Assunção prefere título do Vasco, mas nega que meta seja atrapalhar rival

Assunção prefere título do Vasco, mas nega que meta seja atrapalhar rival

Por Meu Timão

O volante Marcos Assunção adotou um discurso de extremo respeito ao Corinthians, adversário de domingo do Palmeiras pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Porém, ciente da vontade da torcida alviverde, o jogador reconhece a preferência pelo título do Vasco.

'Se for falar pelo lado do torcedor palmeirense, eu gostaria que o Vasco fosse campeão, mas tenho muito respeito pelo Corinthians e por seus jogadores, que fizeram um ano maravilhoso e merecem estar onde estão. Mas, pela rivalidade, prefiro o Vasco, que tem de fazer seu trabalho lá também. Não adianta a gente fazer o melhor e o Vasco não. Vou ficar satisfeito se o Palmeiras ganhar o jogo. Se o Corinthians for campeão, não é problema meu', comentou.

O Palmeiras está diante da chance de estragar o sonho do maior rival no domingo. O time comandado por Tite disputa o título nacional com o Vasco e precisa apenas de um empate contra o Palmeiras para ser campeão.

Do outro lado, para ficar com a taça nacional, o clube cruz-maltino precisa vencer o Flamengo e ainda torcer por um triunfo da equipe de Felipão sobre o Corinthians.

'Não estamos brigando por título, e sim para terminar bem a temporada. Não quero nada além de fazer meu trabalho. Não estou falando que vou estragar a festa, quero jogar bem para conseguir a vitória', acrescentou Assunção.

Sem qualquer pretensão no Brasileirão, depois de ter escapado do rebaixamento, o Palmeiras já incomodou o São Paulo na rodada passada, pois venceu por 1 a 0 e deixou o Tricolor em situação complicada pela vaga na Libertadores.

'Não teve gosto especial (prejudicar o São Paulo). Clássico é sempre bom de jogar e ganhar, o importante foi termos jogado bem e vencido a partida contra um time grande, mas nada além disso. Sabemos da euforia da torcida e do que está rolando desde que acabou o jogo passado, mas estamos focados em nosso trabalho em campo', argumentou Assunção.

Se vencer o Derby, o Palmeiras poderá como consequência prejudicar o Corinthians. Assunção realmente quer o triunfo contra o maior rival, mas nega que a motivação seja tirar o título alvinegro.

'Todo torcedor vai ao clássico querendo que seu time ganhe, mas, às vezes, o resultado é adverso. Não posso pensar como torcedor, e sim como profissional. Não temos como objetivo estragar a festa, e sim conseguir a vitória, os três pontos...', concluiu.

Fonte: ESPN

Veja Mais:

  • Scarpa tem reunião marcada com empresários neste sábado

    Alvo do Corinthians, Scarpa agenda reunião com representantes para decidir futuro

    ver detalhes
  • Promoção da empresa Apito Promocional na camisa durante o Brasileirão 2012

    Corinthians mantém cobrança milionária contra ex-patrocinador; calote chega a cinco anos

    ver detalhes
  • Corinthians sabe da vontade do atacante e espera sinal do clube para avançar

    Corinthians aguarda sinal do Vitória para decidir situação de Tréllez até segunda-feira

    ver detalhes
  • Corinthians foi o último sul-americano a vencer o Mundial de Clubes da Fifa

    Jornal espanhol exalta último título mundial do Corinthians; clube se pronuncia no Twitter

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes