Por supertime, Corinthians quer pagar financiamento em 4 anos

Por supertime, Corinthians quer pagar financiamento em 4 anos

Corinthians quer pagar financiamento em 4 anos

Corinthians quer pagar financiamento em 4 anos

Por contrato, o Corinthians tem 13 anos para pagar o financiamento de R$ 400 milhões que adquiriu junto ao BNDES para a construção de seu estádio – o anúncio da assinatura do contrato foi feito na sexta-feira. Mas os planos alvinegros são bem diferentes.

“A ideia é utilizar todas as receitas do estádio, como camarotes, naming rights e publicidade para acabar com a dívida em quatro anos”, revela o conselheiro Cármino Pepe. “Toda a operação financeira está registrada na ata da última reunião e foi aprovada por unanimidade pelo Conselho Deliberativo.”

A pressa corintiana tem explicação. “Quanto menos tempo, menos juros vamos pagar”, analisa o conselheiro. “Por isso que a maioria dos contratos do estádio terá quatro anos de duração. A única exceção é o naming rights”, ressalta, referindo-se à negociação sobre a exploração do nome da arena, que deverá durar entre 15 e 20 temporadas.

Andrés Sanchez fez os conselheiros corintianos acreditarem que, com a quitação rápida, o clube terá receitas suficientes para brigar com Barcelona, Real Madrid e os grandes europeus pelo status de maior clube do mundo.

“Todo lucro a partir de 2020 será utilizado na montagem do time. O que isso quer dizer? Que teremos capacidade para bancar uma folha salarial de R$ 20 milhões por mês e poderemos comprar o jogador que quisermos no exterior”, finaliza Pepe, entusiasmado com as palavras de Andrés.

O Timão terá três anos para começar a pagar pelo empréstimo, ou seja, até dezembro de 2016. Para ter o financiamento aprovado, o clube deu o prédio administrativo no Parque São Jorge como garantia bancária.

Fonte: blog do jorge nicola

Veja Mais:

  • Com Guilherme no meio, Timão tenta conquistar primeira vitória em clássicos em 2017

    Corinthians encara rival São Paulo em decisão da Florida Cup

    ver detalhes
  • Arena Corinthians receberá a Ferroviária (dia 1/2), quarta, 21h45, por imposição da FPF

    Sem Peñarol! Diretoria do Timão pessimista em relação a amistoso no fim de semana

    ver detalhes
  • Kazim deve ter primeira chance como titular no Corinthians

    Carille põe Kazim titular e faz mais duas mudanças; veja provável escalação contra São Paulo

    ver detalhes
  • Cristian interessa à Chapecoense, mas salário é entrave

    Técnico da Chapecoense revela desejo de contar com Cristian

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes