Naming Rights podem ser vendidos após a Copa do Mundo

Naming Rights podem ser vendidos após a Copa do Mundo

Por Larissa Emanuelle

Andres viaja há dois anos tentando fechar o negócio

Andres viaja há dois anos tentando fechar o negócio

Foto: Daniel Augusto/ Agência Corinthians

O Corinthians não tem tanta pressa em vender os Naming Rights da Arena Corinthians e pode deixar as negociações para serem concretizadas somente depois da realização da Copa do Mundo.

O ex-presidente Andrés Sanchez, que tem viajado constantemente para fechar o negócio, agora tem como prioridade o funcionamento do novo estádio. Nos últimos dias, a casa do Timão tem passado por testes, ainda em obras. O local de abertura da Copa receberá jogos do Corinthians em maio e a contagem regressiva pra inauguração do estádio já começou.

Ainda sem uma definição, o Timão tenta vender os Naming Rights da Arena Corinthians há dois anos. Sanchez tenta negociar com empresas do Emirados Árabes mas a tendência é que a venda só aconteça após a competição mundial, assim como devem ser vendidos os camarotes e, possivelmente, as cadeiras cativas.

Veja Mais:

  • Alessandro entrega camisa para Mateus Vital, reforço vindo do Vasco

    Vital é apresentado no Corinthians, vibra com acerto e diz onde prefere aturar

    ver detalhes
  • Tevez recebeu pedido especial após derrota do Boca Juniors

    Em reestreia pelo Boca Juniors, Tevez autografa camisa do Corinthians e ri ao ouvir 'Timão'

    ver detalhes
  • Óscar retornou ao Shanghai Shenhua neste começo de 2018

    Corinthians abriu conversas pela contratação de irmão de Romero; dois fatores inviabilizaram negócio

    ver detalhes
  • Carille comentou treino desta quinta-feira, no CT; domingo tem jogo

    Vital treina pela primeira vez, e Corinthians inicia preparação para enfrentar São Caetano

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes