Alexandre Pato garante ter sofrido boicote no Corinthians

Alexandre Pato garante ter sofrido boicote no Corinthians

Sheik e Pato já foram amigos no Corinthians

Sheik e Pato já foram amigos no Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

O ciúme foi o grande empecilho enfrentado por Alexandre Pato nos tempos de Corinthians. E quem garante isso é o próprio atacante. Para pessoas próximas no São Paulo, ele afirmou que foi boicotado por alguns dos ex-companheiros.

O grande responsável pela perseguição, segundo Pato, foi Emerson Sheik. “Ele ficou louco da vida quando descobriu que ganhava metade do meu salário”, disse Pato, a um grupo de são-paulinos.

Até a diretoria alvinegra percebeu a má vontade de Sheik, que não diminuiu mesmo depois do aumento salarial — na metade de 2013, o Timão prorrogou o contrato do atacante e passou a pagar R$ 500 mil por mês, acréscimo de R$ 100 mil.

Pato também diz ter sentido um tratamento extremamente frio por parte de Jorge Henrique e Romarinho.

A ponto de os atacantes evitarem tocar a bola para ele dentro de campo. Jorge Henrique deixou o Parque São Jorge em 3 de julho do ano passado, negociado com o Internacional.

Fonte: Blog do jornalista Jorge Nicola

Veja Mais:

  • Torcida do Corinthians marcou presença na Fonte Nova; 'presente' veio nesta segunda

    Rival tropeça no Pacaembu, e Corinthians encerra rodada com boa vantagem na liderança

    ver detalhes
  • Corinthians/UNIP faz final da Liga Paulista nesta semana

    Decisões na base, futsal, vôlei e futebol feminino: a semana do Corinthians em outras modalidades

    ver detalhes
  • Quarta-feira deve ser noite de Arena Corinthians lotada

    Corinthians confirma 25 mil ingressos vendidos para duelo contra o Grêmio em Itaquera

    ver detalhes
  • Gabriel deve ser reforço do Corinthians para jogo desta quarta-feira

    Pendurados ilesos e volante de volta: Corinthians 'junta cacos' para encarar Grêmio

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes