Alessandro pode não jogar futebol profissional novamente

Alessandro pode não jogar futebol profissional novamente

Por Meu Timão

19 mil visualizações 130 comentários Comunicar erro

Alessandro pode dar Adeus

Alessandro pode dar Adeus

O lateral-direito Alessandro teve um lesão muscular na coxa direita durante o empate contra o Vasco. Ainda não se sabe a gravidade do problema, o jogador passará por exames nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava, pra descobrir o tempo de recuperação.

Ainda não confirmado em 2014, Alessandro pode se aposentar no final dessa temporada. E caso a lesão seja grave, o lateral pode não jogar mais pelo Corinthians. Como o campeonato Brasileiro irá somente até o dia 8 de dezembro, restam apenas 3 semanas pra que Alessandro se recupere a tempo de jogar contra o Náutico, isso se ele não for reserva já que hoje, Edenílson é o titular da lateral-direita e Fábio Santos deve retornar no próximo jogo a lateral-esquerda.

Alessandro chegou no Timão em 2008, e passou por toda reestruturação do Corinthians, desde a Série B. O lateral foi o capitão que levantou a taça da Libertadores e do Mundial de clubes no Japão em 2012.

O jogador perdeu a posição de titular na lateral direita para Edenilson, mas vinha atuando improvisado na esquerda, já que o titular Fábio Santos está lesionado e o jovem Igor tem sido preservado por Tite.

Veja Mais:

  • Jair conta com Romero para surpreender Cruzeiro fora de casa; time viaja à noite

    Jair preserva titulares, e Corinthians não tem treino tático antes de pegar Cruzeiro

    ver detalhes
  • Livre de incômodo, Douglas deve ser novidade no time titular do Corinthians

    Com retorno de volante, Corinthians relaciona 22 para viagem a Belo Horizonte

    ver detalhes
  • Andrés (à dir.) ao lado do diretor de futebol Duílio Monteiro

    Presidente do Corinthians viaja à Europa em busca de contratações

    ver detalhes
  • Corinthians passou a levar mais torcedores na Arena após diminuição dos valores

    Corinthians diminui valor de ingresso e vê médias de público e renda aumentarem no Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes