Fagner valoriza gol, dedica feito às mães, mas lamenta empate

Fagner valoriza gol, dedica feito às mães, mas lamenta empate

Por Meu Timão

Fagner comemora gol no Majestoso

Fagner comemora gol no Majestoso

Foto: Moises Nascimento / AGIF

Criticado por alguns, o lateral Fagner teve uma partida de redenção. Se o empate não foi o resultado dos sonhos dos corinthianos, ao menos o camisa 35 tem motivos para comemorar. Após quase dois anos sem marcar, Fagner abriu o placar do Majestoso, dedicou o gol a todas as mães do Brasil e do mundo, mas lamentou o empate:

- Sem duvida é importante (marcar o primerio gol), fico feliz. É marcante fazer o primeiro gol pelo Corinthians. Vai ficar guardado na memória - disse, emocionado.

Perguntado se seria um gol redentor, o lateral lembrou da importância, mas lamentou o empate no fim:

- Graças a Deus marquei. Foi um jejum de quase dois anos, fico feliz, mas sairia mais contente se o Corinthians vencesse o jogo.

Foi o primeiro gol de Fagner com a camisa do Timão. Em sua primeira passagem pelo clube, em 2006, foram seis jogos disputados sem nenhum gol marcado.

Veja Mais:

  • Com contas aprovadas, Roberto de Andrade evitou novo processo de impeachment

    Em votação tensa, gestão de Roberto de Andrade tem finanças aprovadas por Conselho do Corinthians

    ver detalhes
  • Timão prepara novo mosaico para ser exibido na decisão do Paulista

    Corinthians prepara novo mosaico para final do Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Wladimir será o mais novo colunista do Meu Timão

    Herói de 77 será colunista do Meu Timão

    ver detalhes
  • Inaugurada em 2014, Arena tem custo total avaliado em R$ 1,6 bilhão

    Corinthians foi omisso com projeto da Arena, aponta auditoria

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes