Venha fazer parte da KTO
Juventude x Corinthians

Pelo Campeonato Brasileiro, o Corinthians vai perdendo do Juventude

Acompanhe ao vivo
x

Londrina 0 x 3 Corinthians - Amistosos 2024

Amistosos 2024 - Londrina 0 x 3 Corinthians

Partida de futebol entre Londrina 0 x 3 Corinthians nAmistosos 2024

https://www.meutimao.com.br/jogo/8136/amistosos_2024/londrina-0-x-3-corinthians

02:00

2024-03-27T20:00:00

Olímpico Regional

Endereço: Av. Tito Muffato, 300 - Santo Onofre, Cascavel, PR, Brasil

Londrina 0 X 3 Corinthians

Amistosos 2024
27 de março de 2024, 20:00
Londrina 0 x 3 Corinthians
Olímpico Regional, Cascavel, PR.
Duelo 15 de 15 confrontos

Sobre a Partida

Corinthians vence o Londrina com show de Romero no segundo tempo

Na noite desta quarta-feira, a Fiel pôde matar a saudade do Corinthians, que entrou em campo para enfrentar o Londrina em amistoso. O resultado do teste foi positivo e o Timão bateu o adversário por 3 a 0.

Os primeiros 45 minutos acabaram não garantindo fortes emoções para o torcedor. O jogo foi marcado por muitas faltas e pela pouca criatividade com a bola rolando. As principais chances surgiram de bolas paradas, mas nenhuma resultou em gol.

A segunda etapa também foi marcada por faltas e confusão, que resultaram em duas expulsões para o Londrina e uma para o Corinthians. Romero e Giovane, porém, balançaram as redes e deram a vitória ao Timão.

Anota aí, Fiel - Agora, o Corinthians volta aos gramados para estrear na Copa Sul-Americana, no dia 2 de abril, uma terça-feira. Na ocasião, o Timão encara o Racing, às 20h, no Estádio Centenario, em Montevidéu, no Uruguai.

O jogo

Primeiro tempo

Para o primeiro tempo, António Oliveira optou por dar ritmo a sua equipe base. Os titulares escolhidos, portanto, foram: Cássio; Fagner, Cacá, Gustavo Henrique e Hugo; Raniele, Breno Bidon e Rodrigo Garro; Yuri Alberto, Pedro Raul e Wesley.

vs Londrina

Meu Timão

Mesmo sendo um amistoso, o jogo começou com o clima um pouco mais quente, resultando em muitas faltas. Aos poucos, o Corinthians foi dominando o setor ofensivo e passou a rotacionar a bola com paciência, em busca de encontrar espaços na defesa do Londrina.

Aos cinco minutos, Pedro Raul sofreu falta na intermediária. Na cobrança, Gustavo Henrique apareceu sozinho na área, mas acabou cabeceando longe da meta adversário. Esta foi a primeira chance da partida.

Após a chegada corinthiana, o Londrina se lançou mais ao ataque. O adversário passou a encontrar espaços pelas laterais, mas falhava na hora do último passe. A primeira oportunidade do Londrina também veio em bola parada, em cabeceio para fora.

Aos 12 minutos, o Timão quase abriu o placar. A bola foi lançada na área, Pedro Raul fez o pivô e Garro teve a oportunidade clara. O camisa 10 matou no peito e arriscou forte finalização, que bateu no travessão. O argentino ficou pedindo gol, mas a bola, claramente, pingou longe da meta.

Depois de quase abrir o placar, o Corinthians se animou e passou a pressionar o adversário no campo de defesa. As jogadas passavam, principalmente, pelos pés, de Garro e Wesley, que apostava em jogadas individuais pela lateral do campo.

Com quase 20 minutos disputados, a partida voltou a ficar travada por conta do elevado número de faltas. A postura do Londrina, que teve Pedro Cacho amarelado por forte entrada em Yuri Alberto, incomodou António Oliveira, que também acabou advertido pelo árbitro.

Em uma destas faltas, aos 29 minutos, Garro resolveu arriscar finalização direta, mesmo de longa distância. A cobrança foi em direção ao gol e exigiu boa defesa do goleiro adversário, que espalmou para escanteio. O argentino foi quem levantou a bola na área e Gustavo Henrique, de cabeça, quase abriu o placar.

Com a bola rolando, as duas equipes encontravam dificuldades na transição. Em uma das poucas jogadas que deram certo, o Timão criou uma boa chance com Fagner, que encontrou Yuri Alberto na entrada da área. O camisa 9 arriscou o chute, que acabou saindo mascado, e terminou em novo escanteio.

A falta de criatividade dos times prejudicava o jogo, que era levado em um ritmo mais lento e sem emoções. Desta forma, a primeira etapa foi encerrada com o empate sem gols.

Segundo tempo

O técnico António Oliveira promoveu apenas uma mudança no retorno do Corinthians ao gramado. O goleiro Carlos Miguel substituiu Cássio e foi o único reserva acionado logo no início do segundo tempo.

E o arqueiro alvinegro logo teve que mostrar trabalho. Em jogada individual, Pedro Cacho passou pela marcação e arriscou finalização. Carlos Miguel acompanhou toda a trajetória da bola e espalmou para escanteio.

Aos quatro minutos, o clima pesado logo voltou aos holofotes. Fagner deu uma entrada mais dura no adversário, que, por sua vez, acabou revidando com um empurrão. O camisa 23 não gostou e tentou dar o troco, o que ocasionou uma grande confusão. Todas as movimentações resultaram nas expulsões de Fagner e Iago Telles.

Mesmo com a atitude do árbitro em não deixar barato pela confusão, os jogadores seguiram cometendo faltas mais duras. Em uma delas, aos 13 minutos, Garro teve outra boa chance. O camisa 10 cobrou falta diretamente para o gol e o goleiro adversário espalmou para escanteio.

Aos 15 minutos, com a falta de criatividade ainda em evidência, Hugo resolveu arriscar de muito longe. A bola desviou na marcação e resultou em novo escanteio para o Timão. No entanto, a defesa do Londrina seguia levando a melhor no jogo aéreo.

No lance seguinte, em uma das únicas boas jogadas trabalhadas, Wesley recebeu de frente para o goleiro. O jovem atacante, porém, acabou se perdendo no domínio e teve o chute travado pelo defensor.

Com quase 20 minutos disputados, o treinador António Oliveira resolveu apostar em três alterações na equipe. Romero, Paulinho e Matheus Bidu entraram nas vagas de Pedro Raul, Breno Bidon e Hugo, respectivamente.

O Corinthians voltou a levar perigo com Wesley. O jovem passou pela marcação e arriscou finalização cruzada, que acabou pegando o caminho longe da meta e passou pela área. Nenhum companheiro apareceu para empurrar para o fundo das redes.

Mesmo com as mudanças, a falta de criatividade seguia atingindo as duas equipes. Desta forma, António Oliveira promoveu mais três alterações. Raul Gustavo, Matheus França e Pedro Henrique entraram nas vagas de Gustavo Henrique, Raniele e Wesley.

Depois de cruzamento de Matheus França, a defesa afastou e a bola sobrou para Pedro Henrique. O atacante alvinegro passou pela marcação e arriscou finalização de fora da área. O goleiro acabou espalmando para frente e Romero estava lá para conferir o rebote. O paraguaio empurrou para o fundo das redes. 1 a 0 para o Corinthians.

Na sequência, as últimas três substituições do Timão foram promovidas. A base alvinegra entrou em ação com Guilherme Biro, Giovane e João Pedro Tchoca, que entraram nas vagas de Garro, Yuri Alberto e Cacá.

Logo após as mexidas, Pedro Henrique teve a chance de aumentar o placar após receber bom passe de Romero. O atacante, porém, acabou finalizando por cima do gol. Mesmo assim, o Corinthians seguiu martelando.

O segundo gol saiu de boa jogada trabalhada. Matheus Bidu encontrou Matheus França livre no lado direito da área. O camisa 2 ajeitou para Romero, que driblou o defensor e, em bela finalização colocada, marcou um golaço para o Timão.

Depois, o Corinthians seguiu pressionando o adversário em busca de um terceiro gol, que veio após belo passe de Matheus Bidu para Giovane. O jovem atacante tirou do goleiro e saiu para o abraço. 3 a 0 para o Timão.

O árbitro optou por encerrar o amistoso no lance seguinte. A escalação que garantiu o 3 a 0 para o Corinthians contou com: Carlos Miguel; Matheus França, João Pedro Tchoca, Raul Gustavo e Matheus Bidu; Biro e Paulinho; Pedro Henrique, Giovane e Romero.

Escalação

Meu Timão

Ficha técnica de Londrina 0 x 3 Corinthians

Competição: Amistosos
Local: Estádio Olímpico Regional Arnaldo Busatto, Cascavel, PR
Data: 27 de março de 2024 (quarta-feira)
Horário: 20h00 (de Brasília)
Árbitro: André Ricardo Martins
Assistentes: Rafael Trombeta e Welvys Fladerson Gomes Afonso
Gols: Romero (duas vezes), Giovane (Corinthians)
Cartões amarelos: Thiago Ennes, Davi, Pedro Cacho e Marthã (Londrina); Gustavo Henrique e Raniele (Corinthians)
Cartões vermelhos: Marthã e Iago Teles (Londrina); Fagner (Corinthians)

LONDRINA: Arthur; Thiago Ennes, Davi, João Maistro (Frazan) e Pedro Cacho; Rayan, Marthã e Riquelmy (Giancarlo); Henrique (Maurício), Everton Moraes (Pablo) e Iago Teles.
Técnico: Emerson Ávila

CORINTHIANS: Cássio (Carlos Miguel); Fagner, Cacá (João Pedro Tchoca), Gustavo Henrique (Raul Gustavo) e Hugo (Matheus Bidu); Raniele (Matheus França), Breno Bidon (Paulinho) e Rodrigo Garro (Biro); Wesley (Pedro Henrique), Pedro Raul (Romero) e Yuri Alberto (Giovane).
Técnico: António Oliveira

Notas dadas aos personagens da partida

Titulares

Reservas

Treinador

Árbitro

Imagens da partida

Comente a partida: Londrina 0 x 3 Corinthians