Comentário de Coluna em "[Walter Falceta] A hora 18 em Itaquera"

Estive na Oeste Superior pela primeira vez e realmente como o Meira tinha dito aqui no Meu Timão o som chega diferente e desencontrado por lá, não é como como cantar das demais alas da Arena.

em Post > [Walter Falceta] A hora 18 em Itaquera

Em resposta ao comentário:

FALOU TUDO:
"Há 42.099 dos nossos, mas por vezes parece que o samba atravessa. Falta a sincronia da música, assim como variação em nossas modas melódicas. A Oeste pouco canta e, quando tenta, até desafina. Sem síndrome de vira-latas, mas os torcedores argentinos, hoje em dia, precisam ser vistos como referência do apoio integral, ruidoso e irritante para o adversário."

Responda o comentário do Coluna

  • 1000 caracteres restantes