Eleições no Timão

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Samuel #430 @samuel.vieira2 em 31/08/2017 às 16:01

Salve bando de loucos!

Parece cedo ainda para o assunto, mas a verdade é que os candidatos já estão em campanha nos bastidores.

Volta e meia sai notícia falando quem deve concorrer ao cargo mais importante da nação.

Independente de quem sejam seus favoritos, até porque, infelizmente, não temos direito a voto.

Gostaria de fazer aqui um bate papo sobre o que vocês gostariam que o próximo presidente do Timão faça.

----------------------------------------------------------------------

1º Acho que o mais importante seria recuperar a imagem da diretoria com relação a torcida e o mercado.

Esclarecer as coisas da Arena junto a Odebrecht, se faltou fazer alguma coisa, correr atrás de diminuir o valor da dívida.

Já ficou provado que o Corinthians como instituição foi vítima, então caçar os culpados e levá-los a justiça.

Abrir um portal da transparência no site do clube, com balanços trimestrais ou semestrais. Mostrando tudo que entra e sai de dinheiro, de onde vem e pra onde vai.

2º Com isso, acredito que novos investidores se interessem pelo Timão, podendo aumentar suas receitas com marketing.
Gosto do trabalho que vem sendo feito, com ativações de marcas, não necessariamente na camisa.

3º Renegociar com a OMNI, ou encerrar o contrato com a mesma. O que for mais vantajoso ao clube. É claro que qualquer empresa vai receber algo para prestar este serviço, mas tem que ser um preço justo.

Eu gostaria muito que fosse aberto ao FT o direito a voto para presidente.

Seria um passo gigante com relação à democracia em clubes de futebol, além de aumentar muito o número de sócios.

4º Buscar junto a iniciativa privada, uma parceria para a construção de um espaço para eventos+hotel+comércio no porque. São Jorge.

Com a construção do CT da base, a Fazendinha está sub-utilizada.

Tem potencial para ser transformado em um espaço para eventos de médio a grande porte. Com hotel e lojas, funcionando todos os dias, trazendo recursos importantes para a manutenção do clube social, que hoje, dá apenas prejuízos.

5º Mesmo com o aumento da receita, mesmo que todos os planos financeiros e de marketing funcionem, não gastar além da conta. Toda vez que o Corinthians faz isso, tem prejuízo anos depois. Foi assim com Pato, Giovani Angústia, Marlone, etc.
É importante investir no futebol sim, mas com cautela e principalmente respeito aqueles que já estão no clube. Inclusive a molecada.

6º Tentar diminuir a dívida do clube.

Com o aumento da credibilidade junto ao mercado e torcedor, aumentam as arrecadações com marketing e FT. Podendo usar a grana para essa finalidade. Ou parte dela.

7º Deixar de antecipar cotas de patrocínio e TV.

8º Algo que parece, já está sendo feito. Deixar de fora os empresários sangue-sugas.
O Corinthians não pode ser barriga de aluguel pra jogador, nem pra empresário ficar milionário de um dia para o outro.

9º Resolver as questões com os franqueados da rede Poderoso Timão. Pessoas que acreditaram no projeto, investiram e deram dinheiro ao clube, não podem ser deixadas na mão.

É preciso resolver a situação, se a Nike não estiver cumprindo com o papel dela, encerra o contrato. Quero ver se eles vão aceitar ficar sem nenhum clube no Brasil.
Duvido que tantas outras marcas não se interessem em vestir o Timão.

Se precisar, cria uma marca própria e fatura ainda mais.

10º Respeito com nossa história, nossas tradições.

Eu faria todo dia do mês de setembro, uma atividade envolvendo ex atletas do Timão.

Aumentando a exposição da marca e relacionamento com investidores e torcedores.

E porque não, até mesmo trazendo novos torcedores para o futuro do Timão.

Bom, acho que é isso, desculpa se ficou longo demais, mas as ideias vão surgindo.

E como estou sem trampo, estou com tempo livre kkkk

Não necessariamente na ordem em que estão, ok.

Imagino que deve ser muito difícil gerir um clube como o Timão, mas com um pouco de boa vontade e honestidade, as coisas acontecem.

Vai Corinthians!

410 visualizações e 22 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhor resposta

Paulo Paulo Paulo #45 @paulo.52 em 31/08/2017 às 20:22

Num 1º momento, abrir o direito de voto ao sócio-torcedor seria o mais importante. Com o tempo, porém, acredito que deveriam abrir para todo corinthiano cadastrado. E, igualmente, permitir que não-sócios assumam cargos de diretoria e até presidência. Isso melhoraria enormemente o nosso potencial de gestão, hoje muito prejudicado pela baixa qualidade do quadro social. Formaram panelinhas paroquiais, ali, que já não conseguem ir além de interesses pessoais ou personalísticos, de poder, e, frequentemente, meramente venais...

Últimas respostas

Alexandre Domingos #858 @adomingos em 01/09/2017 às 20:14

Sócio FT com direito a vota já seria bom, porém o mais importante seria uma administração profissional (estilo mulambos) que estavam quase falidos em 2013 e hoje nadam em dinheiro.

Publicidade

Maria Julia @maria.julia.xavier.h em 01/09/2017 às 20:09

Concordo

Paulo Paulo Paulo #45 @paulo.52 em 01/09/2017 às 19:57

Como você mesmo escreveu, Loko, com o pagamento de um valor simbólico. Já a diretoria seria sabatinada pelo CORI ou CD, sendo a condição de corinthiano pré-requisito para a candidatura aos cargos de gestão do futebol (que teria sua administração separada da do Clube Social). Enfim, são propostas. Ficar como está comprometerá - já compromete, na verdade - o futuro dessa Instituição gigantesca e com tanta história pra contar...

Loko #61 @sercorintianoehotimo em 01/09/2017 às 07:02

" "

Como classificar alguém como corinthiano ou não? Tipo, aqui no Meu Timão tem um monte de anti infiltrado, se fizesse um simples cadastro no site no clube, como saber se é alguém que torce contra e em tese votasse no pior candidato aos olhos dele?

Até porque em números reais, difícil dizer o número certo de Corinthianos, até porque nossa torcida aumenta acredito, principalmente pela força gigantesca que temos, reconhecimento mundo afora e também pelos títulos.

Com o pagamento, mesmo de um valor simbólico, em tese nenhum torcedor de outro time poderia se intrometer na vida política do Timão

Paulo Paulo Paulo #45 @paulo.52 em 01/09/2017 às 19:53

Sim, mas uma diretoria remunerada (controlada, claro, pelo CORI e pelo CD, que sabatinaria candidatos prévios e acompanharia de perto o modelo de gestão implantado) poderia ser trocada periodicamente. Hoje, o que se vê é sempre o mesmo grupo no poder, por anos a fio, e outro, que lhe faz oposição, querendo, na verdade, estar na mesma condição. E o pior, como eu frisei, é que o quadro associativo é medíocre e cada vez mais sujeito a manipulação de interesses externos ao Clube. Alguns vão se associar e ser bancados por oportunistas, ou até pelo crime organizado, esperando colher resultados mais adiante. O Clube Social está morto. É preciso reconhecer que o Corinthians é do povo, e não de 3 mil pessoas! Democracia já!

Samuel #430 @samuel.vieira2 em 01/09/2017 às 13:45

" "

Abrir para outras pessoas entrarem, também não é garantia nenhuma de evitar as panelinhas.

Mas seria uma opção melhor do que os de sempre. As panelinhas dos conselheiros

Samuel Vieira #430 @samuel.vieira2 em 01/09/2017 às 13:45

Abrir para outras pessoas entrarem, também não é garantia nenhuma de evitar as panelinhas.

Mas seria uma opção melhor do que os de sempre. As panelinhas dos conselheiros

Paulo #45 @paulo.52 em 31/08/2017 às 20:22

" "

Num 1º momento, abrir o direito de voto ao sócio-torcedor seria o mais importante. Com o tempo, porém, acredito que deveriam abrir para todo corinthiano cadastrado. E, igualmente, permitir que não-sócios assumam cargos de diretoria e até presidência. Isso melhoraria enormemente o nosso potencial de gestão, hoje muito prejudicado pela baixa qualidade do quadro social. Formaram panelinhas paroquiais, ali, que já não conseguem ir além de interesses pessoais ou personalísticos, de poder, e, frequentemente, meramente venais...

Dorvalino Garutti #1.669 @durva33 em 01/09/2017 às 07:39

Temos que estudar melhor o comportamento de todos ai sim poderemos votar, como fazem no Santos segundo disse um amigo santista

Samuel #430 @samuel.vieira2 em 31/08/2017 às 16:30

" "

Qual o Sr. Acha melhor?

Loko Por Ti Corinthians #61 @sercorintianoehotimo em 01/09/2017 às 07:02

Como classificar alguém como corinthiano ou não? Tipo, aqui no Meu Timão tem um monte de anti infiltrado, se fizesse um simples cadastro no site no clube, como saber se é alguém que torce contra e em tese votasse no pior candidato aos olhos dele?

Até porque em números reais, difícil dizer o número certo de Corinthianos, até porque nossa torcida aumenta acredito, principalmente pela força gigantesca que temos, reconhecimento mundo afora e também pelos títulos.

Com o pagamento, mesmo de um valor simbólico, em tese nenhum torcedor de outro time poderia se intrometer na vida política do Timão

Paulo #45 @paulo.52 em 31/08/2017 às 20:22

" "

Num 1º momento, abrir o direito de voto ao sócio-torcedor seria o mais importante. Com o tempo, porém, acredito que deveriam abrir para todo corinthiano cadastrado. E, igualmente, permitir que não-sócios assumam cargos de diretoria e até presidência. Isso melhoraria enormemente o nosso potencial de gestão, hoje muito prejudicado pela baixa qualidade do quadro social. Formaram panelinhas paroquiais, ali, que já não conseguem ir além de interesses pessoais ou personalísticos, de poder, e, frequentemente, meramente venais...

Osvaldo #21 @osvaldoneto em 31/08/2017 às 20:25

Concordo.

Paulo #45 @paulo.52 em 31/08/2017 às 20:22

" "

Num 1º momento, abrir o direito de voto ao sócio-torcedor seria o mais importante. Com o tempo, porém, acredito que deveriam abrir para todo corinthiano cadastrado. E, igualmente, permitir que não-sócios assumam cargos de diretoria e até presidência. Isso melhoraria enormemente o nosso potencial de gestão, hoje muito prejudicado pela baixa qualidade do quadro social. Formaram panelinhas paroquiais, ali, que já não conseguem ir além de interesses pessoais ou personalísticos, de poder, e, frequentemente, meramente venais...

Osvaldo #21 @osvaldoneto em 31/08/2017 às 20:24

Tópico muito fera muito bem feito gostei de mais.

Paulo Paulo Paulo #45 @paulo.52 em 31/08/2017 às 20:22

Num 1º momento, abrir o direito de voto ao sócio-torcedor seria o mais importante. Com o tempo, porém, acredito que deveriam abrir para todo corinthiano cadastrado. E, igualmente, permitir que não-sócios assumam cargos de diretoria e até presidência. Isso melhoraria enormemente o nosso potencial de gestão, hoje muito prejudicado pela baixa qualidade do quadro social. Formaram panelinhas paroquiais, ali, que já não conseguem ir além de interesses pessoais ou personalísticos, de poder, e, frequentemente, meramente venais...