Em busca do equilíbrio: ataque e defesa invertem papéis em 2014

Em busca do equilíbrio: ataque e defesa invertem papéis em 2014

Por Meu Timão

Cleber e Gil: rindo à toa

Cleber e Gil: rindo à toa

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

A temporada 2012 acabou com o torcedor nervoso com o sistema ofensivo. Os excessivos 0 a 0 irritavam e a principal missão de Mano Menezes no seu retorno ao clube foi devolver aos jogadores a confiança para criar e balançar as redes dos adversários.

Deu certo, pelo menos no Paulistão. Mesmo com a precoce eliminação na competição estadual, o ataque alvinegro balançou as redes em 24 oportunidades, em 15 jogos. A média foi de 1,6 gols por jogo. Já a defesa, sofreu 19 gols e marcou uma média negativa de 1,26 gols sofridos por partida.

Se na competição estadual o número de gols sofridos prejudicou a campanha, no Brasileirão o desempenho é bem diferente. Cássio, Fagner, Gil, Cleber e Fabio Santos sofreram apenas um gol em quatro partidas, gerando uma média de 0,25 gols sofridos por jogo. Contudo, o ataque marcou apenas quatro gols, derrubando a média para 1 gol por jogo.

Mano Menezes comentou a queda de desempenho e pediu paciência:

- No Campeonato Paulista falávamos sobre a defesa, que precisava melhorar, e a equipe estava criando muito. Abri mão de algumas questões ofensivas, e agora precisamos achar o equilíbrio disso. Uma capacidade de retomada de bola, aproveitando uma transição de qualidade. Isso dá a possibilidade de criar bastante - explicou.

Se no Brasileirão a equipe busca equilíbrio, na Copa do Brasil os números tranquilizam. Em dois jogos foram cinco gols marcados e nenhum sofrido. O Timão eliminou Bahia de Feira-BA e Nacional-AM sem a necessidade da partida de volta.

Veja Mais:

  • Recuperado de lesão, Balbuena volta a compor zaga com Pablo; dupla terá de parar melhor ataque do Paulista

    Defesa x ataque: Corinthians e São Paulo buscam vitória e equilíbrio em clássico no Morumbi

    ver detalhes
  • Auricchio (à dir.) passou a integrar diretoria da base do Corinthians

    Corinthians nomeia ex-diretor de futebol para cargo na base

    ver detalhes
  • Após 1 a 1 na Arena, Timão volta a campo contra São Paulo na tarde deste domingo

    Rival tropeça, e Corinthians pode diminuir distância para primeira colocação geral

    ver detalhes
  • Carille não confirmou a equipe titular que enfrenta o São Paulo

    Rodriguinho não treina e Balbuena volta: veja provável escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes