Naming Rights podem ser vendidos após a Copa do Mundo

Naming Rights podem ser vendidos após a Copa do Mundo

Por Larissa Emanuelle

Andres viaja há dois anos tentando fechar o negócio

Andres viaja há dois anos tentando fechar o negócio

Foto: Daniel Augusto/ Agência Corinthians

O Corinthians não tem tanta pressa em vender os Naming Rights da Arena Corinthians e pode deixar as negociações para serem concretizadas somente depois da realização da Copa do Mundo.

O ex-presidente Andrés Sanchez, que tem viajado constantemente para fechar o negócio, agora tem como prioridade o funcionamento do novo estádio. Nos últimos dias, a casa do Timão tem passado por testes, ainda em obras. O local de abertura da Copa receberá jogos do Corinthians em maio e a contagem regressiva pra inauguração do estádio já começou.

Ainda sem uma definição, o Timão tenta vender os Naming Rights da Arena Corinthians há dois anos. Sanchez tenta negociar com empresas do Emirados Árabes mas a tendência é que a venda só aconteça após a competição mundial, assim como devem ser vendidos os camarotes e, possivelmente, as cadeiras cativas.

Veja Mais:

  • Rodriguinho foi um dos destaques do duelo na Arena; arbitragem bastante questionável

    Juiz 'esquece' pênaltis, Corinthians para na retranca do Vitória e perde a primeira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Jô teve atuação discreta na derrota para Vitória

    Cássio é eleito destaque de derrota do Corinthians; quarteto ofensivo destoa

    ver detalhes
  • Arena Corinthians recebeu 42.075 pagantes nesta tarde de sábado

    Fiel canta na Arena após primeira derrota do Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Balbuena está fora do confronto de quarta-feira

    Balbuena leva terceiro amarelo, e Corinthians enfrentará Chape com zaga de jovens da base

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes