Ausência de Ralf 'abre portas' para Gabriel no Corinthians

Vitor Chicarolli

Jornalista formado pela Universidade Anhembi Morumbi, tem 22 anos e trabalhou no Diário Lance!. Atualmente, setorista do clube de coração. Com o Corinthians em qualquer lugar.

ver detalhes

Ausência de Ralf 'abre portas' para Gabriel no Corinthians

Coluna do Vitor Chicarolli

Opinião de Vitor Chicarolli

3.7 mil visualizações 47 comentários Comunicar erro

Ausência de Ralf 'abre portas' para Gabriel no Corinthians

Após lesão de Ralf, Gabriel assumiu a titularidade da equipe do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Desde que retornou do futebol chinês, no início da temporada passada, o volante Ralf assume a condição de titular absoluto da equipe do Corinthians.

Antes disso, a vaga era ocupada por Gabriel, que teve ótimo desempenho em 2017 e foi um dos pilares do time alvinegro que conquistou o Campeonato Paulista e o Brasileirão naquele ano.

O camisa 15, no entanto, teve uma lesão diagnosticada na coxa direita no último dia 19 e fica fora de combate por mais duas semanas. A ausência do jogador, porém, voltou a abrir portas para Gabriel no Parque São Jorge.

Com a missão de corresponder à altura a lacuna deixada por Ralf, Gabriel apresentou ótima mobilidade e uma saída de bola qualificada, que oferece ao Timão um repertório diferente dos demais.

Algo que não garante sua titularidade até o fim da temporada, mas mostra ao treinador que pode ser uma boa opção para deixar a equipe mais ofensiva e também com controle de bola maior no meio de campo.

Há de se lembrar que Gabriel passou por uma grave lesão na perna direita, em fevereiro, que o afastou da maioria dos jogos do Corinthians nesta temporada - foram apenas quatro partidas oficiais disputadas.

A condição de titular absoluto divide a Fiel quando o assunto é Ralf e Gabriel. Na opinião deste que vos escreve, são estilos de jogos diferentes, que podem ser usados em ocasiões distintas.

Por conta do forte poder defensivo do Corinthians, acredito que não há necessidade de utilizar um volante marcador em jogos contra equipes inferiores, tanto na Arena, em Itaquera, quanto longe da capital paulista. Mas, em duelos com adversários qualificados, vejo que Ralf tem muito a agregar.

E para você, caro leitor do Meu Timão, quem deve assumir a titularidade no setor?

Veja mais em: Gabriel e Ralf.

Coluna do Vitor Chicarolli

Por Vitor Chicarolli

Jornalista formado pela Universidade Anhembi Morumbi, tem 22 anos e trabalhou no Diário Lance!. Atualmente, setorista do clube de coração. Com o Corinthians em qualquer lugar.

O que você achou do post do Vitor Chicarolli?