Zagueiro pode sair sem nunca ter entrado em campo pelo Timão

Zagueiro pode sair sem nunca ter entrado em campo pelo Timão

Por Larissa Emanuelle

Wanderson não atuou nenhuma vez pelo Timão

Wanderson não atuou nenhuma vez pelo Timão

Foto: Daniel Augusto/ Agência Corinthians

Há um ano no Corinthians, o zagueiro Wanderson Santos pode deixar o clube em busca de novas oportunidades. Desde que chegou ao time alvinegro, o mesmo nunca teve chances de atuar. Com a chegada de mais um zagueiro no elenco (Anderson Martins), o técnico Mano Menezes deve permitir a saída do jogador.

Wanderson foi contratado no ano passado pela diretoria Corinthiana, quando ele teve uma passagem pelo Sertãozinho. Os dirigentes já admitem a liberação.

"Muito provavelmente iremos liberá-lo para que, consequentemente, possa jogar" , confirma o Ronaldo Ximenes.

Quando chegou ao clube, o jogador não foi aprovado nos exames médicos por um problema na cartilagem do joelho direito e precisou passar por uma cirurgia. O mesmo ainda necessitou de quatros meses para se recuperar, assinando contrato em outubro, treinando ao lado do ex técnico do Timão. Wanderson só foi apresentado este ano de forma oficial.

Durante este período, o zagueiro foi poucas vezes relacionado para atuar e não obteve oportunidades com o novo técnico, Mano Menezes, juntamente com a comissão técnica, acredita que Cléber e Gil viviam dias melhores.

Veja Mais:

  • Kazim não deve permanecer no Corinthians em 2018

    Corinthians quer definir destino de Kazim nos próximos dias; chegada de Dutra deve atrapalhar turco

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos pode ser emprestado para outro clube em 2018

    Com chegada de reforço, Corinthians estuda empréstimo de Fellipe Bastos

    ver detalhes
  • Minds Idiomas segue na manga da camisa corinthiana em 2018

    Com até bolsa de estudos a jogadores, Corinthians renova com patrocinador para manga da camisa

    ver detalhes
  • Renê Júnior, Zé Rafael e Juninho Capixaba: Corinthians de olho em trio do Bahia

    Novo presidente do Bahia é eleito, e Corinthians deve definir ao menos três negociações

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes