Naming Rights podem ser vendidos após a Copa do Mundo

Naming Rights podem ser vendidos após a Copa do Mundo

Por Larissa Emanuelle

Andres viaja há dois anos tentando fechar o negócio

Andres viaja há dois anos tentando fechar o negócio

Foto: Daniel Augusto/ Agência Corinthians

O Corinthians não tem tanta pressa em vender os Naming Rights da Arena Corinthians e pode deixar as negociações para serem concretizadas somente depois da realização da Copa do Mundo.

O ex-presidente Andrés Sanchez, que tem viajado constantemente para fechar o negócio, agora tem como prioridade o funcionamento do novo estádio. Nos últimos dias, a casa do Timão tem passado por testes, ainda em obras. O local de abertura da Copa receberá jogos do Corinthians em maio e a contagem regressiva pra inauguração do estádio já começou.

Ainda sem uma definição, o Timão tenta vender os Naming Rights da Arena Corinthians há dois anos. Sanchez tenta negociar com empresas do Emirados Árabes mas a tendência é que a venda só aconteça após a competição mundial, assim como devem ser vendidos os camarotes e, possivelmente, as cadeiras cativas.

Veja Mais:

  • Fubá inicia carreira de observador técnico da base do Corinthians nesta terça-feira

    Com problema de saúde, ex-jogador do Corinthians ganha cargo na base

    ver detalhes
  • Romão foi um dos destaques do Corinthians na última edição da Copinha

    Otimista por permanência de Arana, Corinthians empresta lateral a clube da Série B

    ver detalhes
  • Alessandro (à esq.) tem a missão de fechar reforços para Fábio Carille

    Viagem de Alessandro causa desconforto no Corinthians, diz jornalista

    ver detalhes
  • Equipe de Fábio Carille chegou a 15 jogos de invencibilidade

    Corinthians chega a 15 jogos de invencibilidade; ultimo revés foi ainda na primeira fase do Paulista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes