Análise tática para Corinthians x SPFW

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Wandeson #1.446 @wandesoncunha em 13/02/2015 às 12:31

1- Marcação sobre pressão.

A zaga da acadêmicos de Vila Sônia não tem boa saída de bola. Entretanto, os laterais tem bom passe. A marcação tem que ir em cima enquanto alguém tem que ir em cima do Souza. Forçar um passe rápido dos laterais sem o Souza como opção é sinônimo de rifada. A solução é Ganso vir buscar bola na defesa e isso é ligeiramente bom. Quanto mais longe ele estiver da nossa área, melhor.

2- Compactação e marcação individual

Se o Corinthians mantiver seu alto nível de compactação, o Michel Bastos será facilmente anulado pelo sistema defensivo. Convenhamos que o Michel tem sido o principal nome dos Bambis nesse início de temporada, e suas principais virtudes são os dribles em velocidade (sempre pra esquerda), chute fora da área e a infiltração. Como não é um jogador excepcional, apenas bom, o Corinthians deve, sem muito esforço, tirar seus espaços. Só pode aparecer em um lampejo de genialidade do Ganso. Aí onde entra a marcação individual. Jogadores como o PH não podem ser marcados por setor. Basta um vacilo do sistema defensivo, uma brecha, e ele deixa o atacante na cara do gol ou acerta um puta chute de fora da área como no ano passado. Coloca o Ralf em cima e arrebenta de vez a armação dos caras. Fabuloso ficará encaixotada no meio dos zagueiros. É preciso cuidar com a vertical dele pois nossa 'linha de impedimento' anda um tanto 'linha burra' ultimamente.

3-Dobradinhas pelas laterais

Os laterais do SPFW não são bons marcadores. Jogar no 'um-dois' seria fatal. Para isso podemos ter na direita uma dobradinha R.Augusto/Fágner e na esquerda Fábio Santos/Emerson. Jadson encosta para fazer a triangulação fazendo a opção pelo centro. Com o jogo pela laterais, a tendência é que a marcação abra pra ajudar os fracos laterais. E aí que entra o Elias. O bom seria no início ficar apenas distribuindo jogo até a defesa começar a abrir para reforçar as beiradas do campo. É nessa hora que o Elias sobre e infiltra para uma tabela com o Danilo/Love, ou até mesmo para os tiros de fora da área do Jadson.

4- Faltas próximas da área

Laterais que não sabem marcar costumam ser faltosos. Faltas laterais(mini escanteios) podem ser letais com o Felipe dentro da área. O moleque pode parecer inseguro na defesa, mas quando sobre para o ataque é um terror pra defesa. Sobre muito. Outro ponto interessante é que o Denílson, primeiro volante cor de rosa é muito violento. Algumas boas faltas frontais devem surgir. Jadson precisa estar com o pé calibrado.

Bom, é isso. Acredito que temos superioridade no talento e na tática. O jogo acaba se igualando um pouco por causa do peso de ser um clássico, mas lembremos que nós já estreamos e já estamos mais tranquilos. O São Paulo que terá o 'frio na barriga' da estreia. Precisamos atropelar nos primeiros 20min.

O que os amigos acham?

Vai Corinthians!

1.063 visualizações e 28 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Odirlei Piccin #2.671 @dirzaum em 13/02/2015 às 12:58

Com certeza o Prof. Tite já sabe de tudo isso e muito mais, ele estuda muito os adversários e joga em cima disso.

Adriano Campione #141 @rene.campeao em 13/02/2015 às 12:55

Achei uma análise boa. Mas vou por o que penso realmente, sobre esse jogo em específico.

1 - Libertadores é raça.

Times fracos já eliminaram times fortes simplesmente por jogarem com mais vontade e intensidade. Esse jogo é simplesmente esperado - pelo Corinthians - há mais de vinte anos

2 - O estilo Corinthians 2015, se firmado, será fortíssimo

Poucos sabem fazer essa troca de passes objetiva, visando o gol, no futebol mundial. O Tite quer, está treinando e firmando isso. Quarte tem de ser o dia de expressar esse estilo ao máximo. O SPFC não resistiria

3 - Concentração

Tite ressalta muito isso. Muricy não é covarde, mas não é burro. Não vai entrar pra perder. Sair com pontos da Arena Corinthians seria um feito. O Corinthians precisa estar com esse fator, concentração, assim como seu estilo de jogo, ligado no 'último' pra que o gol saia, não importa o momento. Tem que vencer. Se tomar gol, tem que virar. Se tomar gol de empate, tem que fazer o gol da vitória. A casa é nossa, ali ninguém tira os 3 pontos, em especial num jogo tão aguardado como esse. Concentração!

4 - Jogadas ensaiadas

Não adianta o adversário conhecer suas jogadas. Se forem bem ensaiadas e colocadas em prática, já era! O gol sai.

5 - Fazer o primeiro gol

Tem que estar pronto pra tudo - lutar pra não tomar, mas a gente sabe como a arbitragem é numa Libertadores, ainda mais num time que tem tradição e nome na Conmebol como o SPFC (já deu pra ver que a Conmebol não dá a mínima para o Corinthians). O gol poderia sair de uma falta ou pênalti inventado pra elas.

Caso isso não ocorra, o restante é a tal concentração e FAZER O GOL PRIMEIRO. A Arena vai estar lotada, o clima, MAIS ELÉTRICO ainda do que contra o Once Caldas. Isso é pesado demais para o adversário.

6 - Aprender com os erros

Quando enfrentamos a Porcada, achávamos que ia ser a revanche das revanches, sobre todos os anos em que a Parmalat nos roubou e etc. Fomos roubados no primeiro jogo, o Scolari botou o time pra jogar como se deve em Libertadores, ganhamos o segundo porque tínhamos que ganhar pra nos classificar pra segunda fase; passamos pras quartas e teve roubo, erro a favor deles e erro dos nossos jogadores e muita sorte pros caras. Em 2000, mesma coisa.

O que 99 e 2000 tem em comum é a arrogância do Corinthians. Primeiro em achar que seria a hora da vingança contra a porcada e depois em achar que por ter um time mais técnico, seria 'premiado' com a passagem pra próxima fase.

Independente do adversário, da raiva que ele causa por 'n' motivos, até de estatisticas favoráveis, jogo é jogo, não importa contra quem e tem que entrar pra competir! Pra concorrer, pra dividir, pra rachar a bola.

Por isso, alguns jogadores precisam ficar mais ligados e dar 100%, não só fisicamente, mas na atenção, concentração e foco. Treinar e melhorar fundamentos como passes (nisso incluo Ralf, Jadson e Elias) porque cada acerto é necessário e cada erro é simplesmente pesado. Não se pode achar que depois da pra consertar ou que o time é melhor e as coisas vão acontecer naturalmente. É PRA RACHAR, não o adversário no meio, mas a disputa, ir pra dentro.

Se isso tudo acontecer, acredito que a tática acaba virando até detalhe.

E claro:

7 - Torcida humilde, apoiando o time e só

Se a torcida entra em sincronia com o time, sem se preocupar com zoar, desrespeitar ou mesmo hostilizar o adversário e a torcida rival, meu amigo...NINGUEM NO MUNDO derruba o Corinthians.

Últimas respostas

Wandeson Cunha #1.446 @wandesoncunha em 13/02/2015 às 22:31

Ele não, mas o Centurión não vai jogar. Contrataram o cara para ser 'o cara' na Libertadores sem saber que ele tinha uma suspensão de 2 partidas pra cumprir ainda. Como eles não podem usar o Pato, é provável que jogue o Kardec. Isso é bom, pois serão dois jogadores sem muita velocidade (apenas bons 'tiros curtos') e isso facilita a marcação de uma equipe compacta como o Corinthians. :D

Beto #18 @hebert.ribeiro.de.me em 13/02/2015 às 21:02

" "

Luis Fabiano não vai jogar, tá suspenso!

Kkkkkkkkkkkkkkk

Publicidade

Beto Sccp #18 @hebert.ribeiro.de.me em 13/02/2015 às 21:02

Luis Fabiano não vai jogar, tá suspenso!

Kkkkkkkkkkkkkkk

Celso Jadiel #57 @celso.1.primeiro em 13/02/2015 às 20:43

Cara, dos antis ele é um dos que ainda considero, digamos que o grau de anticorinthianismo dele seja baixo comparado a outros por aí...

raquel #55 @raquelbr em 13/02/2015 às 17:02

" "

Esse PVC é um lixo. Não suporto ele. Jogarnalista ridículo

Raquel Brandao #55 @raquelbr em 13/02/2015 às 17:04

Concordo mas dizendo clássico é clássico e tem que jogar sério e concentrado. O SP é um rival difícil e temos que jogar o que podemos para ganhar. O resto só na quarta. VAI CORINTHIANS!

Raquel Brandao #55 @raquelbr em 13/02/2015 às 17:02

Esse PVC é um lixo. Não suporto ele. Jogarnalista ridículo

Celso #57 @celso.1.primeiro em 13/02/2015 às 15:59

" "

Segundo PVC, Gobi afirmou que na sala da presidência da comenbol tem um quadro dos bambis, ou seja a comenbol gosta mesmo das bixas. E ele falou isso rindo, se fosse com o Corinthians toda a mídia iria cair matando pressionando os árbitros para supostamente 'não nos ajudar' o que na verdade fariam eles marcarem contra nós, o que acontece muito no brasileirão. VAMOS SURRAR DE NOVO ESTES INIMIGOS BAMBIS

Vinicius Krapf #2.454 @vinicius.krapf em 13/02/2015 às 17:01

Muito boa análise!

Jader Adriano #396 @jader.adriano em 13/02/2015 às 17:00

To confiante pra esse jogo. Nenhum jogo nesse grupo vai ser fácil. Mas isso me deixa mais confiante na classificação, porque Corinthians é assim...as coisas nunca vem de mãos beijadas.

Ronaldo Juniior #101 @ronaldoo em 13/02/2015 às 16:56

Gostei!

Celso Jadiel #57 @celso.1.primeiro em 13/02/2015 às 15:59

Segundo PVC, Gobi afirmou que na sala da presidência da comenbol tem um quadro dos bambis, ou seja a comenbol gosta mesmo das bixas. E ele falou isso rindo, se fosse com o Corinthians toda a mídia iria cair matando pressionando os árbitros para supostamente 'não nos ajudar' o que na verdade fariam eles marcarem contra nós, o que acontece muito no brasileirão. VAMOS SURRAR DE NOVO ESTES INIMIGOS BAMBIS

Adriano #141 @rene.campeao em 13/02/2015 às 12:55

" "

Achei uma análise boa. Mas vou por o que penso realmente, sobre esse jogo em específico.

1 - Libertadores é raça.

Times fracos já eliminaram times fortes simplesmente por jogarem com mais vontade e intensidade. Esse jogo é simplesmente esperado - pelo Corinthians - há mais de vinte anos

2 - O estilo Corinthians 2015, se firmado, será fortíssimo

Poucos sabem fazer essa troca de passes objetiva, visando o gol, no futebol mundial. O Tite quer, está treinando e firmando isso. Quarte tem de ser o dia de expressar esse estilo ao máximo. O SPFC não resistiria

3 - Concentração

Tite ressalta muito isso. Muricy não é covarde, mas não é burro. Não vai entrar pra perder. Sair com pontos da Arena Corinthians seria um feito. O Corinthians precisa estar com esse fator, concentração, assim como seu estilo de jogo, ligado no 'último' pra que o gol saia, não importa o momento. Tem que vencer. Se tomar gol, tem que virar. Se tomar gol de empate, tem que fazer o gol da vitória. A casa é nossa, ali ninguém tira os 3 pontos, em especial num jogo tão aguardado como esse. Concentração!

4 - Jogadas ensaiadas

Não adianta o adversário conhecer suas jogadas. Se forem bem ensaiadas e colocadas em prática, já era! O gol sai.

5 - Fazer o primeiro gol

Tem que estar pronto pra tudo - lutar pra não tomar, mas a gente sabe como a arbitragem é numa Libertadores, ainda mais num time que tem tradição e nome na Conmebol como o SPFC (já deu pra ver que a Conmebol não dá a mínima para o Corinthians). O gol poderia sair de uma falta ou pênalti inventado pra elas.

Caso isso não ocorra, o restante é a tal concentração e FAZER O GOL PRIMEIRO. A Arena vai estar lotada, o clima, MAIS ELÉTRICO ainda do que contra o Once Caldas. Isso é pesado demais para o adversário.

6 - Aprender com os erros

Quando enfrentamos a Porcada, achávamos que ia ser a revanche das revanches, sobre todos os anos em que a Parmalat nos roubou e etc. Fomos roubados no primeiro jogo, o Scolari botou o time pra jogar como se deve em Libertadores, ganhamos o segundo porque tínhamos que ganhar pra nos classificar pra segunda fase; passamos pras quartas e teve roubo, erro a favor deles e erro dos nossos jogadores e muita sorte pros caras. Em 2000, mesma coisa.

O que 99 e 2000 tem em comum é a arrogância do Corinthians. Primeiro em achar que seria a hora da vingança contra a porcada e depois em achar que por ter um time mais técnico, seria 'premiado' com a passagem pra próxima fase.

Independente do adversário, da raiva que ele causa por 'n' motivos, até de estatisticas favoráveis, jogo é jogo, não importa contra quem e tem que entrar pra competir! Pra concorrer, pra dividir, pra rachar a bola.

Por isso, alguns jogadores precisam ficar mais ligados e dar 100%, não só fisicamente, mas na atenção, concentração e foco. Treinar e melhorar fundamentos como passes (nisso incluo Ralf, Jadson e Elias) porque cada acerto é necessário e cada erro é simplesmente pesado. Não se pode achar que depois da pra consertar ou que o time é melhor e as coisas vão acontecer naturalmente. É PRA RACHAR, não o adversário no meio, mas a disputa, ir pra dentro.

Se isso tudo acontecer, acredito que a tática acaba virando até detalhe.

E claro:

7 - Torcida humilde, apoiando o time e só

Se a torcida entra em sincronia com o time, sem se preocupar com zoar, desrespeitar ou mesmo hostilizar o adversário e a torcida rival, meu amigo...NINGUEM NO MUNDO derruba o Corinthians.

Adriano Campione #141 @rene.campeao em 13/02/2015 às 15:19

A Alemanha teve um bom desempenho na Copa até a semifinal

O 'genial' André Rizek chegou a dizer que a Alemanha não marcava forte no meio e que portanto, Felipão podia tirar um volante. Tá no Twitter dele

Ou seja, até aquele ponto, a Alemanha não era 'crível' pra muitos

Bom, os caras entraram com respeito, humildade, concentração e seriedade...o resto a gente já sabe

Que os bambis sejam o Brasil na Libertadores e o Corinthians, a Alemanha!

Não precisa meter 7, claro...nada a ver. E isso n acontece todo dia

Mas mostra como um bom time consegue, com uma performance fora do normal, conseguir um grande resultado num jogo importante

E tenho certeza que se a Alemanha jogasse uma semifinal por semana, teria o mesmo desempenho - não sei se o mesmo placar, mas desempenho, sim