Comentário de Rafic em "O grande erro na nova ação de marketing do..."

Concordo com a crítica à campanha: não apenas como católico, mas como corinthiano, foi vergonhoso. Mas discordo da insistência do autor em querer colar, hoje, uma vertente política ao Corinthians: não nego que tal ideologia tenha feito parte da história do clube, mas hoje, ainda mais com o Corinthians refém de uma dívida impagável, por puro partidarismo político, discordo de mantermos essa associação. É como se, por ser de uma ideologia contrária, eu não fosse um corinthiano digno de fazer parte do Corinthians (como o "corinthianista"do texto), apenas mais um "corintiano" (sem "h"mesmo).

em Post > O grande erro na nova ação de marketing do Corinthians

Responda o comentário do Rafic

  • 1000 caracteres restantes

Réplicas desse comentário

  • Foto do perfil de Thiago

    Thiago Sanchez 340 comentários

    1º. Thiago Sanchez em 19/02/2019 às 20h24

    Me sinto menos Corinthiano quando nosso presidente, tão amigo do ex presidente da república e tão partidário a uma ideologia política que eu, particularmente, discordo em 200%, como mero capricho político, na final contra o Cruzeiro "vende a brilhante democracia Corinthiana em nosso uniforme como tentativa de propaganda política para o partido que se esforçou em perpetuar-se no poder e nos transformar em república aonde o Estado seria detentor único de todos os meios de produção e a nação na extrema miséria.

x