Explicando o Contrato Nike + Corinthians = Muito Dinheiro

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Caio @caiojipa em 30/12/2012 às 20:54

No contrato entre Corinthians e Nike, o clube ganha dinheiro de quatro formas diferentes. A primeira delas é o que o mercado chama de “patrocínio” e se refere a uma verba anual que é paga em dinheiro. Na proposta orçamentária publicada no site oficial do clube, constam R$ 22 milhões.

A segunda é a de licenciamentos. No caso em questão, a Nike vende uma certa quantidade de produtos do Corinthians, entre todas as peças que compõem o uniforme, e paga royalties ao clube paulista com base nas vendas.

Neste ponto, a parceria entre Nike e Corinthians se diferencia das demais. A prática mais comum no mercado brasileiro é fixar uma garantia mínima. Digamos, hipoteticamente, que fossem R$ 8 milhões. Caso a fabricante venda menos peças do que espera, ela irá pagar essa quantia, não menos. Mas, se vender mais, paga royalties excedentes a esse valor, porém mais baixos.

Os corintianos não têm uma garantia mínima. Na negociação, preferiram pedir royalties mais altos em vez de uma garantia. Normalmente, as fornecedoras pagam royalties de cerca de 4% sobre seu faturamento bruto, antes de terem sido descontados os impostos. No caso do Corinthians, a Nike paga mais de 10% de royalties sobre o seu faturamento líquido, depois de descontados os impostos, o que faz o valor subir, em troca de haver uma garantia.

Este é o detalhe que torna muito menos preciso qualquer valor divulgado na mídia até o momento. O patrocínio, R$ 22 milhões, é certeiro, mas o valor total do contrato pode subir muito mais caso as vendas da Nike também cresçam.

A terceira maneira de ganhar dinheiro do clube é com peças. Fornecedora de materiais esportivos do Corinthians, a Nike se compromete a produzir e mandar para o clube um número pré-determinado de uniformes.


A quarta, outro diferencial da parceria Nike e Corinthians, é uma verba de marketing considerável para que sejam feitas campanhas publicitárias.

Só um Calculo Simples:

Patrocínio R$ 22.000.000,00

Supondo

Corinthians Vende 2.000.000 de Camisas

Igual a aproximadamente R$ 400.000.000,00 x 10%

Igual a R$ 40.000.000,00

Patrocínio R$ 22.000.000,00 + R$ 40.000.000,00 =

R$ 62.000.000,00

Acho que não tem pra ninguém né. #VAICORINTHIANS

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Caio Holannda @caiojipa em 30/12/2012 às 21:06

Juca pelo simples motivo de Alexandre Pato ser Patrocinado pela Nike. A Nike quer dinheiro, nada melhor que colocar em um dos melhores clubes do mundo e faturar o dobro com o pato.

Exemplo a Nike Fatura R$ 1.000.000,00 com Pato No Milan

No Corinthians Ela Pretende faturar mais, com propragandas e além do mais. Atual Campeão do Mundo, com isso pode faturar o Dobro.

#VAICORINTHIANS

Pedro Gama @pedro.gama em 30/12/2012 às 21:30

Caio, o valor do contrato com a Nike é realmente 30 milhões, e se da 70.000.000,00 com o valor de 30 milhões ANUAL vamos lembrar também que o contrato foi renovado por 10 anos, então :

70.000,00 x 10 = 700.000.000,00 o Corinthians ganha 700 milhões em 10 anos em apenas um patrocínio. Se o Corinthians continuar essa potencia que está hoje, em 2022 com certeza renovara o contrato com a Nike, e nisso o valor pode passar a 35 milhões, trazendo sempre mais lucro para o clube.

Também vale lembrar que 70.000.000 milhões já é um bom valor para contratações, com o dinheiro de outros patrocínios, como da Caixa, Tim e outros o time deve continuar investindo na base.

Agora 70 milhões em contratação da para trazer grandes nomes do futebol mundial, para vender mais camisas e aumentar mais ainda o lucro.

Finalizando, com tanto dinheiro que o clube vai conseguir, da para manter jogadores importantes, trazer jogadores da base e de fora, até porque com tanto dinheiro teremos boas condições de pagar um ótimo salários para os jogadores que deram o sangue em campo.

Últimas respostas

J Nader @jnadersss em 01/01/2013 às 12:09

Baseando no seu texto sem querer divergir de você, mas querendo entender o seu raciocínio e de onde você teve acesso a esses dados eu pergunto.

O contrato anterior, era de + ou – 16,8 milhoes/ano e 2.3 milhoes/ano em roupas. Pouco menos de 20 milhões ano e o royalties eram de 18% sobre camisas vendidas enquanto os outros times ganham entre 6 a 8% sobre camisas vendidas.

O que eu não entendo é porque com 2.3 milhões em roupas o Corinthians consegue suprir durante um ano o seu abastecimento treinos e jogos e agasalhos.

No novo contrato diz que esse número passou de 2.3 para 8 milhões em roupas?

Se 2 milhões em roupas é suficiente porque aumentariam para 8? O Corinthians vai vender o excedente?

E os números 4% já com os impostos descontados divergem dos 6 a 8% o que daria, 100% de impostos.

E no caso do Corinthians que ganhava 18% ele cai para menos de 90% de desconto de impostos.

Tem base para dizer aonde conseguiu esses dados?

Abraços, vai Corinthians.

Publicidade

Felipe Paz @fepaz em 01/01/2013 às 11:43

Esse comentário do Fabio me gerou questionamentos interessantes:

Quantas camisas vendemos para o Exterior em 2012? (aos grandes pesquisadores aqui da galera, tá ai um graaande passatempo!)

Quantas venderemos em 2013? (dados a serem colhidos mais pra frente)

O fato de rolar noticias (materia publicada aqui) de que Pato já tirou fotos com o Manto Sagrado para produzir o novo Institucional da Nike... De sermos Campeões do Mundo com essa tremenda Invasão... E mais outras coisas, são determinantes para impulsionar nossas vendas para o Exterior?

Fabio Shibuya Watanabe Chiappim @fabiochiappim em 01/01/2013 às 08:13

Eu só acho difícil (mas não impossível) o Corinthians vender 2 milhões de camisas/ano, sendo que os times que mais vendem no mundo - Manchester United e Real Madrid - ficam na casa dos 1,4 milhões/ano.
Fontes: http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/2012/10/united-e-real-madrid-lideram-venda-de-camisas-nos-ultimos-cinco-anos.html

Segundo o globo esporte, em 2010 o Corinthians vendeu pouco mais de 1 milhão de camisas, lembrando, porém, que isto se deveu em parte ao efeito Ronaldo, que alavancou as vendas. O Corinthians tem potencial pra vender muito mais (basta ver que a porcada, com uma torcida infinitamente inferior, quase alcançou o Timão naquele ano), e talvez chegar aos 2 milhões/ano, mas vai precisar de muito trabalho de marketing, e muitos títulos, pra chegar a isso.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/platb/teoria-dos-jogos/2011/09/09/venda-de-camisas-em-2010/

Eric Meirelles @eric1910 em 01/01/2013 às 02:33

Marcos começando o ano sempre com comentários ácidos... Mas quem não entendeu ai está a explicação de todos os contratos, não só do Corinthians e dos outros clubes citados. Todos os clubes tem as metas a cumprir e grandes luvas, porém o contrato da Nike é inédito, conta com exploração da imagem, parceria contratual de jogadores patrocinados, marketing compartilhado entre os dois interessados, e o menos preocupante: a correção e valorização das cotas anuais para o Corinthians. Enfim, todas as partes saem ganhando.

Marcos Gomes @marcaotimao em 01/01/2013 às 02:18

Assunto que rende esse, Eric, Mosqueteiro e Caio por favor ilustrem os três acordos para todos os não entendidos

Eduardo Alves @eduardoalves em 31/12/2012 às 22:44

O jeito agora é continuar comprando camisa oficial do Timão.

Tayguara Amaral @tayguara.amaral em 31/12/2012 às 22:44

São 22 milhões + 8 milhões de material esportivo = 30 milhões...
Vendas por fora...

Vinda do Pato...

Meu irmão...

Se 2012 foi bom...

2013 que nós aguarde...

Caio Holannda @caiojipa em 31/12/2012 às 21:58

#VAICORINTHIANS

Alex Sam @turcao em 31/12/2012 às 11:49

Jonas, li agora a pouco a sua duvida, São 22 milhões em CASH + 8 milhões em uniformes, Gde Abraço...VAI CORINTHIANS ! ! !

Jean Ricardo @jean.ricardo1976 em 31/12/2012 às 11:15

É, foi 58 milhões mas os outros 20 são relativos ao ano de 2013... Então de luvas seria 38 mesmo.

Eu procurei as Luvas da Nike e não achei em lugar nenhum. Esperar o Balanço pra ver.

Os 14% são dados se alcançarem algo próximo a 1 milhão de camisas vendidas, o que parece ser perfeitamente possível já que os Flavelados venderam 1.2 milhões em 6 meses qd contrataram o Ronaldinho.

Cara, eu vejo da seguinte forma, o Rosemberg deveria ter aguardo o desfecho deles pra renegociar o nosso.

A Nike chegou a oferecer o mesmo contrato nosso a eles, com adicional de LUVAS, que teoricamente não temos, e eles simplesmente usaram a oferta da Nike pra renegociar melhor o contrato deles.

É disso que estou falando. O Rosemberg mandou mal nessa.