Jornalista Mário Filho

Jornalista Mário Filho

Estádio Jornalista Mário Filho, mais conhecido como Maracanã, o popular Maraca ('semelhante a um chocalho' em tupi-guarani, devido ao som de pássaros que viviam por ali), é um estádio de futebol localizado no Rio de Janeiro e inaugurado em 1950, tendo sido utilizado na Copa do Mundo de Futebol daquele ano. Desde então, o Maracanã foi palco de grandes momentos do futebol brasileiro e mundial, como o milésimo gol de Pelé, finais do Campeonato Brasileiro, Carioca de Futebol, Taça Libertadores da América e do primeiro Campeonato Mundial de Clubes da FIFA, além de competições internacionais e partidas da Seleção Brasileira. Foi um dos locais de competição dos Jogos Pan-Americanos de 2007, recebendo o futebol, as cerimônias de abertura e de encerramento. Sediará o futebol e as cerimônias de abertura e encerramento dos Jogos Olímpicos de 2016, que serão realizados na cidade do Rio de Janeiro. É também o provável palco da partida final da Copa do Mundo FIFA de 2014.

O nome oficial do estádio, Mário Filho, foi dado em homenagem ao falecido jornalista carioca, irmão de Nelson Rodrigues, que se destacou no apoio à construção do Maracanã.

Já o nome popular é oriundo do rio Maracanã, que cruza a Tijuca passando por São Cristóvão, desaguando no Canal do Mangue antes do deságue na baía de Guanabara. Em tupi-guarani, a palavra Maracanã significa 'semelhante a um chocalho'. Devido à construção do estádio, foi criado o bairro do Maracanã, onde o estádio fica localizado, originalmente parte da Tijuca. Nesta área da cidade, existiam diversas aves, vindas da Região Norte do Brasil, conhecidas como Maracanã-guaçu.

As obras para a construção do estádio iniciaram-se em 2 de agosto de 1948, data do lançamento da pedra fundamental. Trabalharam na construção cerca de 1 500 homens, tendo se somado a estes mais 2 000 nos últimos meses de trabalho. Apesar de ter entrado em uso em 1950, as obras só ficaram completas em 1965.

Na Copa do Mundo de 1950, intenção principal para a construção do estádio, abrigou oito jogos da competição e onde ocorreu a primeira partida oficial do estádio, em 24 de junho, com vitória do Brasil sobre o México por 4 a 0, com dois gols de Ademir, um de Baltasar e outro de Jair Rosa Pinto.

A Seleção Brasileira disputou no Maracanã cinco partidas, de seis durante toda a Copa. Na partida final, foi registrado oficialmente o público recorde de 199.854 torcedores presentes (173.850 pagantes). Nesta decisão, o Brasil foi derrotado de virada por 2 a 1 para o Uruguai. A derrota em solo nacional ficou marcada na história do povo brasileiro, sendo conhecida popularmente como o Maracanazo.

Na década de 1970, o Maracanã presenciou um dos eventos mais importantes da sua história, conhecido como a invasão Corinthiana, quando a torcida corinthiana e dividiram as arquibancadas.

Depois de uma ampla reforma ocorrida em 1999, visando a realização do Mundial de Clubes FIFA de 2000 no Brasil, o estádio teve sua capacidade reduzida para 103.022 pessoas, pois foram instalados assentos individuais no anel superior. Por causa das mudanças, o estádio deixou de ser o maior estádio do mundo, sendo capaz de receber menos torcedores em relação ao Estádio Azteca, no México.

Durante o Mundial de Clubes, o Maracanã recebeu partidas do Grupo B, que contava com o brasileiro Vasco, o inglês Manchester United, o mexicano Necaxa e o australiano South Melbourne. Classificam-se para a final, que também seria no Maracanã, Vasco e, é claro, o Corinthians. Na final, após empate no tempo regulamentar por 0 a 0, o Corinthians sagrou-se campeão do mundo ao vencer por 4 a 3 nos pênaltis.

O Maracanã tem seu formato oval, medindo 317 metros em seu eixo maior e 279 metros no menor. Mede 32 metros de altura, o que corresponde a um prédio de seis andares, e a distância entre o espectador mais distante o centro do campo é de 126 metros. A cobertura protege parcialmente as arquibancadas em toda a sua circunferência. É na cobertura que se encontram os refletores que iluminam o estádio, que funcionam a vapor de mercúrio.

Desde 1962, a medida do gramado é de 110 por 75 metros. O fosso que separa o campo das cadeiras inferiores mede 3 metros de profundidade com bordas em desnível. O acesso ao gramado dá-se por meio de quatro túneis subterrâneos que começam nos vestiários. Existem cinco vestiários no estádio, sendo utilizados normalmente apenas três, um para cada time que disputa uma partida de futebol e outro para a arbitragem.
Os camarotes, localizados acima das arquibancadas, possuem visão ampla para o campo. Possuem vidros que separam fisicamente do setor abaixo e contam com bares, televisão e ar condicionado para seus freqüentadores. Normalmente, são alugados por grandes empresas que convidam seus sócios, funcionários e parceiros para assistirem aos eventos. O acesso ao local dá-se de automóvel, que sobe uma rampa feita especialmente para isto.

Antes das obras de modernização, o setor das arquibancadas, até 2000, não possuia cadeiras. Bem como o setor da geral, até 2005, localizado no nível inferior, onde os torcedores assistiam às partidas em pé. No nível inferior também existia o setor das cadeiras, única com assentos a preços populares. O atual setor das cadeiras especiais era denominado cadeiras numeradas e o valor de sua entrada era o mais caro.

Endereço

Av Maracanã, Rio de Janeiro, RJ, BR

Últimos jogos do Corinthians no estádio Maracanã

Mostrando 1 a 10 de 20 jogos

Quais jogos você já viu no Maracanã?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!