Direto da base, veja quem são os reforços que o Corinthians já tem para 2021

Tomás Rosolino

Tomás Rosolino é jornalista faz um tempo. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, ex-Agora SP e Gazeta Esportiva. Hoje no Meu Timão. Vejo muito esporte, todo dia, o dia todo.

ver detalhes

Direto da base, veja quem são os reforços que o Corinthians já tem para 2021

Coluna do Tomás Rosolino

Opinião de Tomás Rosolino

22 mil visualizações 53 comentários Comunicar erro

Direto da base, veja quem são os reforços que o Corinthians já tem para 2021

Reginaldo no empate com o Atlético-MG pelo Brasileiro Sub-20

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O Corinthians não tem grande orçamento para a temporada 2021 e já encaixou uma boa equipe em 2020. Com a devida necessidade de renovar os contratos de Jemerson, Otero e Cazares, prioridade da diretoria, eu considero que o Timão já tem pelo menos três reforços claros vindos da base para utilizar a partir do Campeonato Paulista.

Levando em consideração o recorte de jogadores com potencial para subir já ao profissional e a necessidade do elenco, destaco aqui o trio que, para mim, tem que estar desde ontem - ou, especificamente, amanhã - no time de cima.

O primeiro e que mais me impressionou é o lateral esquerdo Reginaldo. Contratado neste ano depois de atuar alguns jogos pelo profissional do ABC, tem um entendimento tático do jogo acima da média, atuando como terceiro zagueiro, lateral construtor ou até um ala que vai à linha de fundo.

Guardadas as devidas proporções, lembra o Fábio Santos na maneira de atuar e dificilmente complica a jogada. Gostaria muito de vê-lo encarando embates individuais com adversários do profissional, que vão exigir intensidade e capacidade física, mas me parece um diamante bruto a ser trabalhado.

Além do Reginaldo, me parece claro que o ponta direita Adson também tem de subir e ser aproveitado no time de cima. É rápido, tem bom controle de bola e drible, precisando passar pela transformação física que só o profissional vai trabalhar. Outro diamante bruto em um setor no qual o Corinthians não está totalmente estabelecido.

Fechando o trio, acredito que o centroavante Cauê é a opçã mais óbvia do momento. Não o vejo com tanta capacidade como os outros dois, mas é mais novo e tem potencial a ser trabalhado, principalmente no posicionamento para aparecer mais vezes frente a frente com o goleiro.

Quero vê-lo encarando zagueiros mais forte, linhas mais compactas e goleiros de maior capacidade, talvez a maior diferença entre base e profissional que um centroavante vai sentir.

Veja mais em: Base do Corinthians.

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião do Meu Timão.

Coluna do Tomás Rosolino

Por Tomás Rosolino

Tomás Rosolino é jornalista faz um tempo. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, ex-Agora SP e Gazeta Esportiva. Hoje no Meu Timão. Vejo muito esporte, todo dia, o dia todo.

O que você achou do post do Tomás Rosolino?