Polícia Federal prende agressores do trio de arbitragem de Timão x América-MG

Polícia Federal prende agressores do trio de arbitragem de Timão x América-MG

Por Meu Timão

722 visualizações 0 comentários Comunicar erro

Em poucas horas, a Polícia Federal identificou e deteve, nesta segunda-feira, os quatro torcedores corintianos responsáveis pela agressão no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, ao trio de arbitragem do jogo entre Timão e América-MG, realizado domingo, em Uberlândia. Eles estão, neste momento, prestando depoimento no posto da Polícia Federal em Congonhas.

Os quatro foram identificados com o auxílio do circuito interno de imagens do aeroporto. Eles estavam no mesmo voo de Uberlândia para São Paulo que trouxe o trio formado pelo árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima e pelos auxiliares Altemir Hausmann e Julio Cesar Rodrigues, todos do Rio Grande do Sul. A intimidação começou no ônibus que os levava da aeronave até o saguão do aeroporto.

– Chegaram nos intimidando, e, quando já estávamos no saguão, partiram para cima do Jean Pierre. Fui tentar defendê-lo e recebi um pontapé na perna e um soco na cabeça – relatou, por telefone, o auxiliar Altemir Hausmann, que passou por exame de lesão corporal imediatamente depois do ocorrido, no Instituto Médico Legal.

– Não sei dizer se era uma camisa de torcida organizada, mas, definitivamente, era do Corinthians – emendou Hausmann.

O caso foi registrado no posto da Polícia Federal em Congonhas.

A reclamação dos torcedores era sobre o pênalti assinalado por Jean Pierre, que resultou no primeiro gol do América-MG.

"Em seu site oficial, o Corinthians publicou uma nota de repúdio ao ocorrido nesta manhã. Veja a íntegra do comunicado:

Em relação aos fatos ocorridos na manhã desta segunda-feira (07), o Sport Club Corinthians Paulista repudia toda e qualquer forma de violência. Este não é o caminho para decisão do ponto de vista esportivo ou de qualquer natureza.

Quando um atleta do maior rival do Corinthians foi agredido por torcedores do próprio clube, o Corinthians, além de repudiar o ocorrido, foi a público através de seu presidente, Andrés Sanchez, para deixar claro que apoiava a decisão de paralisação do Campeonato e comunicou sua posição ao presidente do Sindicato de Atletas do Estado de São Paulo, Rinaldo Martorelli.

O futebol tem as instituições necessárias para que as posições do clube possam ser comunicadas evitando qualquer ato de violência.

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Roger se despediu dos seus companheiros na tarde desta sexta-feira no CT

    Sem espaço no Corinthians, Roger pede rescisão e é atendido pela diretoria

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel foi anunciado como reforço do Cruzeiro

    Marquinhos Gabriel deixa Corinthians e é anunciado pelo Cruzeiro

    ver detalhes
  • Ramiro está confirmado por Carille e médicos do Corinthians para a partida deste domingo

    Carille confirma escalação do Corinthians para estreia do Paulistão; Ramiro tem situação atualizada

    ver detalhes
  • Primeiro ano de Andrés no atual mandato como presidente do Corinthians fechará no vermelho

    Com dois meses a menos, déficit do Corinthians em 2018 ultrapassa o de 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes