Fagner valoriza gol, dedica feito às mães, mas lamenta empate

Fagner valoriza gol, dedica feito às mães, mas lamenta empate

Por Meu Timão

Fagner comemora gol no Majestoso

Fagner comemora gol no Majestoso

Foto: Moises Nascimento / AGIF

Criticado por alguns, o lateral Fagner teve uma partida de redenção. Se o empate não foi o resultado dos sonhos dos corinthianos, ao menos o camisa 35 tem motivos para comemorar. Após quase dois anos sem marcar, Fagner abriu o placar do Majestoso, dedicou o gol a todas as mães do Brasil e do mundo, mas lamentou o empate:

- Sem duvida é importante (marcar o primerio gol), fico feliz. É marcante fazer o primeiro gol pelo Corinthians. Vai ficar guardado na memória - disse, emocionado.

Perguntado se seria um gol redentor, o lateral lembrou da importância, mas lamentou o empate no fim:

- Graças a Deus marquei. Foi um jejum de quase dois anos, fico feliz, mas sairia mais contente se o Corinthians vencesse o jogo.

Foi o primeiro gol de Fagner com a camisa do Timão. Em sua primeira passagem pelo clube, em 2006, foram seis jogos disputados sem nenhum gol marcado.

Veja Mais:

  • Paulo Roberto e Danilo treinaram com bola nesta terça e estão à disposição para pegar Grêmio

    Volta de Paulo Roberto, susto de Pedrinho e possível escalação: o treino do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians/Audax fez nova vítima da Libertadores feminina: Santa Fe

    Corinthians/Audax vence 'bicho papão' e se classifica com melhor campanha da Libertadores feminina

    ver detalhes
  • Em reedição da final de 2016, Corinthians e Sorocaba se enfrentam pelo título da LPF

    De virada, Corinthians/Unip vence Sorocaba e sai na frente na final da Liga Paulista

    ver detalhes
  • Gabriel está de volta ao Corinthians após cumprir suspensão

    Trio volta, e Corinthians relaciona 24 jogadores para enfrentar Grêmio; veja lista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes