Cruzeirense Willian vira o novo alvo do Corinthians

Cruzeirense Willian vira o novo alvo do Corinthians

Willian é o novo alvo do Corinthians

Willian é o novo alvo do Corinthians

Sem acordo com o Fluminense por Rafael Sobis, o Corinthians vai concentrar os esforços em um velho conhecido da torcida: Willian, atualmente no Cruzeiro. O atacante está emprestado pelo Metalist, da Ucrânia, até o mês de julho.

Em razão da crise política no país europeu, está definido que Willian não voltará. Hoje, o grande rival alvinegro no negócio é o próprio Cruzeiro, que tem a prioridade na compra do jogador até 31 de maio.

O Metalist pede R$ 12,4 milhões para vendê-lo em definitivo, embora não descarte a possibilidade de um novo empréstimo, já que o contrato só terminará em dezembro de 2017.

A ideia de repatriar Willian é parecida com a do recém-contratado Elias. Ou seja, trazer alguém que já fez sucesso no Parque São Jorge. Em 2011, ele teve papel decisivo na conquista do Brasileirão pelo Corinthians e acabou vendido em julho do ano seguinte
ao Metalist, por R$ 10 milhões.

Hoje com 27 anos de idade, Willian luta para se firmar com a camisa do Cruzeiro — foi titular em dez partidas e reserva em oito na temporada.

Praga alvinegra
A torcida, dentro da diretoria do Timão, é pela eliminação do Cruzeiro já nas oitavas de final da Libertadores. Eles entendem que a Raposa perderá o interesse em manter Willian se não brigar pelo título.

Dupla função
A contratação de Willian foi um pedido de Mano Menezes. O técnico está convencido de que o clube precisa de alguém que saiba atuar como centroavante e, também, pelos lados.

Fonte: ig

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes