Carta aberta às nossas Campeãs

Roberto Gomes Zanin

Jornalista, diretor da RZ Assessoria, Bicampeão do mundo. Não sou ligado a nenhuma corrente política do clube. Quero apenas o melhor para o Timão. Discorde à vontade, mas com o respeito aos irmãos

ver detalhes

Carta aberta às Nossas Campeãs

1.6 mil visualizações 24 comentários Comunicar erro

Carta aberta às Nossas Campeãs

Isso é Corinthians!

Foto: Danilo Fernandes/ Meu Timão

Queridas Guerreiras da Fiel:

Quando nossos fundadores deram início à nossa saga, sequer imaginavam que nosso manto seria vestido por mulheres.

Afinal, em 1910, era inimaginável que as damas fizessem a maioria das coisas que os homens fazem, muito menos jogar futebol, esporte mais violento à época, do que é hoje.

Mas saibam que Joaquim Ambrósio, Antônio Pereira, Rafael Perrone, Anselmo Correa e Carlos Silva, estão, na eternidade, muito orgulhosos de vocês.

A foto da Vic Albuquerque comemorando o golaço que havia desenhado, resume o que vocês são. Sorriso na boca, choro no olhar, raça nas veias saltadas. A legenda, que ponho na foto: “Isso é Corinthians!

Vê-las em ação contra o SPFC foi uma Epifania.

Que coisa mais linda, mais cheia de graça!

Vocês jogam muito!

Não vou citar ninguém individualmente, pois a união desse grupo, primeiro fato digno de nota, me obriga a dar nota 10 para todas e cada uma de vocês. Vibrantes, vocês foram CORINTHIANS em campo!

Acariciadas pela Fiel, doaram até a última gota de suor ao Timão.

Mas não foi só transpiração. Foi também inspiração!

Vocês foram perfeitas taticamente (deem os Parabéns ao Arthur Elias). Inevitável comparar esse time ofensivo, audacioso, técnico, inteligente e objetivo, com o bando Carilliano defensivo, medroso, inofensivo.

Jogam por música e chamam o adversário para dançar.

A humildade lhes impede de ver isso, mas vocês sinalizaram até como deveria jogar a seleção de Tite. E mostraram como deve jogar o Corinthians. Para nossa sorte, a filosofia de jogo de Tiago Nunes é semelhante a de vocês. 2020 promete!

Garotas, obrigado por ter nos lembrado que o Corinthians é eterno.

Por homens ou mulheres, sempre seremos grandes no gramado!

Respeita as Minas!

Veja mais em: Corinthians feminino.

Coluna do Roberto Gomes Zanin

Por Roberto Gomes Zanin

Jornalista, diretor da RZ Assessoria de imprensa, bicampeão do mundo. Não sou ligado a nenhuma corrente política do clube. Quero apenas o melhor para o Timão. Discorde à vontade, mas com o respeito.

O que você achou do post do Roberto Zanin?