Ingleses definem sentimento contra 'malcriado' Tevez: 'Estamos feridos'

Ingleses definem sentimento contra 'malcriado' Tevez: 'Estamos feridos'

Por Meu Timão

Atacante Carlitos Tevez causou irritação no Corinthians ao mandar a torcida calar a boca em 2006Ca

Atacante Carlitos Tevez causou irritação no Corinthians ao mandar a torcida calar a boca em 2006Ca

Foto: Gazeta PressAFPDjalma Vassão/Gazeta Press

Obsessão do Corinthians para a temporada 2012, Carlitos Tevez está longe de ser um jogador politicamente correto. Sua provável saída do Manchester City, da Inglaterra, comprova a fama de bad boy com atitudes inexplicáveis. Desta vez, o problema foi com o técnico do clube europeu, o italiano Roberto Mancini. O argentino rejeitou a ordem do treinador para iniciar o aquecimento no jogo contra o Bayern de Munique, pela Liga dos Campeões.

A polêmica não pegou bem ao argentino. Ajudada por uma espécie de fã-clube do Manchester City no Brasil, a reportagem conversou com torcedores ingleses, os mais fanáticos que participam de blogs, fóruns e sites especializados do clube e vivem todo o ambiente da polêmica. A imagem de Tevez definitivamente não está boa na 'Terra da Rainha'.

'O Tevez foi um herói para nós, o nosso principal goleador e figura no crescimento do Manchester City', pondera Stuart Marshall, um criador de conteúdos de 29 anos que mora em Manchester e comprou o carnê para acompanhar todas as partidas da temporada de seu time do coração. 'Ele feriu não apenas o clube, mas todos os torcedores que confiaram nele', emenda.

'Se você conversar com 100 torcedores do City, 98 não vão querer a volta do Tevez ao elenco enquanto dois irão aceitar. Nós o apoiamos quando o jogador teve problemas familiares e até quando disse que não estava feliz em Manchester', recorda Stuart Marshall, que observa Aguero, Balotelli e Dzeko dando conta do recado no ataque. 'A equipe parece melhor do que nunca'.

Tevez parece decidido a deixar o Manchester City. Seria simples abafar a polêmica: reconhecer o erro acabaria com qualquer desavença. 'Eu gostaria de vê-lo de volta ao clube apenas se pedisse desculpas ao Mancini e a todo o grupo. Ele é um jogador mal assessorado', opina Anne Parker, uma torcedora de 44 anos, que divide seu tempo entre o amor pelo City e trabalhos sociais.

Os próprios fãs do Manchester City estranham a instabilidade de personalidade de Tevez. Em campo, o argentino apresenta um estilo guerreiro que contagia qualquer torcida. 'Ele era titular absoluto, principal jogador e capitão do time. Era um líder dentro de campo e que transpirava raça. Ele tinha tudo para se tornar o grande jogador do Manchester City que deu início à nova era de glórias do clube', lastima João Hugo, outro integrante do blog do Manchester City no Brasil.

Por fim, ainda há um clima de dúvida entre os ingleses sobre a chance de o Corinthians desembolsar um valor grande pelos direitos de Tevez. A primeira proposta do Timão foi de 40 milhões de euros (mais de R$ 90 milhões). Agora, a ideia do clube paulista é alcançar uma negociação mais barata até por causa do afastamento do atleta no City.

'Eu não posso ver Corinthians pagando tanto por um jogador. Não sei se há tanto dinheiro na liga do Brasil', opina Claire Gunn, de 22 anos, que mora em Salford, cidade próxima a Manchester, e trabalha no ramo de advocacia. 'Acho que o problema do Tevez é a assessoria do (Kia) Joorabchian', encerra a torcedora, que assegura acompanhar todos os jogos do City em casa e 75% dos compromissos fora.

Depois do conflito, Tevez atuou pelo Corinthians em mais dois jogos. A despedida foi no dia 20 de agosto de 2006, em uma vitória contra o Botafogo. Depois, o argentino partiu para defender o West Ham, da Inglaterra.

Curiosamente, o próprio presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, que luta tanto pelo sucesso da negociação, confessa ter uma relação fria e distante com Tevez. 'Tive problema com ele e nunca mais conversamos. Não tive mais essa oportunidade', justica o dirigente. 

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Corinthians entra em campo nesta segunda, pela 30ª rodada do Brasileirão

    Veja como assistir o jogo entre Corinthians e Botafogo desta segunda pela televisão

    ver detalhes
  • No primeiro turno, jogada de Pedrinho e gol de Jô decidiram vitória do Timão sobre o Botafogo

    Corinthians encara Botafogo no Rio de Janeiro para recuperar vantagem na liderança

    ver detalhes
  • Time Sub-17 do Timão tem duas decisões na semana

    Do campo às quadras: a semana de compromissos do Corinthians em todas as modalidades

    ver detalhes
  • Resultados do domingo pressionam Corinthians para duelo desta segunda-feira

    Rivais vencem na rodada e diminuem vantagem do Corinthians na liderança; veja classificação

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes