, e o desempenho caiu. Isso é um reflexo natural da situação criada pelo treinador.

O próprio Carille, aliás, falou na coletiva após a derrota de ontem que alguns jogadores estão sem confiança e que precisam retomar. Será que o treinador não pensa que parte da confiança do grupo pode ser minada quando ele despeja críticas sobre o elenco?

Se o time está jogando mal, a culpa é de todos. Do treinador e dos jogadores.
Se o time não está fazendo gols, a culpa é de todos. Do treinador e dos jogadores.
Se o time caiu fora da Sul-Americana, a culpa é de todos. Do treinador e dos jogadores.
Afinal, é um trabalho feito em conjunto. Ninguém entrou sozinho dentro do campo, jogou os 90 minutos e fez o que queria fazer. Foi todo um trabalho em conjunto.

E é bonito comemorar títulos, quebrar recordes e se destacar. Mas também é bonito assumir erros e trabalhar junto para dar a volta por cima.

O ano está acabando, o título do Brasileiro já é algo que podemos descartar e a briga pela Libertadores está ficando mais complicada.

Agora é a hora de fechar o grupo, reunir forças e dar a volta por cima.

Agora é a hora do treinador se unir ao elenco, assumir seus erros e manter a postura que um chefe tem que ter.

Veja mais em: Fábio Carille.

Coluna da Mayara Munhoz

Por Mayara Munhoz

Editora do Meu Timão. Acompanha tudo que acontece no Corinthians, 24 horas por dia, há mais de dois anos e meio. Escreve mais com o coração do que com a razão.

O que você achou do post da Mayara Munhoz?

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Fabio Augusto

    Ranking: 12048º

    Fabio 64 comentários

    por @fabio.augusto43

    Um treinador que não sabe aproveitar as próprias contratações que pediu não pode ser técnico do Corinthians.

  • Foto do perfil de Roberto

    Ranking: 7265º

    Roberto 139 comentários

    por @rloko

    Para esse técnico elenco, ficou comum empatar ou perder, e isso é preocupante!

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Gilcimar

    Ranking: 3017º

    Gilcimar 426 comentários

    280º. por @gilcimar.carmo

    Concordo com o texto, mas faço algumas ressalvas.
    O Carille deveria sim assumir a sua parte de culpa. Mas não só ele, os jogadores também.
    Não acho o Carille técnico ruim porém ele se perdeu este ano.
    Assim como ter o Carille como chefe, vamos imaginar o Andrés como chefe, que criticou a forma de treinamento, disse que o Flamengo ia golear, que trata o Corinthians como dono e faz coisas obscuras, não acha que algumas declarações dele minaram a confiança do Carille?
    Não é uma defesa do trabalho ruim do Carille, mas mudar de técnico agora, pensou eu, só piora as coisas, tivemos exemplos por aí.
    Já falam em trazer um técnico português muito por causa do Jorge jesus, mas vai dar elenco igual ao do Flamengo para o cara trabalhar?
    O jogar jesus com Avelar, Clayson faria o mesmo trabalho que faz no Flamengo?
    Carille precisa de refletir e achar a humildade depois trabalhara.
    Monta esquema com a característica do que tem e vai Corinthians

  • Foto do perfil de Maykon

    Ranking: 1684º

    Maykon 750 comentários

    279º. por @mayk0n

    Eu ia ganha muitas advertências.

  • Foto do perfil de Jhonatan H S

    Jhonatan 16 comentários

    278º. por @jhonatan.h.s

    Kkk vocês jornalista que quer derrubar o Carille...ele tem seu estilo e não vai ganhar tudo...mas dentro das possibilidades ele é ótimo e vocês só qrem ibope...deixa ele trabalhar...cade a tal de sequencia no trabalho, as diretorias que não dão tempo? Culpa de vocês jornalista que qrem notícia em cima dos outros...carille é bom...tem que ter continuidade...e vamos apoiar ele...

  • Foto do perfil de Ricardo

    Ranking: 657º

    Ricardo 1586 comentários

    277º. por @hellblazer

    Sempre faço essa comparação entre Carille e os chefes que tive. Quantos Claysons vi pegando promoções e até vantagens indevidas enquanto eu, que trabalhava, era perseguido, assediado, criticado. Com o tempo, perdi a confiança, a motivação e já não rendia.
    Sabe aquele colega vagabundo ou incompetente que tem padrinhos e se dá bem por isso? Esse é o Clayson, é o Avelar, o Caique França...
    Muita gente achou normal alegando que o jogador foi tirar passaporte e não foi pra florida cup por isso foi bem feito, mas aquele episódio com o Vidotto me doeu. Era como se estivesse acontecendo comigo. O cara chegou no Corinthians ainda criança. Sempre se destacou. Várias convocações. Trabalhou, esperou mas quando Walter e Cássio não puderam jogar o que o chefe Carille fez? Colocou o Caique França que tinha como padrinho o principal vilão do Corinthians hoje, o Garcia. Sendo que Caique não tinha o tempo, a experiência e a qualidade do Vidotto. E é isso que está acontecendo no Corinthians. O chefe Carille vive de beneficiar uns e perseguir outros.

  • Foto do perfil de Anderson

    Ranking: 849º

    Anderson 1309 comentários

    276º. por @anderson.luiz.moreir

    RESPONDENDO AO TÍTULO DA MATÉRIA... EU já TINHA MANDADO ELE TOMAR NO C..U

  • Foto do perfil de Felix

    Ranking: 626º

    Felix 1645 comentários

    275º. por @silva.felix

    Respondendo ao Título do debate, ter o Fábio Carille como chefe creio que deve ser bom, sempre se mostrou bem transparente, tranquilo e sincero, principalmente em 2017, aquele Carille eu queria como chefe, hoje não gostaria, mas não vejo grandes problemas com o Carille, em 2017 o chefe dele era o Roberto de Andrade, mesmo o lazarento não merecendo se tornou campeão paulista e Br nas costas do Carille, hoje o chefe do Carille é o Andrés, parece aquele chefe recém chegado que a vida toda tem seus comandados, sua panelinha, quando entra numa firma com o cargo de chefia faz questão de mudar tudo o colocar seus compadres, o Carille é a pedra no sapato de Andrés, a saída do Carille mostrou pra todo mundo que o Andrés estava errado em deixar-lo ir embora, porém o Andrés o contratou novamente para acabar com a carreira dele, o Carille voltou para mostrar novamente que o Andrés estava errado, porém ele se esqueceu que o Andrés é o seu chefe e tem muito mais poder para desgraça-lo.

  • Foto do perfil de Junior

    Ranking: 6º

    Junior 32257 comentários

    274º. por @junior.peres4

    Fala muita

  • Foto do perfil de Lucas

    Ranking: 119º

    Lucas 5206 comentários

    273º. por @lucat

    O Pedrinho e o vital chutam bastante quabdo tem espaço, o Clayson não pisa na área, mas ai o Everaldo qyd pisa foi reserva, o Janderson pisa agressivamente com tentativas, mas é reserva. O regis já fez gol de cabeça entrando no segundo pau, mas nem joga e ainda jogou no meio lugar que Pedrinho poderia jogar. Só reclama, o cara poderia estar fazendo um trabalho nuito melhor com o qur tem em mãos

  • Foto do perfil de Coringão

    Ranking: 928º

    Coringão 1218 comentários

    272º. por @vai.corinthians14

    VEM KLOPP para o CORINTHIANS KKKKKKKKKKK

  • Foto do perfil de Henrique

    Ranking: 2771º

    Henrique 465 comentários

    271º. por @henrique.prainha.net

    Ele é tipo um gerente.. Não é dono mais manda que nem loco...
    Mais se contratou mostrando no currículo que é uma coisa, se põe em outra e não tá rendendo é porque o erro não é do funcionário né