O bom, o belo, o verdadeiro

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Páme #3.330 @oi.korinthioi em 24/07/2017 às 11:12

É fácil bater na cobertura desengonçada da mídia, até porque, em tese, entender de futebol é o trabalho deles. Mas mesmo entre nós, o Corinthians de Tite a Carille causa embaraço.
Embaraço porque muitas vezes queremos julgar o time como se fosse uma mera soma das partes.
Aí todo jogo tenhamos fazer essa aritmética simples: jogador x, no vácuo, é melhor que jogador y. A mídia também comparando o máximo de cada jogador isolado, lógica que o cartola encarna tão bem, frequentemente considera que o Corinthians é a 'quarta força'.
Tem sempre um Palmeiras, um grêmio, um Flamengo, esperando para fazer essa lógica no papel colocar nossa prática real no seu devido lugar. Em nome do bom futebol, do futebol bonito. Do verdadeiro futebol.
Acontece que, como Tite tem mostrado na seleção, futebol, como todo coletivo, não é só a soma das partes.
No papel, jogador x faz mais desarmes. Mas isso porque no time que todo mundo desarma, essa função é dividida. E é o resultado do todo que importa.
O Corinthians não é, como os times de Parreira e Muricy, um time que se conforma em jogar feio. Não tem chuveirinho, e até o mandamento 1 dessa escola, manter a posse de bola, foi relativizado.
Nosso time não tem a beleza de um céu estrelado, onde pontos brilhantes fulguram isolados. Tem a beleza de um time que entra em campo sempre como constelação, onde sempre todos são importantes. São sempre um time, e são escalados já sempre assim: um todo maior do que a soma das partes.

Com isso não quero dizer que não tenhamos, em muitas das posições, os melhores jogadores do campeonato, mesmo por esses velhos critérios. A essa altura, já é impossível ignorar Jô, Cássio, Arana, Fagner, Balbuena, Rodriguinho e Jadson e outros tantos.

Mas o Corinthians é mais que isso.

#VaiCorinthians!

555 visualizações e 18 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Últimas respostas

Claudio Rissi #22 @migo.pr em 25/07/2017 às 00:16

É possível.

páme #3330 @oi.korinthioi em 24/07/2017 às 12:50

" "

Justo. Mas o Parreira só fez isso no Corinthians, nos demais times onde trabalhou, inclusive na seleção por duas vezes, o esquema era deixar os 'gênios' ficarem à vontade na frente e compensar atrás.

Acredito que o Corinthians mais forçou o Parreira - e depois o Oswaldo - a se adaptar do que o contrário.

Publicidade

Sandra Lima #1 @sandra.lima4 em 24/07/2017 às 16:20

Nossos títulos Ganhamos em Campo.

páme #3330 @oi.korinthioi em 24/07/2017 às 16:16

" "

Hepta sem fax.

Páme Korinthianoús! #3.330 @oi.korinthioi em 24/07/2017 às 16:16

Hepta sem fax.

Sandra #1 @sandra.lima4 em 24/07/2017 às 14:29

" "

Estamos no caminho certo para o nosso tão Sonhado HEPTA.

Páme Korinthianoús! #3.330 @oi.korinthioi em 24/07/2017 às 15:53

Hahaha justo.

Eu acho que jogo inteligente é bastante bonito sim.

Sandra Lima #1 @sandra.lima4 em 24/07/2017 às 14:29

Estamos no caminho certo para o nosso tão Sonhado HEPTA.

Sandra #1 @sandra.lima4 em 24/07/2017 às 13:43

" "

Calando os antis a cada Jogo.

Sandra Lima #1 @sandra.lima4 em 24/07/2017 às 13:43

Calando os antis a cada Jogo.

páme #3330 @oi.korinthioi em 24/07/2017 às 13:42

" "

De humildade em humildade...

#VaiCorinthians!

Páme Korinthianoús! #3.330 @oi.korinthioi em 24/07/2017 às 13:42

De humildade em humildade...

#VaiCorinthians!

Sandra #1 @sandra.lima4 em 24/07/2017 às 13:41

" "

Sandra Lima #1 @sandra.lima4 em 24/07/2017 às 13:41

Páme Korinthianoús! #3.330 @oi.korinthioi em 24/07/2017 às 12:54

Concordo demais. RA e Jadson em um mesmo time era realmente sensacional. Mas acho que importa muito que RA seja um meia clássico, que é a figura que a mídia mais busca eleger como craque. Passaram anos tentando vender o Ganso nessa posição. Se RA e Jadson jogassem juntos no Flamengo ou Santos, certeza que iam chamar de melhor time da década.

Eduardo #1905 @edudotimao em 24/07/2017 às 11:32

" "

Falou e disse...!

Creio que a exceção do campeonato brasileiro de 90/91 onde o Neto carregou o time com suas cobranças de faltas mágicas o resto das equipes campeãs mesmo com jogadoraços como o Rincón, Ricardinho, Gamarra, Luizão, Vampeta, Marcelinho e cia só conseguiram seus objetivos apartir do coletivo...

Em 2015 também...

Hoje creio que tenhamos um time até mais equilibrado do que o do Tite.

O que diferencia era o quadrado famoso com Renato Augusto e Jadson na época e hoje o equilíbrio entre todas as linhas.

Ao meu ver...é claro.

Vai Corinthians!

Páme Korinthianoús! #3.330 @oi.korinthioi em 24/07/2017 às 12:50

Justo. Mas o Parreira só fez isso no Corinthians, nos demais times onde trabalhou, inclusive na seleção por duas vezes, o esquema era deixar os 'gênios' ficarem à vontade na frente e compensar atrás.

Acredito que o Corinthians mais forçou o Parreira - e depois o Oswaldo - a se adaptar do que o contrário.

Claudio #22 @migo.pr em 24/07/2017 às 12:29

" "

Discordo da parte do Parreira.

No Corinthians ele montou um time, que pensando agora, é bem parecido com esse de agora, inclusive com as triangulações, como as do famoso melhor lado esquerdo do país: Kléber, Ricardinho e Gil.

1 a 10 de 17 respostas