Quando a criatura se torna maior que o criador

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Hugo @hugo.crosara em 06/01/2020 às 08:17

Nunca imaginei que um dia veria um jogador valer mais que um estádio de primeiro mundo, ou até maior que o próprio patrimônio de um clube.

Essa supervalorização, nascida da ganância previsível de investidores, empresários, diretorias e federações fez com que os clubes se tornassem trampolins de uma máfia silenciosa que sob a bandeira do “passe livre”, começaram a drenar a vitalidade dia clubes brasileiros.

Essa lei atende exclusivamente aos interesses dos espertalhões denominados empresários, que apadrinham um fulano qualquer que se intitula jogador, e através de uma merreca, enfiam goela abaixo em um clube, para que receba um contrato nobre e digno de craque por bons e longos anos, destruindo assim a meritocracia.

Ah, que saudade dos peneirões!

Havia sim, injustiças do destino, mas o sol ainda brilhava para muitos, diferentemente de hoje, onde o talento passa despercebido e a técnica ficando em segundo plano. Nenhum jogador precisa provar mais nada a ninguém. O importante mesmo é ter um “santo milagreiro” chamado empresário, que coloca qualquer um onde bem entender.

Como consequência dessa ambição, nosso patrimônio esportivo e cultural se curva ao capitalismo selvagem e inconsequente e os clubes passam a viver numa penumbra, e assim, nesse solo sagrado chamado campo, reinam as criaturas, que assistem seu criador caído na sarjeta, vivendo por piedade.

1.120 visualizações e 11 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Últimas respostas

Munir Haddad #305 @haddad em 06/01/2020 às 13:09

Olha o Martinelli cria da nossa base

Publicidade

Vagner Silva #30 @vagner.silva13 em 06/01/2020 às 13:06

O que tem de jogador talentoso ai que nunca teve uma chance por não ter empresário influente

Gustavo Ono #5.192 @gustavowono em 06/01/2020 às 10:29

Futebol extrapolou todos os limites financeiros imagináveis. Nenhum ser humano no mundo pode valer mais de 1 bilhão de reais e é questão de tempo para termos vários nesse patamar. Isso vale para o Brasil e para todo o mundo.

Precisamos de um fair play financeiro global URGENTE! E mudar as regras para países que revelam jogadores, como o Brasil, para que a base fique no clube até os 21 anos. Isso valoriza o futebol do clube, do país, o menino amadurece, são vários benefícios.

Jose Roberto De Camargo #2.660 @jose.roberto.de.cama em 06/01/2020 às 10:14

Infelizmente os clubes não se blindaram para que isso não acontecesse, total falta de união, um querendo ser maior que o outro, lógico que isso ocorre e vai continuar acontecendo.

Os clubes ficam nas mãos dos empresários e jogadores essa é a realidade.

Acorda Corinthians!

Vai Corinthians!

Claudio Ferreira Santos #80 @claudiofsantos em 06/01/2020 às 10:09

A nossa base precisa de maior investimento do clube e menor ingerência dos empresários!

Aylton Silva Affonso #5.339 @aylto em 06/01/2020 às 09:52

Perfeito!

A praga do futebol hoje de fato são esses malditos 'empresários', sanguessugas do caramba.

Apenas um senão no seu texto: a menção à tal da 'meritocracia'. Conceitinho equivocado esse - por favor, 'mérito' seria bem melhor!

Zzba Bazz #977 @timaouniverso em 06/01/2020 às 09:50

Exato enquanto não acabarem com isto nada mudará, terão que mudar as leis e proibirem empresários de conseguirem tanta influência.

Luciano Gonçalves #4.689 @luciano.goncalves6 em 06/01/2020 às 08:52

Pura verdade...ja vi isso ao vivo...muleke ruim que empresário tenta emplacar em vários clubes...isso porque não era um empresário foda...se fosse um desses famosos coloca em algum time grande pelo menos pra ter um contrato de formação ganhando 6,7 mil por mês

Marcelo Gonçalves Gonzales #628 @maggon em 06/01/2020 às 08:29

Sensacional. Definiu muito bem. Parabéns

João Pedro #52 @disiplina em 06/01/2020 às 08:22

*dinheiro*