Willian é o espião de Tite contra o Figueirense

Willian é o espião de Tite contra o Figueirense

Por Meu Timão

357 visualizações 0 comentários Comunicar erro

A conversa oficial ainda não aconteceu, mas nas resenhas pós treinamentos e nos papos jogados fora, ouvir Willian falar é pule de dez: nesta semana, está nas mãos do atacante explicar aos companheiros o que o Corinthians encontrará ao pisar no Orlando Scarpelli, domingo. Fico feliz por retornar lá, mas a amizade estará fora de campo, diz o atacante, que chegou completamente desconhecido, no início do ano, e conquistou, passo a passo, sua vaga no coração de Tite e da Fiel torcida. Defendo o Corinthians e estou disputando o título brasileiro.

Willian sabe que sair com a vitória de Florianópolis é tarefa difícil. Mas conhece os atalhos, pois participou da campanha de acesso do Figueira à Série B, ano passado, e sabe muito bem como o time se comporta jogando em casa. Em 34 jogos, ele fez 12 gols. A torcida empurra a equipe para a frente. E é aí que o Timão pode começar a se dar bem.

Vi o jogo com o Fluminense e o campo está como sempre esteve, muito bom. Não vamos ter problemas com isso, aposta, acreditando no toque de bola do seu meio de campo. Lá, dá para jogar bem e não teremos dificuldades por causa do gramado.

Willian confirma que a pressão da torcida será grande. Sabe que o alambrado é próximo do campo, mas sabe também que o grupo corintiano já está vacinado contra este tipo de ambiente. Mais: acredita que a grande presença da Fiel em Florianópolis vai minimizar os gritos adversários. O atacante avisa que comemorará se fizer um gol, apesar do carinho que tem pelo seu ex-clube, e tenta controlar a emoção que sabe que sentirá ao entrar em campo e reencontrar aqueles que o festejavam no acesso à Série B.
Conheço muita gente ainda no Figueira. Inclusive falo com o Roger Carvalho, Juninho, Maicon, Coutinho e outros.

À pergunta sobre sua conversa com Tite, prefere despistar. Diz que ainda é cedo, que a semana está só começando, que o técnico é inteligente e saberá como montar o time etc etc etc. Tite tem sua forma de analisar o Figueirense e não preciso passar algo diferente para ele, que sabe o que fazer. Despiste maior, impossível. Afinal, na era da tecnologia, qualquer informação soma na definição de uma estratégia. A sagacidade do técnico nos últimos jogos, em que conseguiu impor seu planejamento ao adversário, mostra isso muito bem.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Matheus Matias soma três atuações pelo Corinthians: uma no Brasileiro e duas em amistosos

    Loss sugere que peso da camisa do Corinthians interfere no zelo com Matheus Matias

    ver detalhes
  • Em noite ruim, Timão pouco incomodou Grêmio e foi superado pelo placar mínimo

    Veja a posição do Corinthians ao fim do primeiro turno do Brasileirão-2018

    ver detalhes
  • Maxwell (à dir.) assinou com Corinthians por duas temporadas

    Corinthians acerta com meia ex-Santos para categoria Sub-20

    ver detalhes
  • Basquete do Corinthians chegou à terceira vitória em oito jogos no Estadual

    Corinthians embala no fim, bate São José e chega à terceira vitória no Paulista de Basquete

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes