Está na hora da melhor competição nacional

Rafael Bianco

Rafael Bianco é estudante de jornalismo na Cásper Líbero e apaixonado pelo Corinthians. Com paixão herdada pela família, acompanha o dia a dia do clube em busca de informações e números do Timão.

ver detalhes

Está na hora da melhor competição nacional

Coluna do Rafael Bianco

Opinião de Rafael Bianco

2.9 mil visualizações 44 comentários Comunicar erro

Está na hora da melhor competição nacional

O Brasileirão começa neste sábado e promete uma grande disputa

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O papo de qual formato de campeonato é melhor está sempre na mesa. Mata mata oferece uma competição mais imprevisível, possivelmente mais emocionante. É por isso que os principais campeonatos do mundo, como Libertadores e a Liga dos Campeões, são jogados com a sua fase final neste formato.

Na minha opinião ainda, uma competição mista, com pontos corridos e mata mata no final é o mais legal. Os famosos playoffs, mas não nesse estilo do que temos no futebol atualmente, e sim baseado em competições americanas, como a própria MLS, ou NBA e NFL, acabam trazendo um nível de disputa e emoção únicos.

O Campeonato Brasileiro, que começa neste sábado, no entanto, é inteiramente disputado em pontos corridos. E isso não é ruim. Na verdade acaba deixando toda a disputa bem interessante e emocionante - pelo menos no começo.

Alguém arrisca dizer quem é o favorito isolado do Brasileirão? Mesmo com um claro nível mais baixo do que as competições europeias, o nosso campeonato nacional é o único em que é impossível apontar apenas dois ou três candidatos ao título.

Somente neste ano, Corinthians, Cruzeiro, Grêmio, Flamengo e Palmeiras são todos nomes que figuram no topo, mas outras equipes também correm por fora e com grandes chances, como é o caso de Internacional, São Paulo e Santos.

O fato é que o campeonato acaba sendo muito nivelado, mas infelizmente, por certo desprezo das equipes, que preferem focar nas outras competições - com justiça, por conta de premiações e até mesmo importância - o nosso Brasileirão acaba tendo o nível um pouco mais baixo.

E no final de contas, acaba levando quem tem um planejamento mais interessante e também um elenco encorpado para disputar todos os 38 jogos, em um calendário que beira o desumano.

Mesmo assim, espero ver uma grande disputa este ano, com o Corinthians com grandes chances de levantar o octa campeonato.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro.

Coluna do Rafael Bianco

Por Rafael Bianco

Rafael Bianco é estudante de jornalismo na Cásper Líbero e apaixonado pelo Corinthians. Com paixão herdada pela família, acompanha o dia-a-dia do clube em busca de informações e números do Timão.

O que você achou do post do Rafael Bianco?