Liderança pega fogo, e o Pacaembu vai ferver.

Liderança pega fogo, e o Pacaembu vai ferver.

380 visualizações 0 comentários Comunicar erro

O Corinthians, não bastasse a força do adversário que terá pela frente neste domingo, contra o Santos de Neymar, dirigido por Muricy Ramalho, viu dois de seus concorrentes diretos ao título do Brasileirão/11, ultrapassá-lo na abertura do 24ª rodada, neste sábado, deixando-o na terceira posição do certame, até o complemento da rodada. Então, o que já seria um jogo complicado,agora ganha ares de uma virtual decisão; do resultado no clássico contra o Peixe depende a euforia pela manutenção da liderança, ou uma pressão de alta temperatura para o clube do Parque São Jorge. O jogo deverá ser acompanhado pelo Brasil inteiro.

Os resultados obtidos pelo Vasco, e São Paulo, que esmagaram os seus adversários, ambos pelo placar de 4X0, Grêmio e Ceará, respectivamente, fez com que a liderança pegasse fogo, e os dois times vão dormir á frente do Corinthians, tendo o Vasco assumido provisoriamente a ponta, e o São Paulo, a segunda colocação. Esses resultados não poderiam ser piores para o Timão, o obriga a uma pronta resposta, e embora estejam longe de representar uma virada no campeonato, colocará o Corinthians em xeque, e desde de quando o Timão assumiu a primeira colocação, há um turno atrás, a liderança nunca tinha sido colocada a prova com tanta pressão. Hora do elenco do Timão mostrar do que é capaz.

Fonte:

Roda de Corinthianos

Enviado por: Dirceu Felipe de Barros

Veja Mais:

  • Lucca acertou com Internacional por empréstimo

    Lucca, ex-Corinthians, é anunciado pelo Internacional; Fiel aguarda anúncio de Roger

    ver detalhes
  • Contra o Fluminense, Leste Superior ficou longe de estar cheia. Oeste então...

    Corinthians tenta valorizar Fiel Torcedor, aumenta valor dos ingressos e público na Arena diminui

    ver detalhes
  • Inicialmente exposta no Memorial, a estátua de Sócrates está na Arena Corinthians

    Conheça o escultor Laércio Alves, que homenageou Sócrates em estátua exposta na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade, atual e ex-presidentes do Corinthians

    Corinthians registra déficit de R$ 35 milhões em 2017; veja números do balanço financeiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes