Comentário de Evandro em "Comentário de Wállison no Meu Timão"

Wállison. Só tem um detalhe que você não deve ter entendido em meu comentário. NR não é só estampar o nome da empresa na arena e receber o dinheiro. A empresa terá ingerência na Arena. Ex: Hiunday como dona do NR. Certamente não desejará que certas empresas, suas concorrentes, tenham seus nomes estampados em placas de propaganda, telões, lanchonetes etc. É só um exemplo. Então, para uma empresa ter esta ingerência na Arena, pra pagar apenas 20 % do valor da dívida da Arena..é pouco..Especialistas em marketing esportivo já alertam o Timão para isto. Não sou contra o NR. Acho um mal necessário, mas se é necessário, que seja bem pago, para compensar a associação Corinthians + empresa e as consequências comerciais. Caso contrário, é minha opinião, a fiel torcida, com sua fiel presença, como tem feito até agora, na história do Corinthians, paga este baixo valor que o clube exige e que as empresas ainda querem pagar bem menos.

em Página > Comentário de Wállison no Meu Timão

Em resposta ao comentário:

Sob o aspecto do marketing é interessante principalmente para a empresa. Porém, quem faz a oferta geralmente oferece maiores vantagens ao investidor. A questão do Naming Rights é mais que importante. É primordial para conseguirmos pagar a arena e termos dinheiro para investir no departamento de futebol ao final dos próximos 7 anos. Ainda mais porque os CIDs estão atrasados em sua venda. A arena foi planejada para se pagar. Se entrarem os 20 milhões de reais ao ano, fora os sectors rights e outras rendas da arena o Corinthians conseguirá quitar em prazo recorde, e ainda investir de forma comedida e pensada no departamento de futebol.

Responda o comentário do Evandro

  • 1000 caracteres restantes
x