Corinthians refuta caça às bruxas, mas deve dispensar atletas pouco aproveitados

Corinthians refuta caça às bruxas, mas deve dispensar atletas pouco aproveitados

Elenco do Corinthians hoje tem 32 jogadores

Elenco do Corinthians hoje tem 32 jogadores

A pressão da torcida sobre o lateral direito Alessandro cresceu, assim como o movimento que pede o atacante Alexandre Pato como titular.

O zagueiro Chicão, atualmente sem espaço, pode deixar o clube. De acordo com a diretoria, o meia-atacante Jorge Henrique, afastado por indisciplina, já não tem mais clima no grupo.

Hoje, por outro lado, o inchado elenco atual, que conta com 32 atletas, ganha mais dois reforços: o volante Maldonado e o goleiro Walter.

As saídas, no entanto, devem acontecer só após a final do Paulista, no domingo, contra o Santos --o título pode salvar o semestre.

PLANEJAMENTO

As primeiras horas após a eliminação, segundo o técnico Tite, foram de intensa tristeza e críticas contidas ao paraguaio Carlos Amarilla pela arbitragem de anteontem.

Tite, após o empate de anteontem, disse que ainda não pensou nos novos rumos do time. "Vamos ver como a gente redireciona [o planejamento da temporada]", disse.

"A gente pensava na possibilidade de estar jogando na próxima quarta-feira contra o Vélez. E passou o Newell's [Old Boys]. Planejamento é isso, redirecionar."

A diretoria diz que a eliminação "não muda uma vírgula" para a temporada em que o clube buscará, além do Paulista, o Brasileiro, a Recopa e a Copa do Brasil.

"Não vai ser uma derrota para o Boca que vai tirar a gente do rumo", disse o zagueiro Paulo André.

O Corinthians aproveitará a folga forçada para recuperar atletas, como Renato Augusto "cuja ausência, por lesão, foi extremamente lamentada por Tite", e fazer a pré-temporada adequada que não conseguiu fazer após o Mundial de Clubes, no Japão.

O time só volta a jogar no dia 25 de maio, pelo Brasileiro, que, assim como o Paulista, ficou mais pesado para o Corinthians. "Não há dúvidas de que o Corinthians vai entrar no Brasileiro com mais força", disse Roberto de Andrade, diretor de futebol.

Fonte: Folha de São Paulo

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes