Andrés fala em 'respeito' à ex presidente do rival e alfineta Aidar

Andrés fala em 'respeito' à ex presidente do rival e alfineta Aidar

Por Larissa Emanuelle

33 mil visualizações 86 comentários Comunicar erro

Andres não perdeu a oportunidade e alfinetou

Andres não perdeu a oportunidade e alfinetou

Participando de um evento na Faculdade Sumaré discutindo o legado da Copa do Mundo, o ex presidente do Corinthians, polêmico desde os anos que estava à frente do clube, relembrou a sua 'briga' com o ex presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio. Aproveitando a oportunidade, ainda alfinetou o atual presidente do tricolor, Carlos Miguel Aidar.

"Eu nunca briguei com o Juvenal, ele é um dos caras que eu mais respeito, até por que ele não é preconceituoso e nem racista, o que aconteceu foi que passamos do limite uma vez, tanto eu quanto ele (Juvenal)", afirmou.

Ainda comentando o assunto envolvendo o clube rival, Andrés ainda relembrou as falas de Aidar, que afirmou ser inviável chegar mais rápido à Itaquera e logo depois mudou de opinião.

"Se eu fosse presidente do São Paulo, hoje eu jogava em Itaquera", comentou, 'colocando-se' no lugar de Aidar.

Quando ainda era presidente do Timão, Andrés decidiu estreitar a relação com o rival tricolor, tirando os jogos do Corinthians do próprio Morumbi. Hoje, o ex presidente cuida do restante das obras na Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Douglas foi anunciado oficialmente nesta quinta-feira no Corinthians

    Corinthians anuncia contratação de Douglas

    ver detalhes
  • Neto participa da campanha do Meu Timão e diz o Corinthians que ele quer

    VÍDEO: Neto participa da campanha do Meu Timão e diz o Corinthians que ele quer

    ver detalhes
  • Douglas, novo volante do Timão, já fez primeira publicação vestindo a camisa do clube

    Douglas faz primeira publicação em rede social como jogador do Corinthians

    ver detalhes
  • Douglas já treinou no Corinthians nesta quinta-feira

    Conheça mais sobre Douglas, novo volante do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes